Imagem: André Gomes/DF Sports+

Em crise, Gama enfrenta “freguês” Real na retomada do Candangão

A espera foi longa e parecia interminável, mas enfim, após quase cinco meses, o Candangão 2020 será retomado com a partida entre Gama x Real Brasília. O jogo deveria ter ocorrido em março, e está programado para este sábado (8), às 16 horas, no estádio Bezerrão.

Muita coisa mudou nesse intervalo de tempo. O atual campeão segue invicto na temporada e muito cotado para o bicampeonato, porém, uma crise financeira ameaça os projetos do Periquito, que perdeu cinco titulares durante a parada.

Já o Real Brasília passa por uma turbulência dentro de campo. Insatisfeitos com o futebol apresentado nos amistosos, o Leão promoveu uma “faxina” no elenco e trocou a comissão técnica. Além do objetivo de brigar pelo primeiro título entre os profissionais, o time ainda tenta pôr fim à uma incômoda freguesia diante do tradicional alviverde: desde 2016, quando foi criado, o Real jamais venceu o Gama.

Para o Real, o resultado do jogo não interfere em nada, já que qualquer resultado mantém o Leão na terceira colocação, entretanto, para o Gama vale a confirmação da liderança. Com o mesmo número de pontos do arquirrival Brasiliense, o Periquito está na frente pelo critério de gols marcados (39×38). Um empate mantém o alviverde na liderança, enquanto o Jacaré torce por uma vitória do Real.

Liderança em jogo

Um dos últimos clubes a se reapresentar, o Gama vive dias difíceis na sua retomada do Candangão. Durante a parada da competição, foram seis baixas na equipe, sendo quatro titulares: o goleiro Rafael Copetti (Pelotas-RS), o volante Tarta (Juventude-RS), o lateral direito Marcos Bahia (Selecão Brasileira Militar), o atacante Jefferson Maranhão (em litígio com o clube), além do volante Balotelli e do atacante Luquinhas, ambos para o rival Brasiliense.

Para repor as perdas, o Gama foi ao mercado e acertou com quatro reforços: o goleiro Roger Kath (Juazeirense-BA), o lateral direito Régis (Juventus-SC), o atacante Éverton (Noroeste-SP) e o volante Bruno Henrique. Porém, este último deixou o alviverde na semana passada para se apresentar à Aparecidense-GO. Outro reforço importante é o do meia atacante Vitor Xavier, agora recuperado da lesão que o afastou dos últimos jogos.

Além do pouco tempo de preparação, o time vive uma crise financeira que gerou insatisfação no elenco. Com seis meses de salários atrasados, os jogadores entraram em greve na última segunda-feira (3), e só voltaram aos treinos na quarta (5), mediante promessa de acerto de uma folha para a próxima semana.

O técnico Vilson Tadei montou o Gama com cinco novidades. Régis assume a lateral direita, Andrei Alba e Esquerdinha fazem a dupla de meio campo enquanto Vitor Xavier e Everton fazem a trinca de atacantes ao lado de Nunes. O veterano treinador possui apenas uma dúvida na cabeça de área: o zagueiro Wallace e o volante Filipe Werley (Pipoca) brigam pela camisa 5.

Mudança na direção

O Real Brasília também terá novidades no time que encara o Gama neste sábado. O Leão anunciou vários reforços vindos principalmente do estado de Goiás: chegaram os goleiros Jeferson Reis (Anápolis-GO) e Arthur (Estrela do Norte-ES), os zagueiros Waldson, Márcio Pio (Goianésia-GO) e Alef Nunes (Aparecidense-GO), os laterais Gedeilson (Madureira-RJ) e Kabrine (Ji Paraná-RO), os volantes Tiago Ulisses (Aparecidense-GO) e Gabriel Vieira (Campinense-PB), o meia Raphael Soares (Anápolis-GO), além dos atacantes Chico (Jaraguá-GO) e Ayrton (Goianésia-GO).

Em compensação, o goleiro Léo Rodrigues, os zagueiros Perivaldo e Léo Carioca, o volante Robinho, o lateral direito Marquinhos e o atacante William Chrispim foram dispensados e não jogam mais pelo clube.

Mudanças também no comando técnico: saiu Buião, dispensado após a derrota para o Vila Nova-GO em jogo-treino, e chegou Ariel Mamede, treinador que obteve várias conquistas nas categorias de base do Vila e campeão da segunda divisão goiana pelo Jaraguá.

O treinador manteve o mesmo esquema de jogo usado na temporada, inclusive com Gilvan no comando do ataque. O centroavante é artilheiro isolado do Candangão com oito gols marcados, mas vem de três partidas sem balançar as redes.

Gama e Real Brasília se enfrentam neste sábado, às 16 horas, no estádio Bezerrão, mas os portões seguem fechados ao público. A TV Brasília promete transmitir o jogo ao vivo.

FICHA TÉCNICA

GAMA x REAL BRASÍLIA
Campeonato Candango de 2020 – Décima rodada
Estádio Bezerrão – DF – 07/08/2020, às 16h

Árbitro: Luiz Paulo Aniceto
Auxiliares: Lucas Modesto e Muller Aniceto
Quarto árbitro: Matheus Moraes
Inspetor: Geufran Oliveira

GAMA
Rodrigo Calaça; Régis, Émerson Silva, Gustavo Henrique e PH; Wallace (Filipe Werley), Andrei Alba e Esquerdinha; Vitor Xavier, Éverton e Nunes
Técnico: Vilson Tadei

REAL BRASÍLIA
Jéferson Reis; Gedeilson, Márcio Pio, Alef Nunes e Léo Campos; Tiago Ulisses, Geovane e Davi Ceará; Davi, Chico e Gilvan
Técnico: Ariel Mamede

Marcelo Gonçalo

Formado em Sistemas de Informação, optou pela carreira de Jornalismo a partir de 2008. Jornalista, comentarista e narrador esportivo, foi o principal repórter do site BloGama até 2018.

Marcelo Gonçalo tem 2508 posts e contando. Ver todos os posts de Marcelo Gonçalo

Avatar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *