Foto: Reprodução/Instagram

Atletas do DF são convocadas para o Mundial de Flag Football

Cinco atletas do DF foram convocadas para defender o Brasil no Mundial de Flag Football, que será realizado entre os dias 6 e 8 de dezembro, em Israel, e contará com 42 seleções (masculinas e femininas) de 22 países.

A publicação das chaves dos jogos da Seleção Brasileira será divulgada no Instagram, onde além do chaveamento, será possível acompanhar os bastidores da equipe.

O Mundial terá transmissão ao vivo pelo YouTube, mas o canal ainda não foi disponibilizado. A preparação para o torneio está em andamento, e a equipe terá treinos abertos em Osasco-SP nos dias 16 e 17 de outubro, 6 e 7 e 20 e 21 de novembro.

O que é o Flag Football?

O Flat Football é uma modalidade esportiva que deriva do futebol americano, e tem como objetivo avançar com a bola pelo território adversário e alcançar a zona do rival, assim marcando pontos.

Então o que o difere do futebol americano? A não utilização de equipamentos de segurança, já que a maneira de tirar um jogador da jogada é através de uma bandeirinha na cintura, o que facilita a acessibilidade no esporte.

Foto: Reprodução/Instagram

Do Distrito Federal, foram cinco atletas convocadas para defender a amarelinha no Mundial: Amanda Boabaid (defensora), Camila de Silva Batista (defensora), Karolyne Priscyla dos Santos (quarterback), Lara Rodrigues Nesralla (recebedora e blitzer) e Pamela Peres (defensora).

É muito amor envolvido, acredito que todo esporte amador no Brasil precisa disso, a gente faz porque amamos demais o esporte, queremos que ele cresça e seja reconhecido, que mais pessoas tenham acesso e se apaixonem como a gente. É a realização de um sonho chegar na Seleção e participar de um Mundial.

Camilinha, capitã da Seleção Brasileira

Segundo a capitã, a expectativa para a disputa da competição está alta. “Estamos ansiosíssimas, ainda mais levando em consideração esse suspense causado pela pandemia, sem saber se aconteceria ou não o campeonato”, destacou Camilinha. “Esse campeonato em especial é muito importante para a gente, já que o Flag entrará para o The World Games 2022, e os oito primeiros Classificados do Mundial em Israel vão garantir presença. Além disso, atualmente somos a 6° melhor seleção do mundo, então vamos atrás de subir mais uns degraus no ranking”, completou a atleta.

Apesar da grande expectativa, existe uma grande dificuldade na preparação, causada pela falta de investimento na modalidade. Na capital federal, existe um único time feminino de Flag Football, o Brasílias Selvagens.

Como não existe investimento na área, as atletas estão tendo que criar iniciativas para tentar cobrir a viagem, como por exemplo, promovendo eventos para conseguir uma ajuda financeira. Para ajudar, basta acessar o site da equipe.

João Alexandre Matos

Apaixonado por esportes, buscando trazer a informação da melhor forma para o leitor.

João Alexandre Matos tem 16 posts e contando. Ver todos os posts de João Alexandre Matos

Avatar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *