Valeu a pena: após cinco meses de concentração, Planaltina chega à final

Assim como o Legião, o Planaltina também tem um trabalho longevo. A boa campanha no Campeonato Candango Sub-20 é resultado de um pontapé inicial dado em 2018, quando Ricardo Martins assumiu a presidência do clube. No entanto, o PEC se preparou de modo um tanto quanto diferente para a competição.

Quando a pandemia do novo coronavírus chegou ao Distrito Federal, ainda no início de março, a diretoria do Planaltina decidiu abrigar os atletas no centro de treinamento do clube. Passaram-se um, dois, três… cinco meses. Os jovens ficaram 150 dias longe das famílias, concentrados, em prol de dois objetivos: a vaga na Copa São Paulo e o título do Candanguinho 2020.

“Os trabalhos internos eram apenas físicos e táticos, o que se tornou entediante”, conta o diretor de Comunicação e Marketing, Eduardo Mayer, que acompanha a rotina do clube de perto. O objetivo era blindar os atletas e evitar o máximo possível a disseminação da covid-19 no elenco.

Após o período, a diretoria decidiu liberar os jovens para que eles pudessem rever as famílias antes do início do campeonato. “Ao se apresentarem novamente, o ânimo era outro, todos muito felizes e dispostos”, revela Mayer.

Além de se conhecerem há tempos, atletas viveram juntos boa parte do ano. Foto: PEC/Divulgação

Campanha

Dada a longa preparação e concentração, era hora de entrar em campo. O PEC somou três vitórias e duas derrotas, não tendo a melhor campanha da primeira fase. O time quase morreu na praia e contou com uma combinação de resultados para se classificar. Porém, no mata-mata, a história foi outra.

Na semifinal, o Planaltina bateu o favorito Gama na ida e na volta. O alviverde entrou invicto e saiu derrotado por 2×1 no primeiro jogo. “No segundo jogo, não tomamos conhecimento do adversário, mesmo sempre respeitando a tradicional camisa”, conta Mayer. O duelo terminou 3×1, fora de casa. O primeiro objetivo estava garantido: O PEC se classificou para a Copa São Paulo de 2021!

Planaltina venceu o Gama duas vezes, por 2×1 e 3×1. Foto: PEC/Divulgação

Fila de 27 anos

Agora, é hora da final. É a chance que o Planaltina tem de pôr fim ao jejum de 27 anos sem conquistar o Candanguinho. O diretor de comunicação comemora o fato de a nova gestão do clube chegar a uma decisão após três anos de trabalho. “Estamos cientes da qualidade do nosso adversário, mas sabemos que temos total condições de realizar esse feito”, afirma.

Por fim, Mayer agradece aos colaboradores e “todos que, de alguma forma, contribuiram para que pudéssemos chegar a esse momento.”

A final terá início às 10h30 deste sábado (28), no estádio Bezerrão. Quem leva? Planaltina ou Legião? Acompanhe ao vivo no facebook da Federação de Futebol (FFDF).

A comissão técnica do PEC é composta por:

Guido Beltrão, técnico

Carlos Bona, auxiliar técnico

Adriano Mendes, preparador físico

Ricardo J. Martins, preparador de goleiros

Batatinha, massagista

Alex Mariano, roupeiro

Willian Matos

Jornalista com experiência em redação, assessoria de imprensa, rádio e portais da web. Toca cavaco quando dá tempo. Tem a certeza que Rogério Ceni é melhor que Marcos. É editor-chefe do DF Sports+ desde maio de 2019

Willian Matos tem 225 posts e contando. Ver todos os posts de Willian Matos

Willian Matos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *