Ex-atacante do Brasiliense perde a luta contra a leucemia aos 31 anos de idade

O jogador Silas Brindeiro, de 31 anos de idade, faleceu na noite de ontem (25) em São Paulo, vítima de uma infecção pulmonar e não resistiu. O atleta estava internado no Instituto Brasileiro de Controle do Câncer, onde lutava contra a leucemia, que o afastou dos gramados em 2014. Ele chegou a se recuperar em 2016 e tentou retornar aos campos de futebol, defendendo o São Francisco-PA. No entanto, exames apontaram o retorno da doença e Silas precisou novamente se afastar. Recentemente, Silas chegou a receber um transplante de medula, mas seu quadro foi piorando desde a última quinta-feira e ele não resistiu. O enterro do atacante de 1,90m será na cidade de Santarém, no Pará, sua terra natal.

A carreira do atleta começou em 2007, defendendo as cores do Mogi Mirim. Fora do Brasil, Silas jogou em Portugal por três temporadas e ficou uma temporada na Suiça. Em 2012, foi contratado pelo Brasiliense Futebol Clube para a campanha do time na Série C. Naquele ano, o Jacaré não conquistou o acesso e Silas foi a campo em poucas oportunidades. Pouco antes, porém, ele havia sido artilheiro da Série A3 do Paulistão defendendo o Capivariano, quando marcou 15 gols e conquistou o acesso. Pouco antes de ser diagnosticado com leucemia, o atacante foi novamente artilheiro do Capivariano e ajudou o time a subir à elite do futebol paulista. Depois, foi contratado pelo Guarani de Campinas, antes de ser força a abandonar a carreira.

O DF Sports deixa aqui toda sua solidariedade para com a família do jovem Silas, que por onde passou, sempre se mostrou um profissional exemplar e deu muitas alegrias aos torcedores.

Por Pedro Breganholi

Marcelo Gonçalo

Formado em Sistemas de Informação, optou pela carreira de Jornalismo a partir de 2008. Jornalista, comentarista e narrador esportivo, foi o principal repórter do site BloGama até 2018.

Marcelo Gonçalo tem 2647 posts e contando. Ver todos os posts de Marcelo Gonçalo

Avatar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *