Foto: Gustavo Moreno/Especial para o Metrópoles

Brasiliense goleia o Vitória-ES e inicia a temporada com o pé direito

Nesta quarta-feira (20), o Brasiliense estreou na temporada 2021. Em jogo válido pela Copa Verde, o Jacaré mostrou superioridade e passou por cima do Vitória-ES, no Serejão.

Após conseguir um gol sofrido no final do primeiro tempo, o time candango teve bastante espaço para jogar na segunda etapa, marcou três gols e se classificou para a segunda fase com uma goleada por 4×0.

Primeiro tempo

Com os dois times se respeitando bastante e adotando uma postura um pouco mais cautelosa, poucas chances reais de gol foram criadas nos 20 minutos iniciais. O time do Distrito Federal até tentava, investindo principalmente nos lançamentos do camisa 10 Zotti e nos cruzamentos de Diogo, mas muitos impedimentos eram marcados.

A melhor chance do início da partida saiu dos pés de Zé Love. Após boa jogada individual pelo lado esquerdo do ataque, o centroavante apostou no cruzamento rasteiro para a área e, após a bola desviar no defensor do time capixaba, o goleiro Harrison demonstrou todo seu reflexo e fez boa defesa.

Aos 33′, Diogo fez grande jogada pelo lado direito e cruzou para Aldo. Livre no segundo pau, o volante conseguiu cabecear, mas o lateral Reynald leu bem a jogada, entrou na frente e tirou a bola do caminho do gol.

No último lance da primeira etapa, o Brasiliense chegou ao seu gol. O zagueiro Badhuga avançou com a bola pelo lado direito e levantou para a àrea. Léo Breno foi afastar e acabou desviando em direção ao gol, enganando o goleiro Harrison, que não conseguiu encaixar. 1×0 para o time candango e final de primeiro tempo.

Segundo tempo

Logo aos 6 minutos da segunda etapa, o Brasiliense chegou ao seu segundo gol. Após a defesa do Jacaré afastar o perigo em escanteio cobrado pela equipe capixaba, a bola caiu nos pés de Jefferson Maranhão. Ainda no campo de defesa, o atacante puxou ótimo contra-ataque e deu um lindo passe em profundidade para Luquinhas, que recebeu em velocidade e definiu com muita categoria, dando uma leve cavadinha por cima do goleiro Harrison.

Aos 14′, Zé Love tabelou com Luquinhas e saiu livre na grande área. O centroavante finalizou rasteiro e gonseguiu tirar de Harrison, mas a bola foi interceptada pelo zagueiro Léo Breno, impedindo o terceiro gol do Jacaré. Minutos depois, Peu cruzou bem para o meio da área e Luquinhas desviou em direção ao gol, mas Harrison fez boa defesa.

Cinco minutos mais tarde, Peu achou um lançamento fantástico para Zé Love, ligando a defesa ao ataque. Com muita categoria, o camisa 9 dominou e deu um lindo drible da vaca no goleiro do Vitória. Na hora de tirar um 10, o centroavante se desequilibrou e acabou finalizando por cima do gol.

Foto: Gustavo Moreno/Especial para o Metrópoles

Aos 38′, Carlos Eduardo roubou a bola de Carlinhos no lado direito do ataque e encontrou Rodrigo Fumaça na entrada da área. O camisa 19 finalizou rasteiro, de primeira, e marcou o terceiro gol do Jacaré.

No último lance da partida, Carlos Eduardo cobrou escanteio para a área e encontrou Tobinha entrando infiltrado na defesa do Vitória. O atacante recém-contratado pelo Brasiliense cabeceou mascado, a bola quicou e o goleiro Harrison acabou falhando feio. 4×0 para o time candango e classificação para a próxima fase confirmada.

Segunda fase

No próximo domingo (24), o Jacaré enfrenta a equipe do Luverdense pela segunda fase da competição. A Copa Verde assegura ao seu vencedor uma vaga direta na 3ª fase da Copa do Brasil, o que já garante 2 milhões de reais.

FICHA TÉCNICA

BRASILIENSE 4×0 VITÓRIA-ES

Estádio Serejão – 20/01/20 -15h30
Copa Verde – primeira fase

Arbitro: Marcos Mateus Pereira (MS)
A1: Sérgio Alexandre da Silva (MS)
A2: Luiz Fernando Viegas Colete (MS)
4° Arbitro: Marcello Rudá Neves Ramos da Costa (DF)
Analista de Campo: Jamir Carlos Garcez (DF)

BRASILIENSE

Edmar Sucuri; Diogo, Badhuga, Keynan, Peu; Aldo (Radamés), Bruno Lima, Zotti (Peninha); Luquinhas (Tobinha), Jefferson Maranhão (Rodrigo Fumaça), Zé Love (Carlos Eduardo)

Gols: Léo Breno GC (46′ – 1º tempo), Luquinhas (6′ – 2º tempo), Rodrigo Fumaça (38′ – 2º tempo), Tobinha (45′ – 2º tempo)
Cartões amarelos: Keynan
Cartões vermelhos:

VITÓRIA-ES

Harrison; Reynald (Hiuri), Igor Pimentel, Léo Breno, Tiaguinho; Emerson (Carlinhos), Carlos Vitor; Chiquinho, Gianlucas (Dodo), Vitinho (Wagner); Rael

Gols: não houve
Cartões amarelos: Reynald
Cartões vermelhos: não houve

Eduardo Blatt

Estudante de Jornalismo, apaixonado por esportes e amante do futebol local. Sempre foi aquele que, quando começa a resenhar com os amigos sobre futebol, não tem quem o faça parar. Agora, busca fazer isso como profissão.

Eduardo Blatt tem 25 posts e contando. Ver todos os posts de Eduardo Blatt

Eduardo Blatt

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *