Foto: Reprodução/NBB

Brasília sente peso dos desfalques e perde mais uma no NBB

O Brasília tentou sua terceira vitória no campeonato jogando contra o Campo Mourão, do Paraná, para sair da parte de baixo da tabela do NBB e poder sonhar com o mata-mata. Mas sentiu o peso dos desfalques e acabou sofrendo nova derrota.

A equipe candanga estava sem seu treinador, Boca, que testou positivo para a covid-19 após o duelo contra o Pato. Além dele, Danilo Monteiro, Gabrielzinho e Felipe Esteves também cumprem a quarentena. Nezinho, Rafa e Gemerson estavam lesionados, e por isso, também foram desfalques. Portanto, apenas dois jogadores estavam à disposição no banco de reservas.

O Brasília, que no último jogo havia perdido para o Pato na prorrogação, ficou na frente durante quase todos os três quartos, mas sucumbiu e o Campo Mourão teve mérito na vitória por 94×78 (22-32/21-17/26-14/25-15).

Primeiro quarto

O Brasília começou avassalador e chegou a fazer 18×6, mas depois os adversários encostarem no placar, ficando apenas quatro pontos atrás. Os Lobos conseguiram manter um ótimo aproveitamento, acertando sete das oito tentativas de bola de três, e por isso, venceram o quarto por 32×22.

Jefferson foi o grande nome com três bolas de três pontos, além de assistências e rebote, Lester acertou duas e Marcelão dominou o garrafão com três rebotes.

Segundo quarto

O Campo Mourão conseguiu fazer um segundo quarto melhor do que o primeiro, ganhando mais rebotes e se aproveitando de alguns erros do Brasília.

Castellon e Figueroa fizeram um grande quarto e conseguiram diminuir a vantagem do Brasília, que foi amplamente dominado. Os visitantes tinham maior posse de bola, usando melhor os 24 segundos, mas apesar disso, a equipe da casa se manteve à frente do placar.

O Brasília podia gastar algumas faltas, mas só foi fazer sua segunda faltando apenas dez segundos de jogo, o que facilitou as ações ofensivas do time paranaense. Ao fim do tempo no cronômetro, o placar mostrava 49 a 43 para o Brasília.

Foto: Reprodução/NBB

Terceiro quarto

Castellon acertou mais uma bola de três, deixando seu time a apenas um ponto do Brasília. Lester apareceu no momento certo e fez sua quarta bola de três para aumentar a vantagem da equipe da casa para cinco pontos.

Yeager era o cestinha do Brasília na partida, e estava fazendo um jogo de muita qualidade. Do outro lado, porém, o Campo Mourão não aliviava, e Pierotti deixou o time apenas três pontos atrás.

Neste momento, a falta de um banco de reservas começou a pesar, e o Brasília sentiu os desfalques. Pajé deixou tudo igual em cesta de três, e o Campo Mourão teve quatro ataques para passar na frente e errou todos. Até que Pajé conseguiu segurar novamente a posse de bola para marcar seis pontos seguidos, enquanto os Lobos estavam estacionados no placar, arriscando nas bolas de três, mas sem grande sucesso.

Com isso, o Brasília fez apenas 14 pontos contra 26 do Campo Mourão, que foi para o último quarto vencendo por 69×63.

Último quarto

Mesmo com mais pulmão por ter mais reservas, o Campo Mourão cometeu erros técnicos bobos, e o Brasília chegou a ficar três pontos atrás, mas Castellon acertou sua quarta bola de três na partida e voltou a aumentar a vantagem.

Yeager acertou bola de três, mas Stefano deu o troco. Pezão fazia um grande trabalho defensivo e, após descuido de Arthur, roubou e abriu nove pontos com pouco mais de quatro minutos para o fim.

O segundo tempo do time paranaense foi superior e o último quarto foi totalmente dominado pelo Campo Mourão e comandado por Stefano, que fez grande partida e ajudou a equipe a vencer por 98×74.

Fim de jogo

Jogando no ginásio da Asceb, o Brasília liderou a partida até o fim do terceiro quarto, mas acabou perdendo para o cansaço. Arthur e Jefferson voltavam de lesão, e não estavam com um grande ritmo de jogo.

Apesar da derrota, Yeager foi o cestinha do jogo com 24 pontos. Do outro lado, o jogo coletivo do Campo Mourão fez a diferença. Figueroa, com 11 assistências, e Castellon, com 11 rebotes, foram destaques. Por conta do Brasília, Marcelão pegou 10 rebotes.

O próximo duelo do Brasília no NBB é contra o compatriota Cerrado Basquete, apenas no dia 6 de janeiro, quando o time deve ter a volta de todos os desfalques.

João Paulo

Jornalista apaixonado em contar as histórias que o esporte proporciona. Boêmio e torcedor nas horas vagas.

João Paulo tem 62 posts e contando. Ver todos os posts de João Paulo

João Paulo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *