Foto: Igo Estrela/Metrópoles

Gol no início determina vitória apertada do Jacaré

Fechando a primeira rodada da segunda fase do Candangão, Brasiliense e Ceilândia jogaram no Serejão na tarde desta quinta-feira (15). Favorita ao título, a equipe de Taguatinga seguiu com 100% de aproveitamento após uma vitória apertada, 1×0, com gol de Carlos Eduardo logo no começo da partida.

Com a vitória, o Jacaré larga na frente no seu grupo, junto com a Coruja – que venceu o Santa Maria por 2×0 no outro duelo da chave – porém em segundo lugar devido ao saldo de gols. No domingo, tanto Brasiliense quanto Capital podem garantir a presença nas semifinais, caso vençam Santa Maria e Ceilândia, respectivamente.

A primeira etapa começou com os mandantes indo pra cima e inaugurando o marcador logo no início com Carlos Eduardo. Sem conseguir ampliar, os visitantes alvinegros conseguiram equilibrar o duelo, que ficou sem grandes emoções até o intervalo.

A metade final do confronto começou elétrica, prometendo bons momentos. Porém, as equipes continuaram pecando nas finalizações e, mesmo com maior domínio da bola, o Jacaré pouco assustou seu adversário, a entrada de Tobinha deu um gás para os donos da casa, mas não foi o suficiente para ampliar. O Gato Preto manteve uma defesa firme, mas pouco ameaçou na frente, com isso o duelo terminou mesmo no 1×0.

O Jogo

Primeiro Tempo

A partida começou com o Brasiliense controlando a posse de bola e, logo aos 5′, abrindo o placar. Peninha driblou e arriscou um chute da entrada da área, a bola carimbou a trave e voltou no pé de Carlos Eduardo: de direita, o meia atacante pegou de primeira e balançou a rede de Michael, que nada pôde fazer.

Nove minutos depois, foi a vez do Ceilândia ameaçar, Mirandinha se infiltrou pela direita, mas Edmar Sucuri defendeu a finalização com segurança, no contra ataque o Jacaré veio com perigo, Diogo colocou a bola na cabeça do Luquinhas, porém Michael segurou a bola.

O alvinegro continuou assustando a equipe amarela, em boa jogada pela direita, Mirandinha cruzou, só que nenhum atacante alcançou a bola e ela saiu pela linha de fundo. Mesmo com menos posse de bola, o Ceilândia conseguia chegar bem no ataque e defendia com firmeza para não levar outro gol.

O jogo ficou bem disputado no meio campo e as chances se tornaram escassas, nas poucas oportunidades que tiveram, as equipes não assustaram os goleiros. Ou finalizavam errado e bloqueado, ou então cruzavam sem a jogada ser devidamente concluída. Dessa forma, o placar ficou inalterado até o intervalo: 1×0 Jacaré.

Foto: Igo Estrela/Metrópoles

Segundo Tempo

Os times voltaram para o campo eletrizados: Medeiros levou amarelo com 30 segundos, Peninha também recebeu aos 8′, mas as oportunidades de gol continuaram raras, apesar de toda a correria do Brasiliense. A primeira grande chance da etapa final foi com 15′ no relógio, Peninha bateu uma falta de longe, o goleiro Michael bateu roupa, porém acabou ficando com a bola.

Dois minutos depois, Medeiros tentou uma puxeta após cobrança de escanteio, só que errou o alvo e Sucuri só olhou a bola indo para fora. A partida ficou animada: no contra ataque, o Jacaré ameaçou novamente, mas ninguém conseguiu concluir no gol após um bate e rebate na área.

O Brasiliense retomou de vez o controle da partida, porém pecava na hora de finalizar as jogadas – apesar de ameaçar o gol defendido por Michael, o goleiro não foi verdadeiramente exigido. A partir dos 30′, o Ceilândia voltou a equilibrar as ações e João Victor quase empatou em um chute que acabou desviado para escanteio.

No contra ataque, Tobinha invadiu a área, porém Michael saiu rápido para salvar o Gato Preto, se machucou e continuou em campo no sacrifício. Mesmo assim, o Brasiliense não conseguiu ampliar, Tobinha, de novo ele, ficou cara a cara com o goleirão, que cresceu e fez uma excelente defesa. Apesar de buscarem o gol, os times continuaram falhando no momento decisivo e o jogo terminou com o 1×0 para o Brasiliense.

Ficha técnica

BRASILIENSE 1 X 0 CEILÂNDIA

Campeonato Candango 2021 – Segunda Fase – Primeira Rodada
Estádio Serejão, Taguatinga, 15/04/2021, 15h30

Árbitro: Rodrigo Batista Raposo.
Assistente 1: Lehi Sousa Silva.
Assistente 2: David Sousa Santana.
Quarto Árbitro: Nathan Lenkart Macedo de Souza Coutinho.
Inspetor:  Raimundo Nonato Lopo De Abreu.

Provável Brasiliense

Edmar Sucuri; Diogo, Keynan, Badhuga e Mário Henrique; Lídio, Sandy (Balotelli), Peninha (Aldo) e Luquinhas (Maicon Assis); Carlos Eduardo (Jefferson Maranhão) e Zé Love (Tobinha).
Técnico: Vilson Tadei.

Gol: Carlos Eduardo (5′).
Cartões amarelos: Peninha e Zé Love.
Cartões vermelhos: não houve.

Provável Ceilândia

Michael; Andrezinho (Dennys), Medeiros (Fernandinho), Liel e Mateus Bochecha; Werick e Clécio; Mirandinha (João Victor), Willian e Wisman (Gabriel Pedra); Matheus Silva (Felipe Goiano).
Técnico: Adelson de Almeida.

Gols: não houve.
Cartões amarelos: Andrezinho e Medeiros.
Cartões vermelhos: não houve.

Lucas Bohrer

Jornalista esportivo formado em Comunicação Organizacional pela UnB. Viciado em acompanhar esportes e fascinado pela ideia de poder dar mais visibilidade a modalidades geralmente esquecidas.

Lucas Bohrer tem 71 posts e contando. Ver todos os posts de Lucas Bohrer

Lucas Bohrer

Um comentário em “Gol no início determina vitória apertada do Jacaré

  • Avatar
    15 de abril de 2021 em 18:38
    Permalink

    Que sejam Brasilense e Capital para avançarem no grupo, resolvendo na 2a rodada e para obter a classificação 😀

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *