Foto: Gabriel Costa

Déjà vu: Cerrado bate na trave e é derrotado pelo Pato Basquete

Vindo de derrota, o Cerrado Basquete enfrentou o Pato Basquete, do Paraná, para tentar alcançar sua segunda vitória no NBB. Mas a equipe candanga acabou derrotada mais uma vez, enquanto a paranaense engatou a sua segunda vitória, novamente batendo um time brasiliense.

O time venceu por (22-15/20-16/17-21/20-16) e seguiu na mesma posição, em 10º. Já o Cerrado caiu para a lanterna do NBB, com apenas 8,3% de aproveitamento na competição.

Primeiro quarto

Os times fizeram um começo de quarto bem equilibrado. O Pato foi o primeiro a abrir vantagem, cinco pontos, mas que foi superada pelo Cerrado, que virou para 15×13.

Porém, depois de conseguir ficar na frente por cerca de um minuto, o time brasiliense estacionou e o Pato emendou nove pontos. A equipe paranaense venceu por 22×15. Do lado do Cerrado, destaque para Coelho, que foi o cestinha da primeira parte do jogo com nove pontos, além de Fuller que deu três assistências e Douglas Nunes com três rebotes. No Pato, Augusto foi quem começou bem.

Segundo quarto

Nos três primeiros minutos, o Pato conseguiu ampliar o placar com mais sete pontos e ainda deu dois tocos no início, conseguindo abrir uma vantagem de 15 pontos. Logo depois, o Cerrado diminuiu para nove pontos.

Desatento, o Cerrado cometia o erro de perder algumas posses de bola, o que trazia ainda mais prejuízo na partida, que já estava com uma boa vantagem para o Pato. Foram quatro perdas de posse de bola. Além disso, nenhuma bola de três caiu naquele quarto, o que prejudicou as pretensões do time. 42 a 31 para a equipe paranaense.

Foto: Gabriel Costa

Terceiro quarto

Funches III e Matheusinho começaram muito bem para o Pato, mas Paulo, Fuller e Douglas Nunes não deixaram os visitantes ampliarem a vantagem, que acabou diminuída para apenas quatro pontos. Sérgio também entrou e acabou sendo bem participativo.

Com mais êxito na partida, o time brasiliense conseguiu se encontrar dentro de quadra. Mas faltando apenas oito segundos para o final do período, Augusto acertou uma bola de três, fechando em 59×52.

Último quarto

Após acerto de bola de três de Douglas Nunes, o Cerrado ficou apenas dois pontos atrás, mas Scheuer respondeu na mesma moeda. O aproveitamento baixo nos lances livres mais uma vez prejudicava a equipe.

A bola de três caiu novamente com Coelho, que fazia grande partida, mas Matheusinho deixou o time com oito pontos na frente faltando cerca de cinco minutos para o fim. Mais uma vez, o Cerrado fez um último quarto de muitos erros e deixou o time adversário ampliar a vantagem. Crescenzi ainda acertou de três, mas o time perdeu por uma vantagem de 11 pontos.

Fim de jogo

Com bom aproveitamento nas bolas de três, o Pato conseguiu vencer o Cerrado. Augusto foi o cestinha do jogo. Matheusinho, além de líder de assistências, também se destacou nos rebotes. Thorton, com 20 pontos, também foi essencial para o triunfo.

Já o Cerrado teve Coelho como o grande nome, além de Paulo e do norte-americano Fuller. O time brasiliense teve apenas 66% de eficiências nas ações, contra 89% do Pato.

João Paulo

Jornalista apaixonado em contar as histórias que o esporte proporciona. Boêmio e torcedor nas horas vagas.

João Paulo tem 87 posts e contando. Ver todos os posts de João Paulo

João Paulo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *