Foto: Ed Alves/CB

Nova loteria distrital destina recursos para o futebol candango

A Câmara Legislativa do DF (CLDF) aprovou nesta terça feira (10), o Projeto de Lei 2.312/2021, que trata da criação de uma loteria distrital. Ela deve abranger diversos tipos de modalidades esportivas de jogos, como a loteria espontânea, os prognósticos numéricos e esportivos, e a já tão conhecida raspadinha. O Banco de Brasília (BRB), foi o escolhido para fazer a gestão do projeto.

Foram 18 emendas, e uma delas tem como objetivo destinar 5% de todo o montante arrecadado para os clubes de futebol profissional do Distrito Federal, uma receita garantida por pelo menos 35 anos e que ajudará os clubes a sair do sufoco financeiro que a pandemia dos últimos anos piorou. Esse valor deve chegar a ser pelo menos duas vezes maior que o atual repasse do BRB aos times.

Um dos principais responsáveis pelo adendo ao projeto foi o presidente do Capital, Godofredo, que já vinha há alguns anos batalhando para conseguir que as equipes tivessem recursos a mais, numa forma de tentar não só valorizar, como evoluir o futebol local. Ele também explicou que um Estudo De Viabilidade Econômica e Técnica (EVETEC) foi realizado, e a estimativa inicial é que a arrecadação da loteria pode chegar a RS 100 milhões anuais, o que renderia RS 5 milhões para serem divididos pelos clubes.

Godofredo agradeceu aos deputados que ajudaram para que o projeto fosse pra frente, e também falou sobre a importância de se ter mais recursos no futebol local.

É uma vitória muito grande para o esporte e o futebol do DF

Godofredo, presidente do Capital

Além disso, o presidente da Coruja também agradeceu aos deputados Eduardo Pedrosa (DEM), Agaciel Maia (PL) e ao presidente da Câmara Legislativa, Rafael Prudente (MDB), que foram solícitos para receber as propostas e ouvir as demandas. Ainda segundo Godofredo, esse recurso vai ajudar a trazer mais profissionalismo ao nosso futebol, aumentando a competitividade.

O projeto agora vai para a sanção do governador Ibaneis Rocha (MDB), que tem 30 dias para aprovar ou rejeitar. A previsão é de que as apostas entrem em vigor em no máximo 90 dias.

Rômulo Maia

Jornalista e goleiro de futebol. Apaixonado por todos os tipos de esportes e pelo Jornalismo. Defende que as mulheres tenham as mesmas oportunidades que os homens, e que os mais carentes tenham incentivo à prática do desporto. "O esporte é a ferramenta de inserção social mais eficaz, pois o resultado é imediato e as transformações são surpreendentes."

Rômulo Maia tem 462 posts e contando. Ver todos os posts de Rômulo Maia

Rômulo Maia

Um comentário em “Nova loteria distrital destina recursos para o futebol candango

  • Avatar
    11 de maio de 2022 em 22:01
    Permalink

    Que realmente essa emenda possa abranger a todos no futebol feminino , pois existe muito time que precisam desse apoio.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *