Marcos Freitas/Especial Metrópoles

Vacilou, caiu na boca do Leão! Em tarde atípica, Brasiliense é goleado pelo Mirassol

Com gols de Fabricio, três vezes, e Moares, o Brasiliense volta para o Distrito Federal em larga desvantagem após o duelo de ida das oitavas de final da Série D do Campeonato Brasileiro contra a equipe do Mirassol, na tarde deste domingo (20), no estádio José Maria de Campos Maia, em São Paulo.

Com a ausência de sete jogadores, entre eles o centroavante Zé Love, artilheiro da equipe e o vice-artilheiro do campeonato, o Jacaré foi dominado pelo Leão da Alta Araraquarense – alcunha como é conhecido os paulistas.

O jogo

Logo nos primeiros segundos de partida o Brasiliense foi quem teve a iniciativa. O goleiro Jeferson foi pressionado e saiu jogando errado. Com marcação alta, Balotelli roubou e acionou Jefferson Maranhão que ao finalizar buscou o ângulo direito do goleiro paulista, porém a bola saiu para fora.

Na sequência, o Mirassol respondeu. Fabrício foi ao fundo e cruzou para Lucas Silva que teve a finalização bloqueada por Diogo. Na sobra, Moraes estufou o fundo do barbante. No entanto, o assistente Ricardo Junio já havia assinalado impedimento.

Com tom de equilíbrio, o Brasiliense seguiu trocando passes no meio do campo em busca de envolver a marcação do Mirassol. Aos 15′, Luquinhas recebeu na grande área, posicionou o corpo e chutou para intervenção providencial do goleiro Jefferson.

Dois minutos depois, veio a balde de água fria em desfavor do Jacaré. Pelo lado esquerdo de defesa do Brasiliense, após tabela do meia Cassio Gabriel com o atacante João Carlos, o centroavante Fabricio Daniel recebeu, se adiantou a marcação e abriu o placar.

Aos 31′, nova chance de perigo para os mandantes. Em cobrança de escanteio, Cassio Gabriel cruzou na cabeça do João Carlos, entretanto Fernando Henrique se esticou e defendeu a bola que tinha endereço certo.

Um minuto depois, o Brasiliense respondeu. Em contra ataque, Luquinhas enfileirou três defensores do Mirassol, que nada puderam fazer para conter os dribles do camisa 7. Na cara do goleiro, ele finalizou, mas Jefferson, mais uma vez, fez a defesa.

Foto: Marcos Freitas/Ag. Mirassol FC

Segundo tempo

Na volta do intervalo, o treinador Eduardo Baptista promoveu três alterações no Mirassol. E logo aos cinco minutos, os donos da casa ampliaram. Moraes recuperou a bola e conduziu em direção ao gol livre de marcação, o meia arriscou finalização rasteira de fora da área e foi premiado – 2×0 Mirassol.

Aos 13′, em nova jogada trabalhada pelos pés de Cassio Gabriel, o Mirassol ampliou. O meia recuperou a bola e fez lançamento para o centroavante Fabrício que não perdoou, o segundo dele no jogo.

Sem conseguir se impor, o Brasiliense viu o Mirassol crescer cada vez mais na partida. Aos 27′, o carrasco da partida deixou mais um. Rafael Tavares conduziu a bola e tabelou com Fabrício. O centroavante saiu de frente para o gol e bateu firme no canto direito do goleiro Fernando Henrique – 4×0 Brasiliense.

Aos 38′, Luquinhas serviu Peninha na entrada da grande área. O meia soltou uma bomba porém Jefferson espalmou novamente. O Brasiliense ainda teve uma nova oportunidade aos 44′, quando Iago suspendeu na área para Keynan desviar por cima da meta paulista.

Agora, as equipes voltam a se encontrar no próximo domingo (27), às 15h, no estádio Serejão, em Taguatinga. O Mirassol pode perder por até três gols de diferença. Já o Brasiliense, se quiser se classificar no tempo normal, precisa de uma vitória com cinco gols a mais que o adversário.

FICHA TÉCNICA

MIRASSOL 4 X 0 BRASILIENSE

José Maria de Campos Maia – Mirassol – SP  – 20/12/20 -15h30
Campeonato Brasileiro Série D – oitavas de final

Árbitro: Wanderson Alves de Sousa (MG)
Assistentes: Ricardo Junio de Souza e Marcyano da Silva Vicente (MG)
Quarto árbitro: Marcio Henrique de Gois (SP)
Analista: Philippe Lombard (SP)

MIRASSOL

Jeferson; Vinicius, Heitor, Patrick e Moraes; Daniel (Alison), Igor (Danilo Boza) e Cassinho; Neto (França), João Carlos (Lucas Silva) e Fabricio

Gols: Fabricio (17′ – 1°t, 13′ – 2°t e 27′ – 2°t), Moares (5′ – 2°t)
Cartão amarelo: Heitor, Igor e França
Cartão vermelho: não houve

BRASILIENSE

Fernando Henrique; Diogo, Badhuga, Keynan e Peu (Iago); Aldo, Wagner Balotelli e Zotti (Peninha); Luquinhas, Jefferson Maranhão (Carlos Eduardo) e Bruno Nunes (Romarinho)

Gols: não houve
Cartão amarelo: Aldo, Keynan,
Cartão vermelho: não houve

Marcus Rodrigues

Estudante de jornalismo da Universidade Paulista (Unip). Repórter do portal Metrópoles. Comentarista esportivo. Integra a equipe do DF Sports+ desde julho de 2019

Marcus Rodrigues tem 172 posts e contando. Ver todos os posts de Marcus Rodrigues

Marcus Rodrigues

2 comentários em “Vacilou, caiu na boca do Leão! Em tarde atípica, Brasiliense é goleado pelo Mirassol

  • Avatar
    20 de dezembro de 2020 em 22:12
    Permalink

    Três gols na conta do Fernando Henrique.

    Resposta
  • Avatar
    21 de dezembro de 2020 em 17:36
    Permalink

    Aqui em mirassol é assim mesmo, aqui é futebol profissional, não se deve nada a jogadores e nem a ex- jogadores, o mês aqui em mirassol tem 30 dias, a estrutura do mirassol é fantástica, como já falei, aqui é profissionalismo puro, isso com as cotas de tv, baixíssimas, aqui não tem vaidade, aqui é trabalho meu filho

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *