Foto: Gabriel Nunes

Gol solitário de Kelvin dá a vitória para o Luziânia

Fechando a primeira rodada do Candangão 2020, o Luziânia recebeu o Paranoá no estádio Serra do Lago na sua estreia da competição. Jogando diante de sua torcida, o alviazulino passou por dificuldades no início da partida, mas aproveitou as poucas oportunidades de venceu pelo placar de 1×0. O atacante Kelvin foi o responsável pelo gol da vitória do time da casa.

O Jogo

Havia uma certa expectativa sobre o que poderia ser visto em campo no estádio Serra do Lago. De um lado, o Luziânia que se apresentou há apenas dez dias e ainda está em montagem do elenco ideal para a competição. Do outro estava o Paranoá, campeão da Segunda Divisão de 2019 mas que, por falta de recursos, perdeu boa parte dos seus atletas para outras equipes.

As equipes passaram cerca de dez minutos se estudando. O jogo era disputado mas com ligeiro domínio do Luziânia. Mas quem se aproximou mais do primeiro gol foi o Paranoá. Aos onze minutos, Helinho recebeu passe na intermediária, foi carregando a bola, passou pela marcação e cara a cara com Douglas Bispo acabou chutando em cima do goleiro.

Quatro minutos depois foi a vez do meia Dogão cobrar falta no ângulo direito, mas Douglas Bispo fez a ponte e espalmou para a linha de fundo. Aos 23′ Helinho de novo tabelou com Guilherme e chutou rasteiro. Novamente Douglas Bispo praticou a defesa, desta vez em dois tempos.

A primeira oportunidade do Luziânia viria somente aos 30 minutos. O volante Juninho aproveitou rebote da defesa do Paranoá e chutou da entrada da área. Michel fez a defesa. Mas quatro minutos depois o Luziânia chegou ao seu gol. Bola enfiada entre os zagueiros e Kelvin bem colocado dominou e mandou uma bomba indefensável.

O Luziânia poderia ter ampliado aos 44′ quando Kelvin recebeu pela esquerda e cruzou rasteiro. A bola passou por todo mundo e saiu pela linha de fundo.

No segundo tempo o Luziânia veio ainda mais motivado e quase amplia no primeiro minuto de jogo. Anjinho recebeu pela esquerda e cruzou bola perigosa que obrigou Michel a espalmar por cima da trave. Aos nove foi a vez do Paranoá sentir o gostinho do empate, quando Junior Carvalho roubou bola no ataque e da meia lua sem marcação chutou para fora.

No minuto seguinte Kelvin de novo quase marca do segundo gol dele no jogo. Ele fez grande jogada individual, passou por dois marcadores e mandou uma bomba que explodiu na trave. A resposta do Paranoá veio somente aos 20′ quando Vitinho cruzou bola pela direita e Dogão desviou na rede pelo lado de fora.

Aos 30′ o Paranoá reclamou muito com a arbitragem por um pênalti não marcado. Após cruzamento pela esquerda, a bola teria tocado no braço do zagueiro Bruno Brito, mas o juiz Maguielson Lima nada marcou. O técnico do Paranoá Vandinho Silva reclamou bastante e acabou levando cartão amarelo.

No apagar das luzes o Luziânia teve a grande oportunidade de marcar o segundo gol. Alanzinho deu um passe na medida para Marreta que sozinho, cara a cara com Michel mandou uma bomba por cima do gol. E ficou nisso. Com o resultado o Luziânia divide a quinta colocação com o Capital com 3 pontos, enquanto o Paranoá permanece na oitava colocação sem pontuar.

Veja abaixo as entrevistas do autor do gol do Luziânia, Kelvin. Em seguida, o desabafo do volante Reis do Paranoá em virtude do pênalti não marcado pela arbitragem:

FICHA TÉCNICA

LUZIÂNIA 1X0 PARANOÁ
Campeonato Candango 2020 – 1ª rodada
Estádio Serra do Lago, Luziânia-GO – 26/01/2020, 15H30

Árbitro: Maguielson Lima
Assistentes 1 e 2:  Lucas Guerra e David Souza
Quarto árbitro: Adriano Neri
Inspetor: Geufran Almeida

Público: 353
Renda: R$ 3.080,00

LUZIÂNIA

Douglas Bispo; João Pedro, Bruno Brito, Caio e Weverton Catatau; Juninho, Rodrigo Menezes, Alanzinho e Anjinho (Vitinho); Kelvin (Ferrugem) e Klysman (Marreta)

Técnico: Sebastião Rocha

Gols: Kelvin
Cartões amarelos: Weverton

PARANOÁ

Michel; Vitinho (Gardiel), Fábio Guedes, Alan e Giovane; Gabriel Neves, Helinho, Reis e Dogão; Danilo (Júnior Cesar) e Guilherme (Vinícius Rochinha)

Técnico: Vandinho Silva

Gols: não houve

Cartões Amarelos: Gabriel Neves, Danilo e Vandinho Silva

Marcelo Gonçalo

Formado em Sistemas de Informação, optou pela carreira de Jornalismo a partir de 2008. Jornalista, comentarista e narrador esportivo, foi o principal repórter do site BloGama até 2018.

Marcelo Gonçalo tem 3027 posts e contando. Ver todos os posts de Marcelo Gonçalo

Avatar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *