Imagem: André Gomes/DF Sports+

Ceilândia x Formosa: Gato Preto quer se afastar de vez do Z2

O Ceilândia recebe o Formosa no fechamento da nona rodada do Candangão. O duelo foi marcado para a próxima terça-feira (10), às 15h30, no Abadião. Com os demais resultados da rodada, o Tsunami, que ocupa a quarta colocação com 16 pontos, entra em campo já classificado para as quartas de final. Já o Gato Preto está com o sinal alerta aceso. Nono colocado com 8 pontos, o time alvinegro precisa no mínimo empatar para espantar de vez o fantasma da Segundinha.

Ceilândia

Os comandados de Gauchinho vêm de uma excelente vitória por 3×1 contra o Sobradinho fora de casa. O triunfo não só deixou a equipe mais distante da zona de rebaixamento, como ainda manteve vivas as chances de classificação para o mata-mata. Em caso de resultado positivo para cima do Formosa, o Gato Preto entra no G8.

Sem desfalques por lesões ou suspensões, o time que bateu o Leão da Serra na última rodada deve ser repetido.

Formosa

O Tsunami vai para o confronto em clima de comemoração por garantir a vaga nas quartas sem precisar entrar em campo. Ainda assim, o “oba-oba” ficará somente no vestiário. Em campo, a equipe estará com a concentração a mil, pois pode assumir a terceira colocação na tabela caso vença o duelo.

Mas a classificação antecipada não é a única boa notícia para o Tsunami. O treinador Heli Carlos terá de volta duas peças importantes. O lateral Andrezinho e o atacante João de Deus voltam ao time titular, depois de cumprirem suspensão na última rodada, quando o Formosa venceu o Paranoá por 4×2.

CEILÂNDIA  X FORMOSA

Campeonato Candango 2020 – 9ª rodada
Estádio Abadião, Ceilândia-DF – 10/03/2020, 15h30

Árbitro: Marcelo Rudá
Assistentes 1 e 2: Lucas Guerra e Lucas Modesto
Quarto árbitro: Pedro Copatt
Inspetor: Jamir Garcez

Ceilândia

Henrique; Braian, Jonathan, Felipe Piá e Murilo; Halyver, Evandro, Daniel Vargas e Carlos Eduardo; Paulinho e Vini
Técnico: Gauchinho

Formosa

Alison; Andrezinho, Elton, Sergio Baiano e Rafinha; Caio Carioca, Robson Simplício, Everton Cezar e Jean Carlo; Wesley Brasília e João de Deus
Técnico: Heli Carlos

André Gomes

Um apaixonado por esportes (com um carinho especial por futebol, basquete, surf e skate). Defende a ideia de que, por questões éticas, todo jornalista deve revelar o time que torce.

André Gomes tem 87 posts e contando. Ver todos os posts de André Gomes

André Gomes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *