Foto: Hugo Barreto/Metrópoles

Ceilândia arranca um empate contra o Brasiliense

Ceilândia e Brasiliense se enfrentaram na tarde deste domingo (9) no Abadião, em jogo válido pela quinta rodada do quadrangular semifinal do Candangão. Mesmo com a vaga na final já garantida, o Jacaré saiu na frente, mas o Gato Preto conseguiu arrancar o empate.

Com o resultado, o Jacaré, que vinha de 13 vitórias seguidas, perde o 100% de aproveitamento no Candangão, mas segue sem saber o que é perder e faz uma campanha histórica.

Na próxima rodada, marcada para quarta-feira (12), o Brasiliense recebe o Gama para fechar a fase no Mané Garrincha, às 15h, enquanto Luziânia – já fora de disputa – e Ceilândia se enfrentam no Serra do Lago no mesmo horário.

Primeiro tempo

Jogando em casa, o Ceilândia tomou a iniciativa do jogo. Logo aos 2′, China recebeu na esquerda e cruzou para Mirandinha finalizar, mas Keynan conseguiu travar o chute.

Aos 9′, foi a vez do Brasiliense se lançar ao ataque. Peu levantou a bola na área e Tobinha tentou a cabeçada, que foi direto para fora. Lídio e Didira também tiveram oportunidades, mas o primeiro chutou acima do gol, e o segundo em cima do goleiro.

Já no final da primeira etapa, Zé Love cobrou uma falta rasteira que parou novamente no goleiro Diego. O Ceilândia respondeu com China, que cruzou a bola na área para Andrezinho finalizar perto da trave.

Segundo tempo

Se faltou gol na primeira etapa, ele não demorou a sair na segunda. Zé Love, artilheiro do Candangão com 11 gols, marcou o dele logo aos 5′ após cruzamento de Didira.

Aos 12′, Didira tentou cortar o cruzamento de Andrezinho e acabou atrapalhando a defesa de Sucuri, quase proporcionando o empate na partida. Dois minutos depois, Peu cobrou escanteio direto, e Diego desviou o que seria um gol olímpico.

O empate saiu com 27 minutos de jogo. O Gato Preto explorou a jogada de bola parada, e em cruzamento de Andrezinho, Liel cabeceou firme para deixar tudo igual.

Mesmo com outras chances, o placar permaneceu inalterado até o final da partida. Na última rodada, o Ceilândia só depende dele para garantir a vaga na final. Se tropeçar diante do Luziânia, torce para que o Brasiliense conquiste pelo menos um empate diante do Gama.

Ficha técnica

CEILÂNDIA 1×1 BRASILIENSE

Campeonato Candango 2021 – Terceira Fase – Quinta Rodada
Estádio Abadião, Ceilândia-DF, 09/05/2021, 15h

Árbitro: Marcello Rudá
Assistente 1: Lucas Modesto
Assistente 2: José Reinaldo
Quarto Árbitro Maricleber Goes

CEILÂNDIA

Diego; Andrezinho, Lucas Frank, Liel e Fernandinho; Werick, Giovane e Wisnan (Felipe Goiano); Mirandinha (Gabriel Pedra), China (Igor Pato) e Matheus Silva (William)
Técnico: Adelson de Almeida

Gols: Liel (27’ 2T)
Cartões amarelos: Werick, Giovane, Wisman e Diego

BRASILIENSE

Edmar Sucuri; Diogo, Keynan, Badhuga e Mário Henrique; W. Balotelli, Lídio (Zotti), Peninha (Luquinhas) e Didira (Jorge Henrique); Tobinha (Romarinho) e Zé Love (Michel Platini)
Técnico: Vilson Tadei

Gols: Zé Love (05’ 2T)
Cartões amarelos: Zé Love

Camila Bairros

Jornalista pós-graduada em jornalismo digital. Escrevo sobre o esporte candango e nas horas vagas assisto mais futebol

Camila Bairros tem 197 posts e contando. Ver todos os posts de Camila Bairros

Camila Bairros

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *