Foto: Patricy Albuquerque

Minas aplica nova goleada no Ceilândia e está na final do Candangão Feminino

O Minas Brasília e o Ceilândia se enfrentaram na tarde desta quarta-feira pelo jogo de volta da semifinal. No Estádio do Bezerrão, o Minas defendeu uma vantagem larga de 5×0 construída no primeiro jogo. O clube goleou novamente por 9×1, com destaque para Hulk, que fez cinco gols e assumiu a artilharia da competição com 11 gols.

Primeiro tempo

Mesmo com a vantagem, o Minas começou superior na partida e logo cedo quase pulou na frente com a atacante Hulk, mas a goleira Valéria, destaque na última partida conseguiu bloquear o chute.

Aos 10 minutos, de novo Hulk apareceu com perigo na área e foi derrubada pela defensora Tatiane. A própria atacante foi para a bola e bateu no canto direito da goleira Valéria. Foi o segundo gol de Hulk na semifinal, já havia marcado no primeiro jogo mesmo saindo do banco.

Quatro minutos depois, Hulk foi acionada novamente, fez cruzamento que foi mal cortado pela defesa e Jéssica apareceu para empurrar para o fundo das redes e fez 2×0, 7×0 no agregado.

O primeiro chute do Ceilândia foi aos 18 minutos, após cobrança de falta da volante Erika. Thaynne também assustou após belo chute de fora aos 21’, mas a goleira Thaís fez a defesa.

Na metade do primeiro tempo, Hulk recebeu lindo passe de Steff, mas chutou raspando na trave. Logo depois serviu Jéssica, mas Aninha foi providencial no corte.

Aos 32’, o Ceilândia subiu sua marcação e conseguiu forçar o erro na saída de bola do Minas, mas acabou não concluindo em gol, porém o time tava com mais organização ofensiva.

Lia marcou de cabeça aos 37 minutos, mas o juiz anulou devido a um toque no braço da zagueira. Novamente o Ceilândia sofria no jogo aéreo e o Minas se aproveitava.

Destaque no primeiro jogo, Laine recebeu enfiada de bola de Katrine e tocou com primor no canto da goleira Valéria para fazer 3×0. O cenário que já estava difícil para o Gato Preto, parecia cada vez mais irreversível.

O Minas Brasília fez 4×0 mais uma vez com sua centroavante Hulk após cruzamento de Katrine, que deu sua segunda assistência.

Segundo tempo

Com alterações nos dois times, o Minas começou marcando após lindo passe de Steff para Isa que finalizou e no rebote da goleira Silvana, Hulk só empurrou. Foi o quarto gol da atacante na partida, com passe de Pelé, que entrou no intervalo.

Foto: Patricy Albuquerque

Mesmo com a larga vantagem, o Minas Brasília não aliviava, e sem desrespeitar o Ceilândia, jogava um futebol objetivo. A equipe resolveu dar mais rodagem para o elenco e fazer várias alterações, até para poupar algumas jogadoras pensando já na final.

A equipe seguia no controle e quase marcou com Ana Keyla, vice-artilheira do time no Candangão. Juliana também perdeu oportunidade após a bola sobrar para ela sozinha na segunda trave, mas no susto não conseguiu dominar e perdeu grande oportunidade.

O Ceilândia conseguiu fazer seu gol de honra na semifinal após a batida de falta de longe da volante Érika. A cobrança de falta de longe enganou a goleira Thaís, que achou que a bola sairia, mas acabou batendo no travessão e nas costas da goleira. 6×1 para o Minas.

Isa fez o sétimo gol do Minas após belo cruzamento de Steff. A meia cabeceou com primor para ampliar. Após o gol, Isa saiu para entrada da jovem Giulia, convocada recentemente para a Seleção Brasileira sub-17.

Novinha quase chegou a fazer o oitavo gol aos 40 minutos, mas a goleira Silvana fez mais uma boa intervenção. Ana Keyla foi a responsável por fazer 8×1 após bate e rebate da defesa, matou no peito e bateu com categoria, sem chances de defesa para Silvana.

Hulk estava inspirada, fez seu quinto gol e o nono do time após cruzamento de Jéssica, mais uma vez na bola parada. O Ceilândia já não tinha mais forças e o Minas se aproveitou.

O Minas Brasília avançou com muito mérito, vencendo por 9×1 o jogo de volta, 14×1 no placar agregado. A equipe agora aguarda a definição do duelo entre Real Brasília e Cresspom, que empataram o primeiro jogo em 2×2, e joga na próxima quarta (16).

A final está marcada para o dia 19, no Estádio do Bezerrão, às 14h30, no Bezerrão.

João Paulo

Jornalista apaixonado em contar as histórias que o esporte proporciona. Boêmio e torcedor nas horas vagas.

João Paulo tem 131 posts e contando. Ver todos os posts de João Paulo

João Paulo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *