Samambaia deixa a lanterna e afunda o Paranoá

Em uma tarde de quinta-feira (15) com clima bom no estádio Rorizão, o Samambaia finalmente alcançou a primeira vitória no Candangão 2018. A vítima foi o Paranoá, que chegou à quarta partida seguida sem vencer e beira a zona de rebaixamento. O resultado de 1 x 0 para a Cobra Cipó, apenas se deu porque a Sucuri desperdiçou uma cobrança de pênalti no último minuto do duelo.

Esquenta a briga para fugir do Z2

O Paranoá até iniciou a partida melhor, mas sem conseguir ser efetivo no ataque. O anfitrião Samambaia logo igualou e começou a ter as melhores oportunidades, sempre em jogadas de bola parada, com o lateral esquerdo Júlio César. O primeiro tempo terminou bem nervoso, com as equipes cometendo várias faltas, mas sem grandes chances de gol.

No segundo tempo a partida melhorou. Assim como na etapa inicial, o Paranoá tomou a iniciativa, mas a primeira chance foi do Samambaia. Aos 15 minutos, Júlio César cobrou falta na área e o meia Felipe ficou a um dedo de cabecear a bola para o fundo das redes. A resposta veio logo em seguida. João Carlos fez boa jogada e passou para Imperador finalizar para boa defesa de Uoston, do Samambaia.

Em seguida o Paranoá começou a levar perigo. Aos 17 minutos, o meia Dedé finalizou cruzado, a zaga do Samambaia cortou e na sobra o lateral Weverton finalizou para fora. Aos 22’, Dedé cobrou falta da esquerda e Zumba desviou, mas a bola passou tirando tinta da trave direita.

Aos 30 minutos, o Samambaia chegou pela primeira vez. Em jogada de contra-ataque, o lateral Júlio César ficou frente a frente com o goleiro oponente, mas finalizou para fora. A resposta veio no lance seguinte. Em jogada rápida, o atacante Imperador recebeu lançamento, mas não conseguiu tirar do goleiro.

O jogo ficou lá e cá, com os contra-ataques sendo as armas de mais perigo de ambos os times, até que João Carlos derrubou Ceará na área. Pênalti para o Samambaia. João Carlos foi expulso no lance. Amoroso cobrou no ângulo, sem chances para Rodolfo: Samambaia 1 a 0.

O Paranoá partiu para cima e, aos 46 minutos, a pressão deu resultado. Dedé penetrou na área e foi derrubado: pênalti para os visitantes. Na última chance para empatar a partida, Imperador cobrou fraco e Uoston encaixou. Com a defesa, o banco do Samambaia foi à loucura, chegando a jogar uma garrafa em campo, já o presidente da equipe, Neimar Frota, invadiu o campo para comemorar.

Com a vitória, o Samambaia saiu da lanterna, mas não da zona de rebaixamento. Empatado com o Paranoá em número de pontos (ambos com quatro) a Cobra Cipó perde no saldo de gols. Na sétima rodada a Cobra Cipó vai até Luziânia encarar o time da casa, às 15h30, no estádio Serra do lago, do domingo (18). Já a Sucuri vai ao Mané Garrincha duelar contra o Brasiliense, no mesmo dia, mas às 16 horas.

FICHA TÉCNICA 

SAMAMBAIA 1 x 0 PARANOÁ

Campeonato Candango 2018 – 6ª rodada

Estádio Rorizão, 15/02/2018, 16h

Público: 82   

Renda: R$ 820,00

Árbitro: Leandro Almeida

A1: Daniel Henrique

A2: Leila Cruz

4º árbitro: Felipe Barbosa

Inspetor: Marrubson Freitas

SAMAMBAIA

Uoston; Jorgevan (Sapo), Gaia, Anderson e Julio Cesar; Val Santos, Diego (Kiko), Felipe e Neiva; Amoroso e Cerezo (Ceará).

Técnico: Val Baiano.

Gol: Amoroso (40’ – 2º T).

Cartão amarelo: não houve.

Cartão vermelho: não houve.

PARANOÁ

Rodolfo; Vitinho, Zumba, Léo e Weverton (Emerick); João Carlos, Douglas, Vandinho e Rafael (Kelvin); Imperador e Fabinho (Dedé).

Técnico: Luis Carlos Souza.

Gol: não houve.

Cartão amarelo: não houve.

Cartão vermelho: João Carlos.

Por Gabriel Caetano

Marcelo Gonçalo

Formado em Sistemas de Informação, optou pela carreira de Jornalismo a partir de 2008. Jornalista, comentarista e narrador esportivo, foi o principal repórter do site BloGama até 2018.

Marcelo Gonçalo tem 2843 posts e contando. Ver todos os posts de Marcelo Gonçalo

Avatar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *