Juniores – CFZ Brasília trabalha em nova casa para o Candanguinho

Um clube que já foi campeão profissional do Campeonato Candango de forma invicta, está, desde o dia 4 de fevereiro, preparando seus atletas da base para as participações em diversas competições dentro do Distrito Federal e até mesmo fora da capital. Porém, um fator chama a atenção às vésperas do início dos juniores, mais conhecido como Candanguinho 2018. O clube transferiu seu “quartel general” para a cidade de Cocalzinho-GO, a cerca de 100 quilômetros de Brasília.

Eliminados pelo Legião na Copa Novos Talentos em uma partida acirrada (derrota por 2 x 1), o grupo que está alojado no interior goiano conta atualmente com 22 jogadores, que variam de idades entre o infantil e os juniores. No entanto, ainda essa semana, mais 18 atletas chegarão para compor toda a base do Galinho, totalizando 40. Entretanto, o treinador Eduardo Carlos dos Santos, ou apenas Eduardo Carlos, pretende trabalhar com 26 para o campeonato sub-20. Os demais continuarão treinando.

Para este ano, o comandante da equipe só terá um remanescente de 2017. Trata-se do atacante Dudu. Todo o restante do plantel foi modificado. Do grupo, a enorme maioria são nascidos em 2001. Somente seis são do ano de 1999, ou seja, última temporada na base. Para tanto, a diretoria já tratou de vincular os mesmos ao time profissional, que terá o Campeonato Candango da Segunda Divisão 2018, a partir de agosto.

Para dar suporte ao técnico Eduardo Carlos, que recentemente recebeu as suas licenças C e B da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), o preparador de goleiros Nilton Veiga, além do auxiliar de fisioterapia, Mateus Neri, formarão a comissão técnica reduzida. “Aqui todos fazem um pouco e nos ajudamos muito. Preferimos assim, pois todos trabalhamos de verdade e no fim tem nos dado resultados”, avaliou o comandante.

Com o objetivo principal de buscar a vaga na Taça São Paulo de Futebol Júnior 2019 (para tanto, precisa chegar à final), o treinador revelou a confiança no grupo que tem em mãos. “São garotos muito talentosos, tanto que temos chegado bem em todas as competições que disputamos. E com o apoio que estamos tendo, acreditamos que podemos chegar à Copinha sim”, ponderou Eduardo.

Os atletas estão treinando a todo vapor, sob o comando do treinador Eduardo Carlos. Foto: Haland Guilarde/DF Sports

Nova casa

Em conversa com a equipe do DF Sports, Eduardo Carlos, juntamente do preparador de goleiros, Nilton Veiga, esclareceram o motivo da ida para a cidade goiana. “A Prefeitura nos ofereceu uma excelente estrutura e um apoio fundamental, como todo o trabalho de Departamento Médico e transporte, por exemplo, além de outras coisas mais”, declarou Nilton.

Coisas tais, que foram explicitadas na conversa. Existe um alojamento com profissionais trabalhando para a garotada, com quatro refeições diárias; quatro campos divididos entre Cocalzinho e os distritos de Girassol-GO e Edilândia-GO. “O prefeito Alair Ribeiro nos acolheu com tudo isso, daí culminou com a dificuldade de arrumar campo em Brasília. Então preferimos vir, até porque não é tão longe como se imagina”, completou Eduardo.

No campo do Girassol, inclusive, é onde eles pretendem mandar seus jogos durante o Candanguinho 2018. Segundo Eduardo, o pedido será protocolado em breve na Federação de Futebol do Distrito Federal (FFDF). A estreia do CFZ Brasília está marcada para o próximo dia 19, contra o Brasília (mandante), em horário e local a definir.

Por Haland Guilarde

Marcelo Gonçalo

Formado em Sistemas de Informação, optou pela carreira de Jornalismo a partir de 2008. Jornalista, comentarista e narrador esportivo, foi o principal repórter do site BloGama até 2018.

Marcelo Gonçalo tem 2649 posts e contando. Ver todos os posts de Marcelo Gonçalo

Avatar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *