Foto: André Gomes/DF Sports+

No clássico da rodada, Ceilândia e Ceilandense ficam no 0x0

Pela sétima rodada do Candangão, o Estádio Abadião recebeu na manhã deste sábado (29) o clássico regional de Ceilândia. Na parte de baixo da tabela, Ceilândia e Ceilandense protagonizaram um empate em 0x0.

Com o resultado, o Gato Preto continua na décima colocação com cinco pontos, e não corre riscos de entrar na zona de rebaixamento nesta rodada. Com o primeiro ponto marcado na competição, o Ceilandense pode deixar a lanterna ainda hoje, caso o Paranoá sofra uma goleada para o Gama no duelo de logo mais, às 15h30.

Primeiro tempo

Mesmo sem gols, o público no Abadião presenciou um primeiro tempo franco e bem movimentado. A primeira equipe a chegar ao ataque foi o Ceilandense. Aos seis minutos, Anderson desceu pela direita e cruzou para Vitor, que bateu no meio do gol.

A resposta do Gato Preto veio logo em seguida. Carlo Eduardo aproveitou a saída errada da defesa e chutou firme, mas Jonathan, bem posicionado, praticou a defesa. Aos 17′, André Júnior cruzou na medida para Vitor, que cabeceou para fora e por pouco não abriu o placar para o Dragão.

O Ceilândia voltou a assustar aos 17′. Vini arriscou de longe e Jonathan rebateu. Três minutos depois, Welton quase marcou um golaço para o Ceilandense. O atacante tentou cobrir o goleiro, mas a bola subiu demais.

Aos 24′, o time da casa construiu a melhor jogada de todo o primeiro tempo: tabelinha de pé em pé até a bola chegar em Evandro, que obrigou Jonathan a fazer uma bela defesa.

Aos 27′, a equipe rubro-negra recebeu uma falta na entrada da área. O zagueiro Anderson Nascimento foi para a cobrança e acertou a trave. Aos 32′, Jonathan apareceu novamente para evitar o gol do Gato Preto. Paulinho bateu no ângulo, e o goleiro do Ceilandense fez outra boa defesa.

Queda de intensidade

Ao contrário do primeiro tempo, a etapa complementar foi ditada por um baixo nível técnico. Aos dois minutos, Vitor recebeu dentro da área e bateu rasteiro para a defesa de Henrique. Depois disso o jogo ficou morno, e o Ceilândia só consegui ameaçar aos 21′. Carlos Eduardo foi lançado pela direita e bateu cruzado, mas Jonathan estava ligado para fazer a defesa.

Três minutos depois, Welton serviu André Júnior na entrada da área, que chutou com perigo no canto direito do gol. O Gato Preto respondeu aos 32′, novamente uma uma triangulação envolvente, mas Daniel, que bateu por cima.

Aos 40′, André Júnior ajeitou de cabeça para Daniel, que, de frente para o gol, chutou para fora, desperdiçando a melhor chance do alvinegro na partida. Final de jogo: 0x0.

Ambas a equipes voltam à campo na próxima quinta-feira (5). O Ceilândia vai até o Augustinho Lima enfrentar o Sobradinho. Já o Ceilandense pega o Taguatinga, no Serejão.

FICHA TÉCNICA
CEILÂNDIA  0 X 0 CEILANDENSE

Campeonato Candango 2020 – 7ª rodada
Estádio Abadião, Ceilândia-DF – 29/02/2020, 11h

Árbitro: Rafael Martins Diniz
Assistentes 1 e 2: Milton Alves e Wilson Júnior
Quarto árbitro: Matheus de Moraes Silva
Inspetor: Raimundo Lopo

Público: 55 pagantes
Renda: R$ 1100

Ceilândia

Henrique; Braian, Jonatan, João Afonso e Murilo; Halyver (Juan), Evandro, Daniel, Carlos Eduardo (Edinho); Paulinho (Gabriel) e Vini
Técnico: Gauchinho

Gols: não houve
Cartões amarelos: Gauchinho
Cartões vermelhos: não houve

Ceilandense

Johnathan; Fernando Elias, Índio, Anderson Nascimento e Michael Douglas; Marcos Nery, André Júnior (Saulo) e Henrique; Welton (Lorran), Vitor (Bueno) e Anderson
Técnico: Edson de Souza (Mazolinha)

Gols: não houve
Cartões amarelos: Michael Douglas e Fernando Elias
Cartões vermelhos: não houve

André Gomes

Um apaixonado por esportes (com um carinho especial por futebol, basquete, surf e skate). Defende a ideia de que, por questões éticas, todo jornalista deve revelar o time que torce.

André Gomes tem 87 posts e contando. Ver todos os posts de André Gomes

André Gomes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *