Série D: Brasiliense sofre empate nos minutos finais

O Brasiliense recebeu o Bahia de Feira na tarde desse sábado (14), no Serejão, tentando recuperar a liderança do grupo – tomada pelo Gama, que venceu na última sexta-feira (13). A equipe do Distrito Federal mais uma vez foi melhor em campo, mas pecou nos minutos finais da partida.

Primeiro tempo

O Brasiliense começou tocando melhor a bola, mas quem assustou primeiro foi o time visitante. Aos 5’, Alex Cazumba cobrou uma falta na entrada da grande área com muita precisão, mas Fernando Henrique fez uma belíssima defesa, jogando a bola para escanteio. O Bahia de feira começou tomando as rédeas do jogo, e estava melhor postado em campo.

O Brasiliense foi assustar só aos 19’, no chute de fora da área de Luquinhas, mas sem grande perigo. Já aos 25’, Maicon Assis chutou de fora da área, obrigando o goleiro Marcos a fazer uma grande defesa, espalmando para escanteio.

O técnico Edson Souza e os jogadores reservas do Jacaré reclamaram muito da arbitragem, alegando que o juiz estava marcando muitas faltas para o Bahia de Feira. O árbitro acabou expulsando Preto Costa, que nem estava no jogo, e houve um princípio de confusão, mas logo foi controlado pelo juiz.

Aos 42’, Jefferson Maranhão acertou um petardo de fora da área, mas o goleiro Marcos fez uma grande defesa.

Segundo tempo

O Brasiliense começou o segundo tempo com tudo! Logo aos 4’, um escanteio para o time da casa, Peu colocou a bola na área, Badhuga estava esperto e só empurrou para o gol, abrindo o placar no Serejão e recolocando o Brasiliense na ponta do seu grupo.

A equipe mandante então passou a controlar bem o jogo.

Aos 25’, Romarinho fez boa jogada pela esquerda do ataque e a bola sobrou para Marcos, que chutou de longe, por cima do gol. Só dava jacaré!

O estreante Rodrigo Fumaça também arriscou de longe e a bola passou perto do ângulo do goleiro, quase o segundo do Brasiliense. O Bahia de Feira sentiu o gol, e passou a ter dificuldade em produzir jogadas que levassem perigo ao gol do adversário.

Aos 42’, Marcone Pelé recebeu sozinho na frente de Fernando Henrique, mas o goleirão do Brasiliense mais uma vez fez uma bela defesa, salvando o Brasiliense de tomar o empate.

Mas em seguida, aos 44’, o Bahia de Feira empatou. Deon recebeu na área e tirou de Fernando Henrique, deixando tudo igual na Boca do Jacaré.

O jogo terminou assim. Com o empate, a equipe do DF acaba a rodada na segunda colocação do grupo – 27 pontos contra 29 do Gama.

No próximo sábado (21), o Brasiliense recebe o arquirrival Gama, em um grande clássico valendo a liderança do grupo A6 da competição nacional.

Ficha técnica:

Brasiliense x Bahia de Feira, Campeonato Brasileiro da Série D – Rodada 12 de 14

Estádio Boca do Jacaré, Taguatinga-DF, 15h

Árbitro: Wesley do Couto Leão-PA
A1: Lucas Torquato Guerra-DF
A2: Renato Gomes Tolentino-DF
4º árbitro: Luiz Paulo da Silva Aniceto-DF

Brasiliense
Fernando Henrique; Diogo, Badhuga, Breno Calixto, Peu; Bruno Lima, Balotelli, Zotti (Romarinho); Maicon Assis; Luquinhas (Mariano) (Aldo) e Jefferson Maranhão (Fumaça)
Técnico: Edson Souza

Gols: Badhuga (4’ segundo tempo)
Cartões amarelo: Fernando Henrique, Badhuga
Cartões vermelho: Preto Costa

Bahia de Feira
Marcão; Ceará, Paulo Paraíba, Emílio (Jaildo), Jonathan; Capone (Michael), Jarbas, Marcone Pelé, Breno; Kel Baiano e Deon
Técnico: Arnaldo Lira

Gols: Deon
Cartões amarelo: não houve Cartões vermelho: não houve

Gabriel Albuquerque

Nortista de alma, candango de coração. Estudante de Jornalismo, botafoguense e apaixonado por esporte — em especial, pelo futebol nosso de cada dia.

Gabriel Albuquerque tem 46 posts e contando. Ver todos os posts de Gabriel Albuquerque

Gabriel Albuquerque

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *