Crédito: Divulgação Adef/Apcef

APCEF/ADEF se prepara para a estreia no Novo Futsal Feminino Brasil

O time de futsal da APCEF/ADEF segue trabalhando duro para estrear no Novo Futsal Feminino Brasil (NFFB). O primeiro desafio na competição nacional será no dia 12 de maio, quarta-feira, às 19h, no Ginásio da APCEF, localizado no Setor de Clubes Norte. Por causa da pandemia, o confronto será sem a presença de público e com transmissão gratuita da TvN Sports.

Para o inicio do NFFB, a diretoria da APCEF/ADEF manteve a base do time da Copa do Brasil de Futsal, quando as meninas conquistaram a medalha de prata, em dezembro, e reforçaram o elenco com a ala/pivô Novinha, a pivô Ana Keyla, a ala Geovanna Abílio e a goleira Jovana.

O treinador Lucas de Oliveira, o Guina, ressalta que esses reforços vieram somar com um calendário extenso que passa pelos torneios regionais e as competições da Confederação Brasileira de Futsal (CBFS).

“É um calendário muito cheio e curto. Essas peças ajudarão o time em uma resposta física e tática”, afirmou o treinador que conta com um elenco com uma média com pouco mais de 20 anos.

Por causa dos decretos do governo local para conter o avanço do novo coronavírus, os clubes do Distrito Federal estavam fechados e a APCEF/ADEF ficou impossibilitada de treinar no ginásio. Na última semana, as meninas voltaram a casa, onde estão habituadas a fazer as atividades. “Voltar a treinar na APCEF é muito gratificante. É o nosso cantinho, tem a nossa cara e faz muita diferença por causa do piso”, concluiu o treinador.

Entre as atletas que tem chamado à atenção do comandante é a fixo Amanda Dias. Ela está há muitos anos no projeto, e apesar da pouca idade, 20, exerce uma grande liderança no grupo e vem respondendo a expectativa, apesar da ansiedade da estreia.

“Estou confiante para a competição que promete muito. São as principais jogadoras do Brasil reunidas. O nosso time é unido, jovem e tem demonstrado uma disciplina grande”, disse a jogadora.

Entre as novidades do elenco está a pivô Laíssa Santos, a Novinha. Depois de alguns anos fora para atuar no futebol de campo, ela retornou e está adaptada no sistema tático. Como uma das características da atleta está o poder ofensivo.

“Eu fui criada pela ADEF, terminei os meus estudos jogando aqui, conquistei títulos importantes na época dos torneios escolares e agora quero ajudar o time nessa nova missão. Estou pronta e feliz de estar aqui”, disse a dona da camisa 99.

Rafael Moura

Jornalista formado em Brasília desde 2007, Rafael Moura milita no jornalismo esportivo. Passou pelas principais redações da capital federal, foi assessor de imprensa do Ministério do Esporte, do Comitê Paraolímpico Brasileiro. Hoje atua na Câmara dos Deputados e colabora com o site esportivo que mais cresce no Distrito Federal

Rafael Moura tem 29 posts e contando. Ver todos os posts de Rafael Moura

Rafael Moura

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *