GDF lança o programa Educador Esportivo Voluntário

Na manhã desta quinta-feira (13), o GDF, em conjunto com a Secretaria de Esporte e Lazer, lançou o programa Educador Esportivo Voluntário, em evento realizado no Palácio do Buriti e que contou com a presença do DFSports+.

Além do governador Ibaneis Rocha (MDB) e da Secretária de Esportes Giselle Ferreira, o evento também contou com a presença de Celina Leão, ex-Secretária e atual deputada federal, idealizadora do projeto.

O programa irá beneficiar mais de 12 mil pessoas entre professores e alunos, e terá profissionais que ficarão na linha de frente contra o sedentarismo. As ações esportivas, aulas e oficinas serão ministradas em áreas públicas de todo o DF, e na primeira fase, serão 120 voluntários com formação de curso superior, que terão uma ajuda para transporte e alimentação de R$ 37 por dia, resultando em uma média mensal de R$ 800.

Na segunda fase, o projeto terá vaga para 280 voluntários sociais – graduandos, atletas e comunidade esportiva -, que contarão com o mesmo valor de custo diário. Para ambas as etapas é necessário ser maior de 18 anos.

Vamos ajudar os professores e tirar as crianças das ruas e das drogas

Celina Leão, deputada federal e idealizadora do projeto

O esporte se mostrou uma ferramenta ainda mais importante durante a pandemia, pois além de saúde, é também lazer, como destacou a Secretária Giselle, que ainda informou que o programa vai atender quem mais precisa.

O governador Ibaneis, também presente no evento, afirmou que o GDF e a Secretaria de Esporte e Lazer estão trabalhando em conjunto para que este projeto atinja um número ainda maior de pessoas, que poderão atuar nos parques, áreas públicas, campos e quadras da nossa capital. “Já somos quase 500 voluntários, e logo mais dobraremos esse número. Estamos trabalhando pelas nossas crianças, para trazer o convívio social de volta nesse momento de dificuldade”, completou.

Foto: Ascom/SEL

Como ser voluntário

O chamamento público para realização do processo seletivo de voluntários para o programa já está aberto. Poderão participar pessoas graduadas e estudantes de educação física – licenciatura ou bacharelado -, atletas que recebam incentivos financeiros de projetos da SEL; que estejam ranqueados em federação esportiva; tenham habilidades comprovadas por certificados ou que atuem na área.

As demais informações estão no edital a seguir, e quando finalizado o processo, os educadores esportivos voluntários assinarão o termo de adesão e compromisso, além de ser obrigatório a capacitação antes de iniciar as ações.

Edital-Educador-Esportivo-Voluntario

Participantes

Serão disponibilizadas 3,6 mil vagas na primeira fase do programa, e as inscrições poderão ser realizadas de forma online e presencial. Na segunda fase, mais 8,4 mil vagas serão abertas para alunos de todo o DF. Pessoas com deficiência e transtorno do espectro autista também poderão participar.

Camila Bairros

Jornalista pós-graduada em jornalismo digital. Escrevo sobre o esporte candango e nas horas vagas assisto mais futebol

Camila Bairros tem 164 posts e contando. Ver todos os posts de Camila Bairros

Camila Bairros

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *