Real Brasília batalha, mas sofre a virada em Cotia

Após bela vitória na estreia em cima do Santos, o Real Brasília foi até São Paulo enfrentar o tricolor paulista no CT de Cotia. O time mandante estava pressionado após tropeçar em casa na primeira rodada e buscava a primeira vitória em cima das Leoas do Planalto.

O técnico Adelson repetiu a escalação da última partida e o time até conseguiu fazer uma boa atuação, abriu o placar, mas acabou sofrendo a virada em três lances de bola parada, além de desperdiçar algumas chances e parar na boa atuação da goleira Carla Maria. O duelo terminou em 3 a 1 para o São Paulo.

O Real Brasília termina a segunda rodada na oitava colocação e o São Paulo subiu para o quarto lugar. As Leoas do Planalto enfrentam o Bragantino na próxima rodada, no Estádio do Defelê, enquanto o SP vai até o Beira-Rio enfrentar o Inter, na segunda-feira, às 20h.

Primeiro tempo

Com muita chuva em Cotia, o campo se mostrava pesado e o jogo se desenhava muito mais físico do que técnico. A primeira chance das Leoas veio após cruzamento de Dany Helena para Maria Dias, onde a bola acabou parando numa poça de água, mas a atacante ainda finalizou, só que a zagueira tricolor acabou interceptando a finalização.

Aos 22 minutos, Gaby Soares fez linda jogada passando de duas defensoras e tocou para Nenê, que escorou e viu a bola bater na zagueira Giovana antes de entrar para o fundo das redes.

O Real Brasília seguia neutralizando bem qualquer tentativa ofensiva do São Paulo e deu sua quarta finalização do jogo com Maria Dias, que deu bom chute cruzado que passou com perigo assustando a goleira Carlinha. A primeira grande chegada do tricolor resultou em gol, após batida de escanteio de Micaelly, a zagueira Thaís Regina cabeceou sozinha na área para empatar o jogo.

Segundo tempo

Com apenas 48 segundos, Gaby Soares deu lindo drible no meio de duas e bateu ao lado do gol direito. No lance seguinte, Naná deu bom drible em cima de Bruna Natieli que acabou acertando a atacante, e a juíza Adeli marcou a penalidade. Micaelly, que deu passe para o primeiro gol, bateu com primor no canto direito para virar a partida.

Logo após o gol, quase Micaelly ampliou o placar após vacilo da goleira Dida e a meio-campista recebeu na entrada da área, bateu bem, a bola desviou e tirou tinta da trave esquerda. Real Brasília chegou perto do empate com Maria Dias que finalizou cruzado, mas Carlinha defendeu e a bola ainda bateu na trave antes de sair para escanteio.

Após falha de Isabela, Naná saiu na cara do gol com Dida, que executou uma grande defesa para manter o Real dentro da partida. Camila Pini deu grande passe para Geovana Alves, que na sua primeira bola no jogo desperdiçou uma grande chance de frente pro gol. Após nova cobrança de falta de Micaelly, Giovana apareceu na primeira trave para desviar de bico e fazer 3 a 1 para as mandantes.

Com 26′, Isabela cabeceou após cobrança de escanteio, Carlinha espalmou e a bola bateu na trave, rolou em cima da linha, mas a goleira pegou antes que a bola entrasse toda. Aos 40’, Carol Gomes fez grande jogada entrando na área, girou em cima da defensora e bateu com perigo ao lado do gol.

Ficha técnica

SÃO PAULO 3 × 1 REAL BRASÍLIA
Brasileirão Feminino 2022 – 2ª rodada
CT de Cotia, São Paulo, 14/03/2022, 17h30

Árbitro: Adeli Mara Monteiro (SP)
Assistente 1: Amanda Pinto Matias (SP)
Assistente 2: Veridiana Contiliani Bisco (SP)
Quarto Árbitro: Marianna Nanni Batalha (SP)

Real Brasília

Dida; Roberta (Natasha), Rafa Soares, Isabela Melo e Bruna Natieli (Carol Gomes) ; Petra (Camila Pini), Sassá e Gaby Soares (Vivian); Maria Dias (Marcela), Nenê e Dany Helena (Geovana Alves).
Técnico: Adilson Galdino

Gols: Nenê
Cartões amarelos: Sassá, Camila Pini e Isabela.
Cartões vermelhos: não houve

São Paulo

Carlinha; Giovana, Thais Regina, Pardal e Dani (Clara); Formiga, Maressa e Yaya (Serrana) ; Micaelly, Naná (Thays) e Shashá (Rafa Travalão).

Técnico: Lucas Piccinato

Gols: Thais Regina, Micaelly e Giovana.
Cartões amarelos: Maressa, Naná
Cartões vermelhos: não houve

João Paulo

Jornalista apaixonado em contar as histórias que o esporte proporciona. Boêmio e torcedor nas horas vagas.

João Paulo tem 141 posts e contando. Ver todos os posts de João Paulo

João Paulo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *