Foto: Gabriel Costa

Cerrado perde mais uma e está fora dos playoffs

O Cerrado Basquete recebeu o Paulistano na manhã deste domingo (11) com um único objetivo: vitória sobre o adversário para seguir vivo na busca pela inédita vaga para os playoffs. Mesmo após um segundo quarto ruim, a equipe correu atrás do placar na reta final da partida e por pouco não realiza o feito. Mas a equipe paulista usou a experiência para segurar o resultado que eliminou as chances do time candango na competição.

Os destaques do time ficaram por conta de Alex Doria e Kevin Crescenzi, com quinze pontos marcados cada. O Cerrado encerra sua participação no NBB nesta terça-feira(13), quando recebe o Bauru Basket no ginásio da ASCEB com transmissão ao vivo da TV Brasil.

O Cerrado começou bem no jogo abrindo dois pontos com Paulo. O jogo ficou equilibrado nos minutos seguintes até a metade do quarto, quando o Paulistano passou à frente do placar, mas o time manteve-se sempre atento para não deixar o adversário disparar. O primeiro quarto terminou com vitória parcial do Paulistano por 21 a 16.

No segundo quarto, o Cerrado deu mostras de reagir no placar assim que Douglas Nunes acertou uma bela cesta de três pontos no início. O jogo voltou a ficar equilibrado, mas o Paulistano seguia à frente no placar por uma diferença pequena. O técnico do adversário pediu tempo técnico. Quando a equipe paulista passou a acertar os lances de três pontos, foi a vez do técnico Bruno Lopes pedir tempo. Mesmo com substituições, o Cerrado teve baixo aproveitamento ofensivo ao contrário do adversário, que abriu quinze pontos de vantagem fechando o segundo quarto em 41 a 26.

O Cerrado montou uma verdadeira “blitz” no terceiro quarto marcando quatro pontos no primeiro minuto de jogo com Alex Doria. O Paulistano voltou a equilibrar o jogo e aumentou novamente a diferença para 19 pontos. Von Haydin entrou bem no jogo marcando onze pontos e fazendo a equipe candanga encostar novamente no adversário. O placar terminou em 57 a 47 para o adversário.

Vindo para o tudo ou nada, o Cerrado se arriscou no ataque, mas também cedeu espaços na sua defesa. A equipe contou com uma boa atuação de Wiggins e Alex Doria obrigando o técnico do Paulistano a pedir novo tempo técnico.

Quando restavam dois minutos para o fim da partida, Von Haydin acertou uma cesta de três pontos, diminuindo a diferença no placar para apenas sete pontos. Crescenzi e Paulo tentaram o artifício das bola de fora do garrafão para encostar no placar e virar a partida no final, mas as bola não atingiram o alvo. Novo tempo técnico pedido por Bruno Lopes e na sequência Lucas Lima de três diminuiu a diferença para quatro pontos. Mas a partir daí o time paulista conseguiu parar as jogadas e obter faltas ofensivas para segurar o placar que terminou em 75 a 67.

Marcelo Gonçalo

Formado em Sistemas de Informação, optou pela carreira de Jornalismo a partir de 2008. Jornalista, comentarista e narrador esportivo, foi o principal repórter do site BloGama até 2018.

Marcelo Gonçalo tem 2647 posts e contando. Ver todos os posts de Marcelo Gonçalo

Avatar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *