Sem Victor Mariano, Legião vence e enfrenta Taguatinga nas semifinais

O Estádio Luiz Alfredo, também conhecido como Luizinho, foi o palco da partida entre Cruzeiro-DF e Legião, na tarde deste sábado (8), pela 5ª e última rodada da fase de grupos do Campeonato Brasiliense de Futebol da 2ª Divisão 2018. Os garotos atrevidos do Time do Rock se impuseram e não deixaram o Carcará agir dentro de seus domínios. Com dois gols de Felipe e um de Thiago, o Leão abocanhou os rivais por 3 x 1.

Legião abre dois de vantagem no primeiro tempo

A partida não foi lá de encher os olhos. De um lado um Cruzeiro desmotivado, apenas cumprindo tabela na competição. Do outro, um Legião praticamente garantido na fase semifinal da Segundinha: apenas uma goleada tiraria o Leão do mata-mata. O resultado foi um primeiro tempo de pouca criatividade por ambas as partes.

Quem deu a cartada inicial foi o Legião. Thiago arriscou de fora da área e mandou longe do gol, aos 3’. O Cruzeiro respondeu de imediato. Em escanteio pela esquerda, Filipe Werley cabeceou para fora. Enquanto a troca de passes melancólica e monótona das equipes era o clímax da partida, o Legião cresceu. Vários ataques surgiram dos pés de Daniel e Thiago, porém nenhuma ofereceu real perigo de gol.

Somente após a parada técnica é que as redes se encontraram por balançar. O Legião tomou as ações. Aos 29’, Felipe recebeu bom passe pela direita. O camisa 9 teve apenas o trabalho de descolar o goleiro, mandando a pelota no canto oposto para abrir o placar. 3 minutos depois, Thiago de fora da área acertou o ângulo de Guilherme, ampliando o marcador em 2 x 0. A resposta do Cruzeiro veio em forma de gol. Robério entortou três defensores do Legião e passou para Paulo Piauí. O atleta carregou a bola e da intermediária mandou um petardo ao gol. A pelota acertou o travessão e entrou. Um golaço que descontou para o Carcará em 2 x 1 e fechou a conta do primeiro tempo.

Leão envolve o Carcará na segunda etapa

Duas mudanças que Marquinhos Carioca fez no segundo tempo surtiram muito efeito. Kaká no lugar de Thiago e Mário no lugar de Koala deram o tom de agressividade que o Legião precisava. A dupla comandou as ações ofensivas da equipe alaranjada pelas laterais. O que já era uma realidade no primeiro tempo se tornou a indentidade da equipe no segundo: jogadas criadas nas laterais afunilaram-se pelo meio, de onde surgiam os maiores perigos da equipe. E foi justamente dos pés de Kaká a assistência para o gol da vitória do Leão. O camisa 18 lançou Felipe que era perseguido por Lucas. O centroavante foi mais rápido e alcançou a bola antes do zagueiro e do arqueiro Guilherme, que abandonou suas metas na tentativa de isolar a bola. Não deu certo. Felipe chegou primeiro e encobriu o goleiro cruzeirense. A bola só caiu dentro do gol e o placar passou a registrar 3 x 1 para o Legião.

Gabriel ainda tentou por duas vezes descontar para o Carcará. Aproveitando-se dos contra-ataques provenientes dos gols perdidos por Daniel, o meia do Cruzeiro arrancou duas ótimas finalizações para sua equipe. Numa delas, sua jogada individual costurando a zaga do Legião lhe rendeu uma assistência para Robério, que mandou a bola para o espaço. Na segunda, o próprio Gabriel chutou de fora da área e coletou tinta do poste superior defendido por João Pedro. Contudo, o Carcará não conseguiu ser mais efetivo do que isso e a partida chegou ao fim.

Para os mandantes do Cruzeiro o adeus da competição. Sem nenhuma vitória, o Carcará deixa a competição na última posição do Grupo 2. Para o Legião, pensamento nas semifinais. A equipe que finalizou a fase de grupos na vice liderança, atrás apenas do invicto Planaltina, agora enfrenta uma pedreira: o Taguatinga Esporte Clube, que bateu o Brazlândia por 3 x 1 no Augustinho Lima e fechou a fase de grupos na liderança do Grupo A. Será um teste de fogo para o jovem elenco do Leão, que faz uma excelente campanha nesta Segundinha.

FICHA TÉCNICA

CRUZEIRO 1 X 3 LEGIÃO

Campeonato Brasiliense 2ª Divisão 2018 – 5ª rodada

Estádio Luiz Alfredo, Novo Gama-GO– 08/09/2018 15h

Árbitro: Matheus Morais

A1: Marconi Souza

A2: Gilbert Camargo

4º Árbitro: Almir Camargo

Inspetor: Jamir Garcez

CRUZEIRO-DF

Guilherme; Samuel (Gabriel), Caio, Lucas e Rodrigo; Balotelli, Mateus (Arthur) e Filipe Werley; Pedro, Paulo Piauí (Gleydson) e Robério.

Técnico: Rodrigo Melo (Interino)

Gols: Paulo Piauí (38’ – 1T)

Cartão amarelo:  Mateus.

Cartão vermelho: não houve.

LEGIÃO

João Pedro; Bolt, Matheus e Estevão; Baiano, Luander (Ceará), Luigi e Koala (Mário); Daniel, Thiago (Kaká) e Felipe.

Técnico: Marquinhos Carioca.

Gols: Felipe (28’ – 1º T e 29’ – 2º T) e Thiago (31’ – 1º T).

Cartões amarelos: Luander e Luigi.

Cartão vermelho: não houve.

Por Gabriel Felipe

Marcelo Gonçalo

Formado em Sistemas de Informação, optou pela carreira de Jornalismo a partir de 2008. Jornalista, comentarista e narrador esportivo, foi o principal repórter do site BloGama até 2018.

Marcelo Gonçalo tem 2647 posts e contando. Ver todos os posts de Marcelo Gonçalo

Avatar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *