Foto: Igo Estrela/Metrópoles

Brasiliense vence Unaí e confirma melhor campanha da primeira fase do Candangão

O Brasiliense garantiu a melhor campanha da primeira fase do Candangão 2021 após vencer o Unaí por 3×1 na tarde deste sábado (10), no estádio Serejão. Já classificados à próxima etapa da competição, os times se enfrentaram pela 6ª rodada e protagonizaram um “show” de lances ofensivos.

Fazendo jus ao favoritismo, o Jacaré aplicou 2×0 ainda na primeira etapa. No segundo tempo, o Verdão da Serra correu atrás do prejuízo e diminuiu a vantagem, mas em lance crucial, já no fim do jogo, o time do DF eliminou as chances de reação da equipe de Minas Gerais.

Com o resultado, o Brasiliense chegou a 6ª vitória consecutiva e terminou a primeira fase do Candangão invicto, mantendo 100% de aproveitamento na competição. O time comandado por Vilson Tadei também fechou a etapa com o melhor ataque do campeonato, anotando 18 bolas nas redes.

Primeiro tempo

O Unaí começou o jogo assustando o Brasiliense. Aos 40’ segundos de jogo, o volante Akim aproveitou a sobra da zaga e arriscou de fora da área, mas o goleiro Sucuri voou para evitar o gol. A primeira grande chance do Jacaré ocorreu aos 10’, quando o meia Peninha costurou a defesa adversária e chutou cruzado para a defesa de Victor Lube.

Aos 20’, aproveitando um dos poucos espaços deixados pelo esquadrão amarelo, o lateral Ezio foi ao ataque e rolou para Clementino, que pegou mal na bola e perdeu a oportunidade de colocar o Unaí na frente. O ditado “quem não faz leva”, serviu para o Verdão da Serra. Em escanteio cobrado por Peninha, Badhuga antecipou o goleiro alviverde e cabeceou para abrir o placar do jogo aos 24′.

Foto: Igo Estrela/Metrópoles

Após o gol, o Jacaré cresceu na partida e passou a dominar o time de Minas Gerais. Em nova oportunidade, aos 29’, Peninha pegou rebote de uma falta cobrada por ele mesmo e finalizou colocado, exigindo a defesa de Victor Lube. Aos 39’,  em erro na saída de jogo do Unaí, Peninha serviu o atacante Bruno Nunes, que recebeu e finalizou forte, antes da meia lua, para fazer 2×0 Brasiliense na última grande chance do primeiro tempo.

Segundo tempo

No segundo tempo, o alviverde mineiro voltou melhor e com postura mais ofensiva. Aos 3’, Ezio  recebeu dentro da grande área e finalizou rasteiro em cima do goleiro Sucuri. A resposta do esquadrão amarelo veio aos 5’, em chute de primeira de Peninha defendido por Victor Lubo.

Aos 11’, o atacante Rafinha, que havia substituído o meia alviverde Samuel, quase marcou um gol de placa. Em erro de passe do zagueiro Badhuga, ele dominou a bola, conduziu e finalizou de longa distância, carimbando o travessão do Jacaré. 

A pressão do Verdão da Serra continuou e, aos 14’, Romário, que entrou na partida no lugar do centroavante Diego Clementino, girou na grande área e encontrou Hywri, que limpou a defesa e chutou colocado para marcar o gol alviverde.

O Brasiliense foi completamente dominado pelo Unaí durante a segunda etapa. No entanto, após diminuir o marcador, o time de Minas Gerais não conseguiu penetrar a defesa amarela e o ritmo do jogo esfriou por mais de 30 minutos.

A equipe mineira só chegou novamente aos 37’, em falta cobrada por Hywri que passou por cima da meta defendida por Sucuri. Na sequência, aos 40’, em passe de letra de Hywri, o atacante Romário finalizou cara a cara com o goleiro do Brasiliense, que se esticou para evitar o empate.

Aos 43’, veio o golpe fatal. Após arrancar pela direita, Sandy cruzou para Bruno Nunes, que completou de cabeça para fazer 3×1 Jacaré. O gol eliminou as possibilidades de reação do time de Minas Gerais, e a partida terminou com final feliz para a equipe amarela.

Ficha técnica

BRASILIENSE 3×1 UNAÍ

Campeonato Candango 2021 – Primeira Fase – Sexta Rodada
Estádio Serejão, Taguatinga, 10/04/2021, 15:30h

Árbitro: Marcello Rudá Neves Ramos da Costa
A1: Leila Naiara Moreira da Cruz
A2: Lucas Torquato Guerra
4º árbitro: Jonas Junio da Silva Abreu

Escalação Brasiliense

Edmar Sucuri; Diogo (Zotti), Keynan, Badhuga e Mário Henrique; Lídio (Rodrigo Andrade), Luquinhas, Sandy e Peninha (Tobinha); Carlos Eduardo (Jorge Henrique), Luquinhas (Aldo) e Bruno Nunes;

Técnico: Vilson Tadei

Gols: Badhuga (24’ 1T), Bruno Nunes (39’ 1T e 43’ 2T)
Cartão amarelo: não houve.
Cartão vermelho: não houve.

Escalação Unaí

Victor Lube, José Leandro, Juninho, Gelsinho, Ezio, Akim (Carlinhos), Gabriel, Samuel (Rafinha), Hiwry, Thiaguinho e Diego Clementino (Romário);

Técnico: Roberto Gaúcho

Gols: Hiwry (14’ 2T)
Cartão amarelo: Zé Leandro e Ezio
Cartão vermelho: não houve.

Braian Bernardo

Estudante de jornalismo, apaixonado por futebol e torcedor do esporte candango.

Braian Bernardo tem 35 posts e contando. Ver todos os posts de Braian Bernardo

Avatar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *