Foto: Daniela Veiga / Agência Galo

Em terras mineiras, Real Brasília conquista novo empate

Com dois pontos somados em seis disponíveis, o Real Brasília viajou até Minas Gerais no domingo (1), em busca da primeira vitória no Campeonato Brasileiro Feminino A2 contra a equipe do Atlético-MG, em duelo válido pela terceira rodada da competição.

Primeira etapa

Antes da bola rolar, devido aos resultados da rodada, as atleticanas ocupavam o último lugar da chave. Dessa forma, ao soar do apito inicial, o Galo tratou de buscar o campo ofensivo e pressionar pelo gol inaugural.

Com oito minutos, o Real Brasília conseguiu a primeira descida ao campo de ataque. Marcela recebeu no meio, cortou a marcação adversária e abriu para Pitty, a camisa nove dominou e finalizou ao lado direito das traves da goleira Amanda.

Dois minutos depois, aos 11′, Lorranny foi ao fundo e cruzou para Dani cabecear para fora. Aos 20′, a defensora Gil, perto da zona central, arriscou em cobrança de falta direta, obrigando Flávia a intervir providencialmente.

Doze minutos mais tarde, aos 32′, em nova cobrança de falta, Sassá respondeu. Entretanto, a goleira Amanda praticou a defesa.

Com 33 minutos, o Atlético-MG chegou ao clímax da partida. Ilana fez grande jogada pelo lado esquerdo e buscou as companheiras na área. A defesa das Leoas do Planalto não conseguiu cortar o perigo, que se ofereceu para os pés de Gabizinha bater, sem chances para goleira Flávia – 1×0.

Segundo tempo

Para correr atrás do prejuízo, o técnico Evilásio Almeida promoveu duas alterações no retorno dos vestiários – Camila Pini e Rhaizza ganharam vaga no time.

As mudanças alteraram de forma positiva o ânimo das Leoas do Planalto. O time passou a ter maior posse de bola e controle das ações ofensivas, porém, pecava no momento de finalizar as jogadas.

Com 42 minutos cronometrados no pulso da árbitra Andreza Helena Siqueira, veio o prêmio pela maior presença ofensiva na segunda etapa.

A lateral esquerda Lana, em cobrança de falta no lado esquerdo do campo, alçou a bola para o interior da grande área, e encontrou Luciana para estufar o fundo do barbante e empatar a partida.

Na quarta colocação, o Real Brasília chega ao terceiro empate na competição. Na próxima rodada, no domingo (8), a equipe visita o Goiás, às 16h, em Goiânia.

FICHA TÉCNICA

Campeonato Brasileiro Feminino Série A2 2020 – primeira fase, 3ª rodada
SESC Alterosas – Belo Horizonte – MG – 01/11/2020, 20h30

Árbitro: Andreza Helena Siqueira
Assistentes 1 e 2: Luiz Antonio e Glaucia Faria
Quarto árbitro: Francielly Fernanda Lima
Analista: Angelo Antonio Ferrari

Atlético – MG

Amanda; Lorranny (Isabela), Gil, Karol e Pará (Leila); Bruna, Nathalia (Brenda), Pissaia (Manu), Jó (Lorena), Gabizinha e Dani (Milena)
Técnico: Hoffmann Túlio

Gols: Gabizinha (33′ – 1T)
Cartões amarelos: Jó, Pará, Pissaia, Bruna, Leila e Hoffmann (técnico)
Cartões vermelhos: não houve

Real Brasília

Flávia; Eliane (Camila Pini), Jaqueline, Isabela e Lana; Rafa Soares (Bárbara), Luciana, Sassá, Maiara (Amanda); Pitty (Rhaizza) e Marcela
Técnico: Evilásio Almeida

Gols: Luciana (42′ 2T)
Cartões amarelos: Lana, Rhaizza, Taís, Evilásio (técnico), Pedro Hugo (preparador físico) e Osmair (treinador de goleiras)
Cartões vermelhos: Pedro Hugo (preparador físico)

Marcus Rodrigues

Estudante de jornalismo da Universidade Paulista (Unip). Repórter do portal Metrópoles. Comentarista esportivo. Integra a equipe do DF Sports+ desde julho de 2019

Marcus Rodrigues tem 157 posts e contando. Ver todos os posts de Marcus Rodrigues

Marcus Rodrigues

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *