Brasileiro Escolar de Handebol começa nesta sexta (4)

Por Rafael Moura

A partir desta sexta-feira (4), Brasília passa a respirar handebol. A capital federal receberá até o dia 11, o Brasileiro Escolar de Handebol, organizado pela Confederação Brasileira de Desporto Escolar (CBDE). Em disputa, além do título, está a vaga para o Mundial do ano que vem na Sérvia.

O Distrito Federal terá quatro representantes na competição. O Marista Brasília terá um time masculino e um feminino. Já o Marista Champagnat, de Taguatinga, também disputará entre os meninos. Por fim, o Centro Educacional 06 da Ceilândia terá uma equipe feminina.

Toda organização do evento foi feita pela Federação Regional do Desporto Escolar do Distrito Federal e Entorno (FRDEDF), capitaneada pelo presidente Marcelo Ottoline. O dirigente tem trabalhado para promover o esporte escolar na região e acredita que os times do Distrito Federal possam ter um bom desempenho no certame nacional. “O nosso objetivo é massificar e qualificar nossos atletas e professores para que o DF se torne cada vez mais forte”, afirmou.

A expectativa é que mais de 700 atletas/estudantes participem da competição. Para dar suporte às 55 equipes, a FREDF conseguiu parcerias com diversos locais: os jogos serão disputados no Instituto Federal de Brasília, no Ginásio da Portuguesa, no Ginásio do Cruzeiro, no Marista de Taguatinga, no Ginásio da Apcef, na Guariroba e no Centro Educacional Sagrada Família.

Rafael Moura

Jornalista formado em Brasília desde 2007, Rafael Moura milita no jornalismo esportivo. Passou pelas principais redações da capital federal, foi assessor de imprensa do Ministério do Esporte, do Comitê Paraolímpico Brasileiro. Hoje atua na Câmara dos Deputados e colabora com o site esportivo que mais cresce no Distrito Federal

Rafael Moura tem 30 posts e contando. Ver todos os posts de Rafael Moura

Rafael Moura

Um comentário em “Brasileiro Escolar de Handebol começa nesta sexta (4)

  • Avatar
    3 de outubro de 2019 em 17:23
    Permalink

    Massa ver matérias assim! Temos que divulgar pra ver se um dia começam a valorizar nossos esportes. Parabéns ao portal e aos envolvidos na matéria.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *