Minas Icesp vence Ceilândia e segue invicto no Candangão Feminino

Minas Icesp e Ceilândia entraram em campo neste domingo (27), pela quinta rodada do candangão Feminino, e fizeram uma partida digna da qualidade das duas equipes. Apesar do jogo truncado na primeira etapa, com poucas chances para as duas equipes, o Minas fez valer a experiência e conseguiu dois gols na segunda etapa, concretizando a vitória e a vice-liderança. Já o Gato Preto, com a derrota, caiu para o terceiro lugar e teve a zaga vencida pela primeira vez no campeonato.

O jogo começou com muita marcação e faltas das duas equipes. O primeiro chute saiu apenas aos 10 minutos, quando a meia Bruna, do Ceilândia, recebeu no meio e arriscou, sem perigo pra goleira adversária. Aos 20 minutos, o Ceilândia chegou novamente com a volante Thamires, que pegou a sobra e emendou por cima do gol.

A primeira chegada do Minas Icesp só veio aos 23 minutos, mas levou perigo ao gol do Ceilândia. A meia Bárbara deu um lindo drible e finalizou, mas a bola foi no meio e ficou fácil para a goleira Karen. Aos 30′, a equipe chegou novamente com Suzana, que recebeu livre na pequena área, mas parou na Goleira Karen, que fez excelente defesa e evitou a abertura do placar.

O Ceilândia voltou a assustar aos 35 minutos, de novo com Thamires, que novamente finalizou pra fora. O placar quase foi aberto no fim da primeira etapa pelo Minas Icesp, que novamente com Suzana, acabou acertando a trave.

A segunda etapa começou com o Ceilândia melhor. Nos cinco primeiros minutos, foram três chances seguidos de perigo. Na primeira, a meia Bruna driblou pro meio e chutou com curva. A bola acabou raspando a trave, mas foi para fora. Aos quatro minutos, Bruna voltou a dar trabalho quando driblou duas adversárias e acertou um chutaço defendido pela goleira Raissa. Na cobrança, a volante Melissa cabeceou para fora.

Após esse lance, o Minas acordou e, aos 11 minutos, conseguiu abrir o placar. Após jogada na lateral da área, a bola sobrou para a atacante Marcela Hulk, que finalizou bem, numa bola que ainda tocou o travessão antes de entrar.

Após o gol, o Ceilândia teve de correr atrás do empate, e aos 17′, Samila ficou cara a cara com a goleira Raissa, que cresceu no lance e fez outra grande defesa, salvando a equipe.

Logo na jogada seguinte, a meia Bárbara puxou o contra-ataque, entrou na área adversária e cruzou para Hulk. A centroavante chutou bem, mas a goleira Karen mostrou talento, fazendo mais uma boa defesa.

O Minas Icesp conseguiu o segundo gol aos 23 minutos. Após troca de passes, Jéssica achou a atacante Nathalia. Ela tocou na saída da goleira para fazer mais um.

O terceiro gol quase veio novamente com a meia Bárbara, que deu dois dribles e chutou bem, mas a goleira Karen novamente fez grande defesa.

O último ataque do jogo veio dos pés do Ceilândia, aos 44 minutos, quando após cruzamento na área, a zagueira Melissa conseguiu cabecear. Porém, o arremate veio fraco.

A goleira Karen, melhor jogadora do Ceilândia na partida, falou sobre o jogo e a situação da equipe no campeonato. “Temos que respeitar o Icesp, que tem uma trajetória e um trabalho muito bom. Foi uma batalha difícil, mas estamos bem, nos entrosando. É nossa primeira derrota e nossos primeiros gols sofridos, perdemos onde podíamos perder. Agora é seguir com o trabalho, temos potencial e vamos trabalhar forte pra buscar nossos objetivos e a nossa classificação”, finalizou.

A atacante Hulk, que veio de Israel para o Minas Icesp, falou ao DF Sports+ sobre a importância do resultado para a equipe. “Conseguimos impor nosso ritmo e mostrar nosso futebol. Fico muito feliz em ajudar a equipe com esse meu gol e essa boa partida, atacante sempre é muito cobrada pelos gols e estou conseguindo fazer os meus”, afirmou.

FICHA TÉCNICA

Minas/Icesp 2 x 0 Ceilândia

Campeonato Candango Feminino 2019 – Quinta Rodada

Minas Tênis Clube 27/10/2019, às 15h30

Árbitro: Adriano Luiz

A1: David Santana

A2: Cássia França

4º árbitro: Franklin Braz

MINAS/ICESP

Raissa; Laine, Andiara, Kaká e Jéssica (Ellen); Luyara (Kátia Cilene), Juliana (Nathalia), Bárbara e Paula(Camila Pini); Marcela Hulk e Suzana(Ana Keila)

Técnico: Singol Santos

Gols: Hulk e Nathalia

Cartões amarelos: Jéssica e Camila Pini

Cartão vermelho: Não teve

CEILÂNDIA

Karen; Talita (Raquel), Tati, Tamires e Da Roça(Curitiba); Melissa, Silvânia, Rafaela e Bruna (Thauane); Fernanda (Dyanara) e Katyelle.

Técnico: Pablo Rizza

Gol: Não teve

Cartões amarelos: Melissa e Eliane

Cartão vermelho: Não teve

Rômulo Maia

Jornalista e goleiro de futebol. Apaixonado por todos os tipos de esportes e pelo Jornalismo. Defende que as mulheres tenham as mesmas oportunidades que os homens, e que os mais carentes tenham incentivo à prática do desporto. "O esporte é a ferramenta de inserção social mais eficaz, pois o resultado é imediato e as transformações são surpreendentes."

Rômulo Maia tem 431 posts e contando. Ver todos os posts de Rômulo Maia

Rômulo Maia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *