Secretários mostram “solução” para laudos, separam estádio para o futebol feminino e projetam retorno em agosto

Por meio de uma transmissão ao vivo na rede social Instagram, o Secretário Executivo de Futebol, Paulo Victor, e a Secretária de Esporte e Lazer, Celina Leão, encontraram-se na noite desta terça-feira (30). Em um bate-papo de pouco mais de 30 minutos, a live foi pautada acerca de planos para o futebol candango.

A partir disso, os secretários falaram sobre diversos subtemas. Paulo Victor deu uma declaração otimista: “Vamos dar outra cara ao esporte do DF”, disse o secretário.

Força-tarefa

O primeiro tema foi a força-tarefa composta por Secretaria de Esporte e Lazer, Corpo de Bombeiros (CBMDF), Polícia Militar (PMDF) e Diretoria de Vigilância Sanitária, da Secretaria de Saúde. A equipe já vistoriou os estádios Abadião e Bezerrão e, até o momento, apenas a casa gamense recebeu sinal positivo para jogos.

Serejão e Augustinho Lima receberão força-tarefa no decorrer da semana. “A ideia é que, a partir de agora, os laudos sejam anuais, com os estádios recebendo vistorias após o jogo para repor logo que venha a ser danificado”, revela Paulo Victor.

O intuito é colocar um ponto final nas vistorias periódicas, que hora ou outra colocam as praças esportivas em situação incapaz de sediar as partidas.

Retorno em agosto

A respeito da continuidade do Campeonato Candango, a secretária Celina Leão acredita que o futebol retorne em agosto, sem público, tendo em vista que os treinos já foram retomados. “Toda retomada está sendo bem monitorada e tem um protocolo a ser cumprido”, destaca Celina.

Caso a projeção da secretária se confirme, já será uma nova data em relação ao projetado pela Federação de Futebol (FFDF) em junho. À época, a entidade, junto aos clubes, mirou o dia 18 de julho para retorno.

Sobre a possibilidade de algum empecilho na continuidade do Candangão para as equipes goianas Formosa e Luziânia, devido às medidas preventivas do Estado de Goiás, Paulo Victor rebate esta ideia, pois os times disputam o campeonato aqui no DF.

Ainda sobre o futebol goiano, a Secretaria de Esporte conta que foi procurada por equipes de Goiás afim de disputarem rodadas do Campeonato Goiano em solo candango.

Futebol feminino no Rorizão

Para o futebol feminino, o secretário executivo almeja usar o estádio Rorizão, em Samambaia, para sediar partidas da modalidade. Um encontro com representantes do futebol feminino já foi estabelecido. “Estou olhando o futebol feminino com muito carinho”, comenta Paulo.

Ainda sobre o futebol feminino, Celina revelou uma novidade: a final do Campeonato Brasileiro de Futsal feminino será no Distrito Federal. O torneio está sem data para ser realizado devido à pandemia do novo coronavírus.

Futebol amador

Para a modalidade amadora no DF, Paulo conta que, em parceria com a Universidade de Brasília (UnB), será instaurado um curso de arbitragem amador para a categoria. O mesmo vale para treinadores amadores da cidade.

Por fim, os secretários reforçaram que a reunião com o BRB foi bastante proveitosa. Projetos para as divisões de base também serão estabelecidos. “A escolinha na Cidade Estrutural, com mais de 70 garotos, receberá uma visita”, disse Paulo Victor.

“Eu vou para a rua, vou buscar saber o que está acontecendo.”

Paulo Victor, secretário executivo de Futebol do DF

Marcus Rodrigues

Estudante de jornalismo da Universidade Paulista (Unip). Repórter do portal Metrópoles. Comentarista esportivo. Integra a equipe do DF Sports+ desde julho de 2019

Marcus Rodrigues tem 141 posts e contando. Ver todos os posts de Marcus Rodrigues

Marcus Rodrigues

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *