Foto: Reprodução/Instagram

Em clássico morno, Argentina vence jogando no Mané Garrincha

Argentina vinha de dois empates com gols – contra a Colômbia e com o Chile. Já a equipe azul-celeste vem de dois 0x0 com o Paraguai e a Venezuela. Embora tenha sido superior boa parte do jogo, a Argentina pecou em finalizações, o que a impediu de ampliar o resultado. Com algumas chegadas boas, Uruguai se perdeu em boa parte do jogo e acabou sofrendo com uma noite não inspirada de Suárez e Cavani.

Primeiro tempo

A seleção argentina iniciou a partida sufocando o adversário e teve mais posse de bola. Apesar de ter aberto o placar aos 12 minutos com González, os argentinos pecaram muito na finalização o que os impediu de ampliar o resultado antes do intervalo.

Logo aos 7 minutos, Messi fez jogada individual pelo lado direito e chutou da entrada da área. Muslera espalmou e a bola sobrou para Lautaro na área, mas o camisa 22 chutou para fora.

Alguns minutos depois, após uma cobrança de escanteio curta, Messi limpou a marcação e cruzou na área. Guido Rodríguez cabeceou, a bola ainda bateu na trave e entrou! 1×0 para a Argentina.

Aos 27′, Cavani chegou ao gol e caiu na área, mas o árbitro mandou seguir após checagem no VAR. Ao final da primeira etapa, De La Cruz cruzou na área e Rodríguez tentou o corte. Mas a bola sobrou para Torreira, que tocou para Bentancur. O jogador uruguaio chutou, mas mandou para fora.

O Uruguai chegou poucas vezes ao gol, ainda assim sem nenhum perigo para Martínez. Cavani e Suárez acordaram para o jogo, porém, a defesa fechada de Montiel e Romero os impediu de chegar ao empate.

Segundo tempo

O Uruguai voltou melhor para o jogo, com mais posse de bola e intensidade, mas apesar disso, não corrigiu a finalização. Apesar de um primeiro tempo tranquilo no quesito de faltas, a segunda etapa foi mais faltosa e rendeu cinco cartões amarelos.

Aos 24 minutos, o Uruguai chegou com Viña, que cruzou pelo lado esquerdo na área. A bola passou por Cavani e Suárez, que não conseguiram mandar para o gol. Alguns instantes depois, o camisa 9 uruguaio recebeu novamente, mas sem sucesso.

Com mais de 30 minutos de partida, Messi invadiu a área e fez fila na marcação do Uruguai, mas não conseguiu espaço para o chute. O atacante rolou para Di Mária, que chutou de primeira, mas a bola explodiu na defesa uruguaia. No lance seguinte, Messi tentou novamente, mas foi derrubado na frente da grande área.

Curiosidades

Este clássico sul-americano tem, ao total, 585 gols e aconteceu 205 vezes, com 53 empates, a87 vitórias da Argentina e 65 do Uruguai. Antes deste jogo no Mané Garrincha, os dois últimos encontros entre essas seleções acabaram empatados – um 2×2 em um amistoso em 2019, e um 0x0 em 2017.

FICHA TÉCNICA

ARGENTINA 1×0 URUGUAI

Copa América 2021 – primeira fase – segunda rodada
Estádio Mané Garrincha, Brasília-DF – 18/06/2021, 21h

Árbitro: Wilton Sampaio (BRA)
A1: Danilo Manis (BRA)
A2: Bruno Pires (BRA)
VAR: Wagner Reway (BRA) 

Argentina

Martínez; Molina, Romero, Otamendi e Acuña; Guido Rodríguez, De Paul (Pezzella) e Lo Celso (Palacios); González (Di Maria), Messi e Lautaro Martínez (Correa).
Técnico: Lionel Scaloni

Gols: Guido Rodríguez
Cartões amarelos: Lo Celso, Martínez e Correa
Cartões vermelhos: Não houve

Uruguai

Muslera; González (Facundo Torres), Giménez, Godin e Viña; Valverde (Gorriarán), Torreira (Vecino), Bentancur e De la Cruz (Ocampo); Suárez e Cavani.
Técnico: Óscar Tabárez

Gols: Não Houve
Cartões Amarelos: Torreira e Ocampo
Cartões Vermelhos: Não houve

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *