Com 11 clubes, Segunda Divisão do DF começa em agosto

Em reunião do Conselho Arbitral realizada na tarde desta sexta-feira (8), dirigentes de clubes e Federação de Futebol do Distrito Federal (FFDF) definiram como será realizado o Campeonato Candango da Segunda Divisão de 2018. Onze clubes assinaram o Termo de Compromisso e lutarão pelas duas vagas na elite em 2019.

Participaram do Arbitral, dirigentes dos seguintes clubes: Capital, Brazlândia, Cruzeiro-DF, Brasília, Ceilandense, Taguatinga e SESP/Samambaense, CFZ Brasília, Legião e Planaltina E. C. O Botafogo-DF não enviou representante, mas confirmou a participação no torneio. A data de início ficou marcada para o dia 11 de agosto.

Como era previsto, a fórmula de disputa da Segundinha será similar à utilizada em 2017: os onze clubes foram divididos em dois grupos (Grupo A com cinco participantes e o B com seis), que jogam entre si, dentro da própria chave. Os dois melhores de cada se classificam para a fase semifinal.

Na semifinal, os quatro remanescentes jogam entre si em jogos de ida e volta e com o clube melhor ranqueado na primeira fase como mandante na segunda partida. Os dois vencedores desta fase automaticamente se classificam para a Primeira Divisão e farão a disputa do título em jogo único, com mando pertencente à FFDF.

Visando obter uma renovação no cenário local, ficou decidido que os clubes somente poderão contratar onze atletas com mais de 21 anos (nascidos antes de 31 de dezembro de 1996). Para atletas menores de 21 anos, o número de jogadores é livre para todas as agremiações.

A federação se comprometeu a bancar os gastos com arbitragem e ambulância nos jogos da Segunda Divisão, além de assumir todos os custos com a partida final. Em contrapartida, A entidade cederá apenas o número mínimo de cortesias previsto em Estatuto (5 para cada clube).

NOVIDADES

Para esta temporada da Segunda Divisão, três clubes chamam a atenção por mudanças internas. A primeira é a mudança de sede e de nome da Sociedade Esportiva Planaltina que “migrou” de Planaltina de Goiás para Samambaia (até por este motivo passará a se chamar SESP/Samambaense).

Outra novidade é o retorno do antigo Taguatinga Esporte Clube, no lugar do atual Atlético Taguatinga. Ainda sob gestão de Edmilson Marçal, o clube adotará as cores tradicionais do tricampeão candango de sucesso dos anos 90 (azul e branco). Segundo Marçal, restam poucos detalhes para a mudança ser efetivada.

Por último, o tradicional Brazlândia foi negociado para um grupo de empresários que prometem mudanças no clube gerido durante décadas por Moacir Ruthes. Agora sob o comando do gestor Reginaldo Bacci, o clube promete lançar um novo uniforme e um elenco capaz de brigar pelo acesso.

Acompanhe abaixo como ficaram os grupos do Campeonato Candango da Segunda Divisão 2018, além da primeira rodada prevista para os dias 11 e 12 de agosto próximos:

GRUPO A

  • CFZ-DF
  • Ceilandense
  • Taguatinga
  • Capital
  • Brazlândia

GRUPO B

  • Cruzeiro
  • Legião
  • Planaltina EC
  • Brasília
  • SESP Samambaense
  • Botafogo

PRIMEIRA RODADA

  • CFZ Brasília x Taguatinga;
  • Ceilandense x Capital;
  • Cruzeiro-DF x Botafogo-DF;
  • Legião x SESP/Samambaense;
  • Planaltina E. C. x Brasília;
  • Brazlândia: folga

Por Marcelo Gonçalo

Marcelo Gonçalo

Formado em Sistemas de Informação, optou pela carreira de Jornalismo a partir de 2008. Jornalista, comentarista e narrador esportivo, foi o principal repórter do site BloGama até 2018.

Marcelo Gonçalo tem 2807 posts e contando. Ver todos os posts de Marcelo Gonçalo

Avatar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *