Foto: Júlio César Silva

Em jogo de 5 gols, Taguatinga foge do rebaixamento e Brasília não avança

Com objetivos diferentes na competição — o Brasília em busca da classificação ao quadrangular semifinal e o Taguatinga tentando se livrar do rebaixamento — as equipes foram ao campo do estádio Defelê na tarde deste sábado (19), para a última rodada da primeira fase do Candangão BRB 2022.

Primeiro tempo

Logo nos primeiros lances, as equipes buscaram o gol. Pelo Taguatinga, Matheus arriscou uma finalização de fora da área, obrigando Luan a efetuar a defesa em dois tempos. Na sequência, o Brasília respondeu com Lucas Victor, que, já no fundo, buscou João Agrella. O centroavante finalizou tirando tinta da trave direta do TEC.

Aos 15’, Agrella levou novamente o Colorado ao ataque e tocou para Titico finalizar. Antes que a bola parasse no fundo da rede, Bastita interviu e espalmou para escanteio.

Quatro minutos depois, em novo embate entre o camisa 11 e o goleiro do Taguatinga, Titico levou a melhor. Em arremate de fora da área, a bola morreu no canto direito – 1×0 Brasília.

Mais incisivo, o Brasília chegou novamente aos 22’. Johson foi ao fundo e cruzou rasteiro para Lucas Victor. De carrinho, o atacante chegou primeiro que os defensores, mas a bola acabou saindo para fora.

Blitz do Taguatinga

O Taguatinga voltou a levar perigo aos 27’. Em cobrança de falta, Wisman buscou Daniel Felipe na primeira trave. O defensor conseguiu desviar a bola, que passou rente ao poste esquerdo de Luan Carlos. No ataque seguinte, em lance parecido, Somália subiu mais alto que os defensores, mas a bola passou por cima do travessão.

Ainda na pressão, Wisman recebeu na meia lua da grande área e conseguiu o arremate mesmo cercado por dois marcadores, obrigando o goleiro Luan a jogar para escanteio.

Após a cobrança, a bola sobrou para Daniel Felipe, que, da entrada da área finalizou de perna esquerda no canto, obrigando novamente o goleiro Colorado a se esticar para evitar o gol de empate. O Brasília respondeu na marca dos 34’, com Agrella cabeceando para fora após cruzamento e, minutos depois, com Lucas Victor arrematando de fora.

Aos 40’, em passe por elevação, Henrique pegou a defesa do Brasília desprevenida e encontrou Wesley. O camisa 20 saiu cara a cara com Luan Carlos e não perdoou — 1×1.

Foto: Júlio César Silva

Segundo tempo

A etapa complementar começou no mesmo ritmo do primeiro tempo. Logo aos 4’, Wesley recebeu lançamento em profundidade, ganhou na velocidade e, de frente com Luan Carlos, tocou no meio das pernas do goleiro — 2×1 Taguatinga.

Aos 16’, o Brasília buscou o empate com Dadinho em bela jogada coletiva. No início do lance, Lucas Victor cobrou lateral rápido para Fabrício, o lateral cruzou nas costas da defesa, encontrando Titico, e o atacante ajeitou de cabeça para a chegada de Dadinho, da marca do pênalti, fazer o 2×2.

Com o relógio passando e ambas as equipes não chegando aos seus objetivos, a tensão da partida foi aumentando. Como consequência, a partida precisou ser paralisada em duas ocasiões por confusão entre os jogadores.

Já com bola rolando, as oportunidades claras de gol diminuíram em relação a primeira etapa. Na oportunidade mais clara, aos 38’, a defesa do Brasília bateu cabeça concedendo oportunidade para Wisman, que saiu cara a com Luan Carlos. O goleiro cresceu no lance e abafou a finalização.

Aos 42’, o Taguatinga chegou ao terceiro gol e deu números finais ao confronto. Wisman tabelou com Itamar, que cruzou para Kanté desviar no primeiro poste — 3×2 Taguatinga.

Com o resultado das outras partidas, o Taguatinga acabou se livrando do rebaixamento. Já o Brasília ficou de fora do quadrangular semifinal.

Ficha técnica

TAGUATINGA 3×2 BRASÍLIA

Campeonato Candango BRB – 2022 – 9ª rodada (primeira fase)
Estádio Defelê, Vila Planalto/DF – 19/02/2022, 15h30

Árbitro: Rafael Diniz
A1: Leila Cruz
A2: Matheus Felipe
4º árbitro: Bruno Moura

TAGUATINGA

Batista; Júlio César, Somália, Daniel e Evanilson; Luan, Matheus (Kanté), Henrique (Lyncom) e Foguinho (Ximenes); Wesley (Itamar) e Wisman

Gols: Wesley (40′ 1T e 4′ 2T) e Kanté (42′ 2T)
Cartões amarelos: Júlio César, Daniel, Kanté, Ximenes, Wesley
Cartão vermelho: não houve

BRASÍLIA

Luan Carlos; Fabrício, Vinícius Machado, Adilson e Ikaro; Dadinho, Johnson e Willian; Lucas Victor, Titico e João Agrella (Matheus Rocha)
Técnico: Luís Carlos

Gols: Titico (19′ 1T) e Dadinho (16′ 2T)
Cartões amarelos: Titico, Roger Kath e Tairone
Cartão vermelho: não houve

Marcus Rodrigues

Estudante de jornalismo da Universidade Paulista (Unip). Repórter do portal Metrópoles. Comentarista esportivo. Integra a equipe do DF Sports+ desde julho de 2019

Marcus Rodrigues tem 190 posts e contando. Ver todos os posts de Marcus Rodrigues

Marcus Rodrigues

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *