Foto: Reprodução/Instagram

Brasília Vôlei sofre novo revés no Sul-Americano de Clubes

Após estrear com derrota no Sul-Americano de Clubes, o Brasília Vôlei recebeu na noite desta sexta-feira (22) o Praia Clube, atual campeão mineiro, e sofreu novo revés por 3 sets a 0, apesar do bom jogo e terceiro set emocionante.

Na próxima rodada, marcada para amanhã (23), o Brasília Vôlei folga, enquanto o Praia Clube enfrenta as bolivianas do San Martin, às 21h, no ginásio Sesi Taguatinga. As candangas voltam a jogas no domingo (24), às 21h, contra o Club Olímpia.

O jogo

O primeiro ponto do jogo foi do Brasília, após erro na recepção do saque por parte das mineiras. Os pontos seguintes foram sendo trocados, e as equipes seguiram empatadas até o 8×8, quando o Praia conseguiu uma boa sequência e abriu cinco pontos de vantagem, que foi bem administrada até o final do primeiro set, encerrado em 25×19.

Diferente do primeiro set, o Praia Clube conseguiu abrir uma pequena vantagem desde o começo, que estava bem administrada até o 7×4. Foi então que a equipe brasiliense reagiu, chegando a encostar no placar, mas a reação não foi suficiente.

O clube mineiro se ajeitou em quadra e se recuperou no placar, abrindo nova vantagem, que foi de seis pontos durante boa parte do período. Então, após um ataque direto para fora da Sara, o Praia Clube fechou o set em 25×18.

Terceiro set

No terceiro set, um jogo à parte, e mais um começo equilibrado, com pontos trocados por ambas as equipes, mas com as mineiras conseguindo manter dois de vantagem. Entretanto, o Brasília conseguiu empatar no 7×7, e chegou a virar o placar, em 10×8.

O Brasília Vôlei abriu dois pontos e soube administrá-los. Após ótima sequência, a equipe de Rogério Portela chegou a abrir 21×17 com um belo ponto de segunda de Ana Cristina. A parada funcionou, e o clube mineiro encostou no placar, 22×21.

Os rallys seguiram de maneira sensacional, com cada ponto sendo batalhado até o final, e o Brasília teve o primeiro set point do jogo, que estava 24×23. Neneca tentou, mas o bloqueio mineiro pontuou, empatando o jogo.

A equipe da casa fez, as mineiras empataram. Em bloqueio para fora do Praia Clube, mais um ponto pro Brasília e outra chance de fechar o set. Carol atacou bem e empatou novamente o set em 26×26, e virou após erro de recepção.

Ariane recolocou o Brasília na frente com ponto de ace, mas ela mesma errou o saque em seguida, empatando novamente o placar. Em 31×31, o Praia se atrapalhou no bloqueio e Edna aproveitou para marcar, mas em seguida, a equipe errou o saque, e em mais um ataque para fora, as mineiras fecharam em 34×32.

Fim de jogo

Ao final da partida, Neneca, oposta do Brasília Vôlei, falou com o DFSports+. “Estamos vindo do Mineiro, e logo mais tem a Superliga A, o objetivo da nossa equipe é esse, mostrar o que a gente mostrou. A partir do momento que a gente pisa na quadra, não tem favorito, e buscaremos sempre até o final”.

Entrevista com Aline, central do Brasília Vôlei

Camila Bairros

Jornalista pós-graduada em jornalismo digital. Escrevo sobre o esporte candango e nas horas vagas assisto mais futebol

Camila Bairros tem 266 posts e contando. Ver todos os posts de Camila Bairros

Camila Bairros

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *