Foto Matheus Maranhão / BRB Brasília Basquete

NBB: com direito a prorrogação, Brasília perde mais uma vez

Neste domingo, a equipe do Brasília Basquete recebeu o Pato Basquete no ginásio da Asceb, e  perdeu por 104 a 98. O grande destaque do jogo no quesito pontos foi o ala-armador Jefferson, do time da casa, que fez 25.

Antes do jogo, o Brasília estava com 18.2% de aproveitamento e em caso de vitória sobre o Pato, a equipe alcançaria seu terceiro triunfo no campeonato em doze jogos, com isso, seu aproveitamento subiria para 25%. Mas com a derrota, o percentual do time desceu para 16,6%, com dez derrotas em 12 jogos.

A equipe do Brasília veio para a partida de uma derrota na última sexta para o atual líder daNBB, Flamengo, por 100 a 74, e apesar da grande diferença no placar, o jogo foi marcado pelo imenso número de desfalques do time do capital federal, sete ao todo, desfalques esses que se repetiram no jogo contra o Pato. Apenas o experiente Arthur, que ainda não está 100% recuperado, jogou alguns minutos.

Inclusive, um dos desfalques foi o Nezinho, que estava sendo um dos destaques no time, com uma lesão no adutor da coxa. O jogador também não veio para a partida de hoje.

O jogo

Primeiro quarto

O jogo começou muito disputado, e nos dois primeiros minutos, nenhuma das equipes conseguiram pontuar. Até que Servelin, do Pato Basquete, acertou uma de três e conseguiu outra infiltração logo em seguida, fazendo 5×0. Nos lances seguintes, a equipe visitante continuou comandando o jogo, com grande destaque para o jovem pivô Rodrigues, com dois rebotes ofensivos e uma assistência. 

O Brasília conseguiu encostar no placar com dois pontos de Arthur, que ainda não estava apto para jogar muitos minutos. Mesmo com a participação do ala, a equipe estava penando com os erros de ataque, enquanto o Pato aproveitava as bolas de três – quatro neste período – e venceu o quarto por 21×17. 

Segundo quarto

O segundo quarto começou disputado, com o Brasília abusando das faltas e o Pato rodando bastante o time. Samuel e Jefferson se destacaram nos pontos, e o armador Socas, que havia estreado contra o Flamengo devido ao grande número de ausências por lesões, também estava se destacando, principalmente na parte de assistências e rebotes defensivos. 

Mas mesmo com a melhora, o Pato foi quem comandou o placar durante todo o período. Faltando 1’20” no relógio para o intervalo, a equipe estava com 10 pontos de vantagem, e mais tarde fechou o quarto por 42 a 35.

Foto Matheus Maranhão / BRB Brasília Basquete

Terceiro quarto

O Brasília voltou do intervalo comandando o placar, com Caio acertando uma ótima bola de três bem no início. Laster, algum tempo depois, acertou mais uma, e o Brasília abriu 8×4.

Mas após dois erros seguidos de Jefferson e Samuel, o Brasília ficou atrás, e o Pato virou para 10×8. Faltando dois minutos para o fim do período, a equipe da casa conseguiu encostar no placar com duas bolas de três seguidas de Jefferson, que não havia começado bem o terceiro quarto, e ao fim do cronômetro, o placar marcava 27 a 22 para a equipe do DF.

Quarto quarto

Da mesma maneira que o último período acabou, o quarto começou. O Brasília tomou as rédeas da partida, e Diego e Samuel estavam se destacando muito nos pontos e nas assistências. Faltando seis minutos no relógio, os Lobos tinham a vantagem de 10 pontos.

Mas após o Brasília estourar as cinco faltas, o Pato cresceu no jogo, principalmente com Matheusinho, que converteu os dois lances livres que teve direito. Ele, juntamente com Thornton, que fez mais dois, foram os que mais ajudaram a equipe no placar do quarto, que era de 15×10 para o Brasília, e o do jogo, estava em 79×74 para o time da capital federal. Mas depois de mais uma melhora da equipe visitante, o quarto acabou empatado em 83×83, portanto, prorrogação.

Quinto quarto- primeira prorrogação

A prorrogação começou com os dois times indo para frente. Samuel, do Brasília, fez os dois primeiros, e logo em seguida, Aquiles empatou para a equipe do Pato. Após dois erros de lance livre de Caio Torres, Thornton e Augusto ampliaram o placar para a equipe paranaense, levando o time visitante à frente do placar.

Final da partida

Final de jogo e o Brasília acabou perdendo por 104×98, com os jogadores Matheusinho e Thornton, do Pato Basquete, se destacando muito na partida. Matheusinho conversou com a equipe do DFSPORTS+ ao final da partida, confira.

Pato Basquete venceu o Brasília por 104 x 98

FICHA TÉCNICA

BRB/BRASÍLIA BASQUETE 98 X 104 PATO BASQUETE

GINÁSIO DA ASCEB – 20/12/2020 – 16h00

BRASÍLIA BASQUETE 

Jefferson; P. Costa; Samuel; Arthur; Marcelão; 

PATO BASQUETE

Thornton; Funches; Leal; Servelin; Derick.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *