Grasiela Gonzaga / Flag Football Brasil

Brasília Selvagens representa o Distrito Federal em torneio de Flag Football

O centro de treinamento Touchdown, em São Paulo, recebeu no último final de semana 26 equipes de Flag Football, modalidade parecida com o futebol americano, porém sem contato físico. Ao todo foram 69 jogos. Os times foram divididos por região, e a equipe do Brasília Selvagens representou bem o Distrito Federal, conseguindo a segunda colocação.

Primeira fase

Na primeira fase, todos jogaram contra todos dentro do grupo, com os dois melhores se classificando. As selvagens enfrentaram o Redladies (vitórias por 62 a 8 e 47 a 0) e o Cobrares (derrotas por 48 a 7 e 33 a 19), se classificando em segundo lugar para a próxima fase.

Playoffs

Os dois jogos dos playoffs foram intensamente disputados, com as Selvagens novamente levando a melhor. A equipe venceu, já no fim da partida, o Palmeiras Locomotives por 14 a 12, e fechou contra o Valkyrias por 33 a 32. Com a vitória, a equipe se classificou para a última fase.

Fase final

No primeiro jogo, nas quartas de final, a equipe enfrentou o Spartans e dominou a partida, vencendo por 24 a 14. Na semifinal, a equipe bateu as paulistas do Piracicaba por 19 a 14, conquistando a vaga na superfinal. Na decisão, o reencontro com o Cobrarés do Mato Grosso do Sul. A equipe sul mato-grossense conseguiu dominar o jogo e foi campeã, vencendo por 36 a 7.

Seleção do campeonato

A atleta Camila Batista foi a representante do Distrito Federal na lista das melhores do campeonato. Safety do time do Selvagens, ela comentou sobre a participação da equipe no campeonato. “Pra mim foi simplesmente sensacional, não só pelo fato da gente ter conquistado o segundo lugar na competição, mas também porque o novo formato de disputa possibilitou dobrar o número de equipes participantes, antes eram seis e esse ano chegamos a doze”, disse.

É muito gratificante ver o crescimento do esporte e a evolução das atletas que jogam Flag Football em todo o país. Cada jogo foi um espetáculo. Nossa campanha foi emocionante, ganhamos dois jogos de virada e chegamos a final com outra equipe do Centro-Oeste, o que mostra o quão forte o esporte está na região.”

Camila Batista, safety do Brasília Selvagens

A jogadora também falou sobre a felicidade em estar entre as melhores da competição. “Ser escolhida para a seleção do campeonato me encheu de felicidade, ainda mais porque ali do meu lado estavam atletas que eu gosto muito no esporte. Agora é continuar treinando pesado para participar dos camps da Seleção Brasileira e seguir mostrando o meu valor e potencial”, finaliza.

Rômulo Maia

Jornalista e goleiro de futebol. Apaixonado por todos os tipos de esportes e pelo Jornalismo. Defende que as mulheres tenham as mesmas oportunidades que os homens, e que os mais carentes tenham incentivo à prática do desporto. "O esporte é a ferramenta de inserção social mais eficaz, pois o resultado é imediato e as transformações são surpreendentes."

Rômulo Maia tem 385 posts e contando. Ver todos os posts de Rômulo Maia

Rômulo Maia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *