Foto: Reprodução/Twitter São Paulo

Real Brasília faz jogo duro contra São Paulo, mas perde e fica fora do mata-mata

As Leoas do Planalto viajaram até Cotia para enfrentar as tricolores paulistas neste domingo (20), em duelo válido pela 14ª rodada do Brasileirão Feminino. Após o Avaí Kindermann perder para o Flamengo no sábado, o sonho das quartas de final ainda estava vivo para as candangas, porém, apesar da boa exibição, elas saíram derrotadas de campo e deram adeus à segunda fase da competição: 2×0 São Paulo.

Com o resultado, a digna posição final do Real Brasília em sua primeira participação na elite do futebol feminino deverá ser a décima – apenas uma vitória na última rodada, contra o Internacional, aliada a uma derrota do Flamengo e gols suficientes para tirar a desvantagem no saldo ou duas vitórias do Cruzeiro mudariam a colocação delas. Já o São Paulo ultrapassou a Ferroviária e ainda lutará por uma melhor posição contra o Bahia – ambos os jogos serão na quinta-feira (24) às 15h.

O Real Brasília surpreendeu e entrou em campo com Sassá e Camila Pini – elas estavam lesionadas, mas se recuperaram para a partida. E as visitantes iniciaram o confronto com uma pressão alta no ataque, que não foi efetiva. Depois o São Paulo começou a se impor e construir jogadas até que, na metade da etapa, Naná teve duas chances, perdeu a primeira, porém aproveitou a segunda e abriu o placar.

Nesse momento a estrela da goleira Flávia começou a brilhar e, com diversas defesas importantes – e uma pitada de sorte -, ela conseguiu segurar o ataque tricolor, mantendo o placar em 1×0 até o intervalo. No retorno ao campo, as paulistas seguiram superiores em campo enquanto as candangas buscavam a primeira chance clara, que veio em batida de falta da Camila Pini, defendida com maestria por Carla.

As Leoas fizeram algumas mudanças – inclusive com Sassá e Rafa Soares saindo machucadas – e equilibraram o duelo, que ficou aberto. Porém, aos 26′, Carol aproveitou rebote após chute de Naná e ampliou para as tricolores. As duas equipes tiveram mais um chance cada, só que nenhuma delas conseguiu aproveitar e a rede não balançou mais.

Nos acréscimos da partida, a zagueira Rafa Soares – que havia sido substituída – se sentiu mal e precisou de atendimento, mas não precisou ir ao hospital, sendo medicada ainda na ambulância. Todos do DF Sports+ torcem para que fique tudo bem e a jogadora se recupere rapidamente.

O jogo

Primeiro tempo

A partida começou com o Real Brasília pressionando a marcação na frente, tentando apertar a zaga do São Paulo e obter alguma oportunidade de gol, porém o objetivo não foi cumprido neste início. O primeiro chute do duelo foi aos 4′, quando as tricolores tentaram, só que conseguiram finalizar bem e Flávia defendeu tranquilamente. As paulistas seguiram pressionando no ataque, mas não tiveram eficácia.

Com 8′ de bola rolando, as Leoas do Planalto vieram com Petra, que arriscou de longe e mandou para fora. Dois giros do relógio depois, Carol respondeu com uma finalização fraca. Os 12 minutos seguintes foram sem oportunidades claras de gols, até que Naná puxou um contra ataque rápido – depois de uma falta a favor das candangas – passou para Dani, ela bateu de fora no canto direito da Flávia e a arqueira defendeu.

Aos 26′, Naná teve uma chance de ouro para marcar: ela recebeu sozinha na entrada da pequena área e isolou na hora de se consagrar – um lance digno de Inacreditável Futebol Clube. Porém, apenas três minutos depois, Duda fez boa tabela no meio e lançou Naná, dessa vez a jogadora dominou, puxou para direita e não perdeu, balançando a rede da Flávia.

Com 34′ no relógio, Duda tentou fazer o dela, em chute de longe e a bola saiu rente à trave do Real Brasília, assustando a goleira Flávia. Após mais quatro giros dos ponteiros, as brasilienses tentaram bater uma falta rapidamente, erraram e ofereceram um contra ataque às tricolores, que não conseguiram aproveitar e desperdiçaram a chance.

Já nos acréscimos, aos 46′, Naná desceu pela direita, cruzou rasteiro e Carol exigiu defesa em dois tempos da Flávia. Na sequência do lance, a sobra do ataque parou na mesma Carol, que teve outra chance – com a arqueira já batida – porém carimbou a trave e não aproveitou a última oportunidade da etapa inicial.

Segundo tempo

As Leoas voltaram com uma alteração: saiu Raquel e entrou Natasha Rosas. Só que o São Paulo seguiu melhor em campo e pressionando as visitantes. Aos 4′, após boa jogada pela esquerda, Glaucia cabeceou e Flávia fez grande defesa para impedir o segundo das mandantes.

Com 15′ de jogo, Camila Pini quase empatou ao bater falta da intermediária e exigir intervenção excelente da Carla – a bola iria entrar no ângulo do gol paulista. Depois do escanteio, as tricolores contra-atacaram, Glaucia mandou uma bomba de longe e a bola saiu raspando o travessão de Flávia.

A partida ficou aberta, com ambas as equipes se lançando ao ataque na busca por balançar as redes adversárias e, aos 26′, o São Paulo conseguiu: Micaelly pegou a bola, lançou Carol, ela não dominou, mas sobrou para Naná, ela chutou na trave e a bola voltou na Carol que chutou para ampliar.

Dez minutos mais tarde, o Real Brasília teve falta lateral – praticamente na risca da grande área – Camila Pini cruzou buscando Tabatha e a zaga tricolor afastou. No contra ataque foi a vez de Giovaninha mandar por cima do gol da Flávia.

Aos 44′, a ambulância entrou em campo para retirar Rafa Soares, que passou mal no banco – ela teve palpitações fortes no coração e sensação de desmaio – e precisou ir para a ambulância que estava no estádio para receber medicação. Após o atendimento, a partida seguiu sem mais emoções até o apito final.

Ficha técnica

SÃO PAULO 2×0 REAL BRASÍLIA

Campeonato Brasileiro Feminino A1 – 14ª rodada
CFA Laudo Natel, Cotia (SP), 20/06/2021, 15h

Árbitro: Adeli Mara Monteiro (SP).
Assistente 1: Marcela de Almeida Silva (SP).
Assistente 2: Juliana Vicentin Esteves (SP).
Quarto Árbitro: Fabiano Monteiro dos Santos (SP).
Analista: Eduardo Cesar Coronado Coelho (SP).

São Paulo

Carla; Giovana, Lauren, Thais e Dani (Clara); Maressa, Naná, Micaelly e Carol (Giovaninha); Duda e Glaucia (Cris).
Técnica: Lucas Piccinato.

Gols: Naná (29′) e Carol (71′).
Cartões amarelos: Carol e Lauren.
Cartões vermelhos: não houve.

Real Brasília

Flávia; Raquel (Natasha Rosas), Isabela Melo, Rafa Soares (Amanda) e Bruna Natieli; Petra, Sassá (Thais Lemos) e Camila Pini; Dani Silva, Marcela Guedes e Gadu (Tabatha).
Técnico: Adilson Galdino.

Gols: não houve.
Cartões amarelos: Rafa Soares, Petra e Isabela Melo.
Cartões vermelhos: não houve.

Lucas Bohrer

Jornalista esportivo formado em Comunicação Organizacional pela UnB. Viciado em acompanhar esportes e fascinado pela ideia de poder dar mais visibilidade a modalidades geralmente esquecidas.

Lucas Bohrer tem 104 posts e contando. Ver todos os posts de Lucas Bohrer

Lucas Bohrer

Um comentário em “Real Brasília faz jogo duro contra São Paulo, mas perde e fica fora do mata-mata

  • Avatar
    20 de junho de 2021 em 18:00
    Permalink

    Sem vitória de novo para as meninas de Brasilia, só resta a última rodada para espantar essa fase de derrotas🧐

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *