Fora de casa, Paranoá bate Aruc e deixa a lanterna do grupo A

Pela quinta rodada da fase de grupos do Candanguinho 2019, Aruc e Paranoá se enfrentaram no Ninho do Carcará. A equipe da casa jogou melhor mas não conseguiu evitar o trunfo por 2×1 da Cobra Sucuri, que saiu com os três pontos e deixou a lanterna do grupo A. Lucas Lima marcou os dois gols dos visitantes, e o tento dos anfitriões foi anotado por Gabriel Henrique.

Bolas paradas

A partida começou bem acirrada, com as equipes buscando controlar o jogo no meio-campo. O primeiro lance de perigo foi da Aruc. Aos três minutos, Kevin recebeu um lançamento pela direita, e chutou cruzado no meio do gol. O Paranoá teve sua primeira chance somente aos 13’. Lucas Lima tentou dominar dentro da área e a zaga da Aruc acabou tocando com a mão na bola. O árbitro Matheus Moraes marcou pênalti, que Lucas Lima cobrou e converteu.

A comemoração dos visitantes logo foi interrompida. Dois minutos após o gol, foi a vez da Aruc ter uma chance de bola parada. Gabriel Henrique ajeitou a bola no bico direto da área, e colocou a bola no fundo do gol, empatando o duelo. O goleiro Matheus ainda tocou na bola, mas não conseguiu evitar. Depois disso o jogo seguiu sem grandes emoções, até que aos 46’, o zagueiro Antônio acertou uma forte cabeçada, e Luciflávio evitou o gol.

Domínio da Aruc, precisão do Paranoá

Logo no intervalo, o técnico do Paranoá, Phillippi Coutinho, fez quatro mudanças buscando melhorar o time e garantir a vitória. Mas as alterações não surtiram efeito, e a Aruc dominou o segundo tempo. Arthur César, aos 10’, acertou um foguete de fora da área, que acabou saindo por cima do gol. Três minutos depois foi a vez de Gabriel Henrique levar perigo. O atacante driblou dentro da área e acertou um chute que saiu tirando tinta da trave.

A pressão da Aruc continuava. Aos 24’, Kevin chutou e o goleiro Lucas, que entrou no intervalo, botou para fora. Na cobrança do escanteio, Gabriel Henrique arriscou um gol olímpico, que foi evitado pelo travessão. Arhur Nunes, aos 33’, também teve uma chance de marcar, mas Lucas estava esperto no lance e fez uma bela defesa.

O Paranoá foi resistindo a pressão, e na primeira e única chance no segundo tempo, não desperdiçou e matou o jogo. Lucas Lima, aos 39’, recebeu um cruzamento e só escorou pro fundo do gol, fazendo 2×1 e colocando fim na pressão do time da casa.

As duas equipes voltam a jogar no próximo sábado. A Aruc visita o Bolamense, às 15h30, com local a definir. Já o Paranoá recebe o Santa Maria, no JK, às 10h30.

FICHA TÉCNICA

ARUC 1 x 2 PARANOÁ
Campeonato Candango de Juniores 2019 – Fase de grupos (quinta rodada)
Estádio Ninho do Carcará – Cruzeiro, DF– 16/06/2019, 15h30

Árbitro: Matheus Moraes

A1: Milton Alves

A2: Cássia França

Quarto árbitro: Bruno Pradera

Aruc

Luciflávio, Willi (Gabriel Gomes), Lucas, Gustavo e Victor Henrique; Yuri (Arthur Nunes), Arthur César e Gabriel Barbosa (Thaylon); Esdras (André Lucas), Kevin (Pedro Queiroga) e Gabriel Henrique (João Victor).

Técnico: Fábio Teixeira

Gols: Gabriel Henrique (15 – 1ºT)

Cartões amarelos: Victor Henrique e Arthur César

Cartão vermelho: não houve

Paranoá

Matheus (Lucas); Pedro (Guilherme), Antônio, André Luiz e Nickolas; Eryc, Luiz Filipy (Pedro Inacio) e Emannuel (Eduardo); Fredy (Paulo Henrique), Alef (Felipe) e Lucas Lima.
Técnico: Phillippi Coutinho

Gols: Lucas Lima (13’ – 1ºT e 39’ – 2ºT)

Cartões amarelos: André Luiz e Lucas Lima

Cartão vermelho: não houve

André Gomes

Um apaixonado por esportes (com um carinho especial por futebol, basquete, surf e skate). Defende a ideia de que, por questões éticas, todo jornalista deve revelar o time que torce.

André Gomes tem 87 posts e contando. Ver todos os posts de André Gomes

André Gomes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *