Foto: Patricy Albuquerque/CBF

Cresspom perde em casa e afunda na zona de rebaixamento

A tarde deste domingo (5) foi ruim para as Tigresas do Cerrado. A equipe recebeu o São Paulo no Abadião, em Ceilândia, e acabou derrotada mais uma vez. Com o resultado, o Cresspom se afundou ainda mais na zona de rebaixamento, ocupando a 14ª colocação com seis pontos, quatro a menos que a última equipe fora do Z4.

Na próxima rodada, o time comandado por Robson Marinho enfrenta o Avaí Kindermann, que hoje ocupa a 9ª colocação, no domingo (12), fora de casa. Já o tricolor paulista recebe o clássico contra o Palmeiras na segunda-feira (13).

O jogo

A partida começou movimentada, com ambas as equipes buscando espaços na defesa adversária, mas não demorou para o São Paulo abrir o placar. Aos 7′, Giovana recebeu o passe de Maressa e cabeceou para o fundo das redes.

No contra-ataque, as donas da casa tentaram responder, sem sucesso. Então, o tricolor paulista mostrou o motivo de ter o terceiro melhor ataque da competição e ampliou o placar aos 13′. Rafa Travalão, a vice-artilheira do Brasileirão Feminino, recebeu de Micaelly e não desperdiçou.

Quezia evitou que o problema ficasse ainda maior ao defender um chute cara a cara com Cacau, que estava sozinha na área. E já ao final da primeira etapa, aos 38′, Keké aproveitou um erro da defesa paulista para diminuir o placar, 2×1.

Depois do intervalo, sabendo que precisava pontuar para seguir sonhando em sair da zona da degola, o Cresspom foi para cima, enquanto o São Paulo, com um placar favorável, optou por uma postura mais defensiva. Aos 20′, Dani Batista teve a chance de empatar, mas a goleira Michelle defendeu.

Apesar de poucas chances, quando chegou ao ataque, o tricolor paulista foi fatal. Clara recebeu em profundidade, dominou no peito e marcou o terceiro gol das visitantes aos 44′, dando números finais ao jogo.

Camila Bairros

Jornalista pós-graduada em jornalismo digital. Escrevo sobre o esporte candango e nas horas vagas assisto mais futebol

Camila Bairros tem 291 posts e contando. Ver todos os posts de Camila Bairros

Camila Bairros

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *