Com dois gols de Marcos Aurélio, Brasiliense vence na estreia do Candangão

A primeira rodada do Candangão 2020 agitou os gramados do DF na tarde deste sábado (25). Brasiliense e Sobradinho fizeram um confronto sem torcida no estádio Serejão. Mesmo sem poder contar com o apoio nas arquibancadas, o Brasiliense fez o dever de casa e saiu com a vitória pelo placar de 2×0.

A tarde de estreias não poderia ter sido melhor para o Jacaré. O Meia Marcos Aurélio, debutante no futebol de Brasília, comandou a equipe e marcou os dois gols – o último, um golaço de voleio – que garantiram os primeiros três pontos da equipe amarela na competição.

O jogo

O confronto começou quente. Os donos da casa pressionavam e empurravam o Sobradinho para o campo de defesa. Não demorou muito para a rede balançar. Aos cinco minutos, Sandy carregou a bola pelo lado direito e cruzou rasteiro para encontrar Marcos Aurélio, que livre de qualquer marcação na pequena área, só deu um tapinha no canto para abrir o placar.

Aos 13′, Marcos Aurélio tentou por duas vezes aumentar a vantagem. O camisa 10 do Jacaré cobrou uma falta pelo lado esquerdo e a bola explodiu na barreira. O rebote voltou nos pés do meia, que chutou por cima do gol.

O Leão da Serra não conseguia criar. As jogadas de ataque eram concentradas em bolas espetadas pelo lado esquerdo, tentando aproveitar a velocidade de João Vitor, que se via isolado na maioria das vezes no campo de ataque.

Com 20 minutos de bola rolando, Romarinho foi derrubado dentro da área e a penalidade foi marcada. Neto Baiano foi para a cobrança e parou no goleiro Uoston.

O Jacaré dominava completamente o jogo. Aos 30′, Peninha arriscou de fora e Uoston se esticou para jogar a bola à escanteio. Um minuto depois, o Sobradinho conseguiu finalizar pela primeira vez. Danilo também chutou de longe, mas o chute passou a muitos metros da meta defendida por Edmar Sucuri.

Uoston foi a grande o nome da equipe alvinegra na primeira etapa. Aos 38′, Peninha mais uma vez chutou de fora da área e viu o goleiro fazer outra bela defesa.

Com um golaço, Brasiliense mata o jogo

Com menos intensidade de jogo, a segunda etapa só foi ter emoção aos 17 minutos. Uma boa trama do ataque do Jacaré encontrou Sandy se infiltrando na área. O volante tentou tocar para o gol, mas Uoston chegou abafando e ficou com a bola.

Aos 23′, João Vitor foi lançado em velocidade, ganhou da marcação e não pegou e cheio na hora do chute. A bola pegou efeito e bateu na rede de Sucuri, pelo lado de fora.

Dois minutos depois, Alex Murici cruzou para a área. Lorran desviou de cabeça e Marcos Aurélio emendou um lindo voleio para aumentar a vantagem do Jacaré. 2×0 no placar.

Aos 32′, Marcos Aurélio achou Peninha livre de marcação dentro da área. O camisa 7 do Brasiliense chutou e mais uma vez Uoston evitou o que poderia ter sido terceiro gol dos donos da casa.

Peninha ainda teve a chance de jogar a última pá de terra no confronto, aos 43′. O meia recebeu cara a cara com Uoston, mas acabou mandando por cima do gol. E assim terminou o confronto: Brasiliense 2×0 Sobradinho.

Ao final da partida, os destaques do duelo, Marcos Aurélio e Uoston, falaram à reportagem do DF Sports+. Ouça:

Na próxima rodada, o compromisso do Brasiliense será novamente no Serejão, diante do Taguatinga, no próximo domingo (2), às 11h. Já o Sobradinho terá o Gama como adversário, no Augustinho Lima, também no próximo domingo, às 11h.

BRASILIENSE 2 X 0 SOBRADINHO

Campeonato Candango 2020 – 1ª Rodada

Estádio Serejão, Taguatinga-DF. 25/01/2020, 15h30

Árbitro: Rodrigo Raposo

Assistentes 1 e 2: Lehi Sousa

e José Ricardo Alves de Melo

Quarto árbitro: Pedro Alves de Oliveira

Inspetor: Jamir Carlos Garcez

BRASILIENSE

Edmar Sucuri; Alex Murici, Rafael Donato, Badhiuga e Charles; Aldo, Sandy (Esquerdinha) e Marco Aurélio e Peninha; Romarinho (Lorran) e Neto Baiano (Manoel)

Técnico: Mauro Fernades

Gols: Marcos Aurélio (5′ – 1°T) e (25′ – 2°T)

Cartões amarelos: Sandy

Cartões vermelhos: não houve

SOBRADINHO

Uoston; Bruno (Gelder) Felipe Marcelino, Luiz Felipe e Dimas; Gabriel Vitor, Douglas e Matheus Alves; João Victor, Gustavo (Teles) e Danilo (Bruno)

Técnico: Luis dos Reis

Gols: não houve

Cartões amarelos: não houve

Cartões vermelhos: não houve

André Gomes

Um apaixonado por esportes (com um carinho especial por futebol, basquete, surf e skate). Defende a ideia de que, por questões éticas, todo jornalista deve revelar o time que torce.

André Gomes tem 87 posts e contando. Ver todos os posts de André Gomes

André Gomes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *