Foto: Alexandre Loureiro/CBF

Brasil bate Canadá com facilidade na abertura do Mundial Sub-17

Primeiro houve o sol forte sob a cidade do Gama. Horas depois, muita chuva. Bom para treinar a drenagem do gramado do Bezerrão, que instantes depois recebeu com muita alegria, às 17h deste sábado (26), a partida entre Brasil e Canadá, abrindo a Copa do Mundo Sub-17 de 2019.

Em campo, um jogo taticamente comportado e de pouco brilhantismo em jogadas individuais. Tudo bem para o Brasil, que aproveitou bem suas oportunidades e matou o jogo com tranquilidade.

Veron, Peglow duas vezes e Franklin, lateral canadense que marcou gol contra, foram os autores dos gols da goleada brasileira por 4 x 1 sobre o Canadá. Russell-Rowe descontou para os visitantes.

O Brasil volta a campo na terça-feira (29), às 20h, no Bezerrão, contra a Nova Zelândia. Já o Canadá encara a Angola na mesma data e local, mas às 17h.

Muitas chances no primeiro tempo

As duas equipes começaram se estudando, como é de se esperar de um início de mundial. Yan Couto e Veron rodaram bem a bola enquanto o Canadá se segurava como podia. Aos 6’, Daniel Cabral chutou de longe e Kouadio deixou rebote. Talles Magno não chegou a tempo e a zaga afastou.

Com oito minutos registrados no cronômetro, Talles Costa encontrou Veron dentro da área. O atacante chutou, mas a bola saiu pela esquerda.

Brasil eficiente

O Brasil apertava a marcação no campo de ataque e o Canadá não foi capaz de alcançar a área brasileira por um longo tempo. A seleção então foi oportunista para cima dos canadenses.

Peglow foi o aproveitador da situação aos 17 minutos, após uma excelente jogada de Veron. O camisa 7 tabelou com Yan Couto e cruzou rasteiro na área. Peglow recebeu sozinho e bateu firme para o gol, abrindo o placar no Bezerrão. 1 x 0 Brasil.

Embora o Brasil dominasse o volume de jogo, a equipe tirou o pé do acelerador e o Canadá passou a gostar do jogo. Contudo, a equipe vermelha continuava sem chutar a gol e pouco incomodou Matheus Donelli.

Aos 37, Thalles Magno chutou de fora da área e Kouadio rebateu. No rebote, Veron chutou de longe e o goleiro canadense defendeu novamente.

Já nos acréscimos, aos 46’, Peglow lançou Kaio Jorge. O camisa 9 cruzou na área e, na tentativa de desviar a bola, Franklin empurrou contra o próprio patrimônio, ampliando para o Brasil: 2 x 0.

Ainda deu tempo de  Kaio Jorge cabecear forte após cobrança de escanteio pela direita. Kouadio defendeu magistralmente novamente. Esse foi o lance final da etapa inicial.

Segundo tempo

O jogo mal começou na segunda etapa e, antes de completar um minuto, Franklin errou novamente, afastando a bola nos pés de Peglow. O camisa 10 bateu de primeira, no canto, sem chances para o goleiro. 3 x 0.

Kaio Jorge quase ampliou na sequência. Após cruzamento da esquerda, Peglow bateu e o goleiro deixou rebote. Kaio não chegou a tempo de conferir à gol, e a bola ficou com Kouadio.

Mas o quarto gol não tardou a acontecer. Em cruzamento na área aos 11’, Talles Magno tocou para trás e Kaio Jorge emendou de bicicleta. Veron se antecipou e bateu forte, cruzado. Brasil 4 x 0.

Talles Magno tenta marcar

A jóia vascaína teve uma excelente chance de marcar aos 20’. Após boa jogada coletiva do time brasileiro, Talles Magno tentou de calcanhar, dentro da pequena área, mas a bola ficou nas mãos do goleiro.

No contra-ataque, Kerr recebeu e bateu forte, de frente para Matheus Donelli, mas o goleiro corintiano espalmou. Essa foi a primeira finalização canadense na partida, aos 21 minutos do segundo tempo.

O Brasil tirou o pé do acelerador novamente e o Canadá cresceu no jogo. Após atacar algumas vezes, o tento canadense finalmente pôde ser comemorado pela sua torcida.

Pecile cabeceou e encontrou Habibullah. O camisa 7 tocou para Russell-Rowe, que dominou e bateu da entrada da área. A bola desviou na defesa e enganou Matheus Donelli: 4 x 1, aos 41 minutos.

Apesar do gol canadense, o Brasil tinha uma boa vantagem garantida e acabou diminuindo o ritmo para apenas segurar o resultado. A equipe trocou bons passes no meio de campo de maneira que os canadenses se ficassem cansados, ainda que insistissem bastante.

Talles Magno ainda teve uma chance de ouro já nos acréscimos. De frenre para o gol, o atacante mandou a bola por cima do gol, desperdiçando a chance do quinto.

Após alguns movimentos, o juiz sérvio apitou o fim de jogo. 4 para o Brasil, 1 para o Canadá. Com o resultado o Brasil larga na frente no Grupo A, que ainda tem Nova Zelândia e Angola, que se enfrentaram na sequência, no mesmo Bezerrão.

FICHA TÉCNICA

BRASIL 4 x 1 CANADÁ

Copa do Mundo Fifa Sub-17

Estadio Walmir Campelo Bezerra – Gama-DF – 26/10/2019, 17h

Público Presente: 11.468 pessoas  

Renda: Não divulgada

Árbitro: Srdjan Jovanovic (SRB)

A1:  Uros Stojkovic (SRB)

A2:  Milan Mihajlovic (SRB)


Quarto Árbitro:  Peter Waweru (KEN)

BRASIL

Matheus Donelli; Yan Couto, Henri, Luan Patrick e Patryck; Daniel Cabral, Talles Costa (Sandry) e Peglow; Veron (Matheus Araujo), Kaio Jorge (Pedro Lucas) e Talles Magno

Técnico: Guilherme Dalla Déa

Gols: Peglow (17’ – 1ºT) e (1’ – 2ºT), Franklin (Contra, 46’ – 1ºT), Veron (11’ – 2ºT)

Cartão amarelo: Não recebeu

Cartão vermelho: Não recebeu

CANADÁ

Kouadio; Franklin, Goulbourne, Pecile, Facchineri e Demian; Pecile, Priso e Kerr; Catavolo (Russell-Rowe), Nelson (Rea) e Kane (Habibullah)

Técnico: Andrew Olivieri

Gol: Russell-Rowe (41’ – 2º T)

Cartão amarelo: Facchineri e Goulbourne

Cartão vermelho: Não recebeu

DF Sports+

Mais Esporte, Mais Informação

DF Sports+ tem 381 posts e contando. Ver todos os posts de DF Sports+

DF Sports+

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *