Foto: Divulgação

Sem Brasil em quadra, brasileiros torcem pro Japão em mais um dia de Liga das Nações

A Liga das Nações Masculina chegou ao seu quarto dia de jogos na sexta-feira (10). Apesar de não ter a Seleção Brasileira em quadra, a torcida compareceu e torceu em peso para o Japão. Confira um resumo do que aconteceu nos três jogos do dia

Holanda x Irã

A Holanda conseguiu a sua primeira vitória na competição, em um grande jogo do capitão Nimir Aziz, que pela primeira vez chegou aos 20 pontos em um jogo da Liga das Nações, e carregou seu time ao 3 a 0 contra o Irã, com parciais de 26/24 e duplo 25/21, com aproveitamento 61% em seus ataques.

O jogo foi rápido e tranquilo para os holandeses, mas também aconteceram diversos rallys que contagiaram a torcida. Nimir fez apenas 18 contra o Japão, e não conseguiu jogar contra os Estados Unidos devido a uma lesão. Ele foi fundamental no ano passado, quando, apesar da campanha ruim da Holanda, foi o maior pontuador da Liga das Nações, com 264 pontos.

Japão x Estados Unidos

Um dos jogos mais esperados da etapa Brasília se iniciou com uma notícia que não agradou aos torcedores no ginásio, já que os brasileiros estavam torcendo pelo Japão: os asiáticos entraram em quadra com uma equipe reserva.

Mas diferente do que parecia, os japoneses venderam muito caro a derrota para os Estados Unidos, pois os americanos só conseguiram a vitória no quinto set, por 3 sets a 2. Esse foi o primeiro jogo que chegou ao Tie Break na etapa Brasília, e foi também o jogo com mais defesas em toda a competição: 157.

Três jogadores se destacaram entre os maiores pontuadores da partida, com 20 pontos cada. Pelo lado japonês, o oposto Kento Myiaura, que fez bem o papel do titular Yuji Nishida, que não jogou. Já pelo lado americano, os destaques foram o ponteiro Aaron Russel e o oposto Kyle Ensing.

Eslovênia x Austrália

A Eslovênia conseguiu sua primeira vitória na competição contra a Austrália, por 3 sets a 0, em um jogo entre duas seleções que ainda não haviam vencido. Apesar do placar amplo, a partida foi de igualdade e trocas de pontos, e teve seus momentos decisivos sempre nos finais de cada set.

O destaque do jogo foi o jovem ponteiro Mozic, de apenas 20 anos, que fez 17 pontos e foi fundamental para a vitória da equipe

Rômulo Maia

Jornalista e goleiro de futebol. Apaixonado por todos os tipos de esportes e pelo Jornalismo. Defende que as mulheres tenham as mesmas oportunidades que os homens, e que os mais carentes tenham incentivo à prática do desporto. "O esporte é a ferramenta de inserção social mais eficaz, pois o resultado é imediato e as transformações são surpreendentes."

Rômulo Maia tem 462 posts e contando. Ver todos os posts de Rômulo Maia

Rômulo Maia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *