Foto: Carlos Vieira/CB/D.A Press

Brasília Basquete troca de treinador após começo ruim no NBB

O treinador Ricardo Oliveira não aguentou a série de derrotas seguidas e teve sua saída definida pela direção do Brasília Basquete. A equipe perdeu todos os cinco jogos que fez até aqui, e só não está na lanterna porque o Pato Basquete perdeu seus seis jogos.

Ricardo Oliveira estava no Brasília desde outubro de 2019, chegou à equipe como auxiliar do antigo treinador André Germano, e vinha de um bom trabalho com a Seleção Sub-15 de basquete.

Além disso, foi o principal responsável pela formação de alguns atletas da equipe, em especial do Ala/Pivô Ronald, que voltou à equipe nessa temporada.

Ricardo Oliveira deixa o Brasília com um desempenho de pouco mais de 23% de aproveitamento. Em suas três temporadas no comando da equipe, foram 56 jogos com apenas 13 vitórias e 43 derrotas. A sua melhor campanha foi em 2019/2020, quando a equipe ficou em décimo terceiro lugar.

Novo treinador

Quem assume a equipe agora é o treinador Régis Marelli, de 52 anos, que estava no Paulistano na última temporada, onde foi vice-campeão Paulista e conseguiu uma grande campanha no NBB, levando o time ao quarto lugar. A grande campanha o fez concorrer ao prêmio de melhor treinador do ano.

Foto: reprodução/NBB

Marelli fará a sua decima primeira temporada pelo NBB, onde já trabalhou pelo São José, Palmeiras e Vitória-BA. Em 2018, foi eleito o melhor treinador da competição. Ele já trabalhou com alguns atletas do atual elenco: Fischer, Basílio e Arthur.

O novo treinador já comanda a equipe no próximo jogo, na sexta-feira (19), contra o Mogi Basquete, em jogo que acontecerá na casa da equipe, a Arena BRB/Nilson Nelson. Os torcedores que quiserem ir assistir a estreia do técnico já podem comprar o seu ingresso no link disponível nas redes sociais da equipe.

Rômulo Maia

Jornalista e goleiro de futebol. Apaixonado por todos os tipos de esportes e pelo Jornalismo. Defende que as mulheres tenham as mesmas oportunidades que os homens, e que os mais carentes tenham incentivo à prática do desporto. "O esporte é a ferramenta de inserção social mais eficaz, pois o resultado é imediato e as transformações são surpreendentes."

Rômulo Maia tem 462 posts e contando. Ver todos os posts de Rômulo Maia

Rômulo Maia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *