Foto: Júlio César Silva

Seleção Feminina Sub-20 inicia período de preparação em Brasília

Com a presença e total incentivo do presidente da Federação de Futebol do Distrito Federal (FFDF), Daniel Vasconcelos e representantes do futebol feminino local, a CBF Social desembarcou em Brasília nessa segunda-feira (13), para uma série de eventos sobre a modalidade.

Na ocasião, o auditório do Hospital Home foi palco do primeiro dia do Workshop Teórico-Prático. O evento reuniu especialistas e profissionais da CBF, como a coordenadora de Seleções Femininas, Duda Luizelli, e a coordenadora de Competições Femininas, Aline Pellegrino.

Já na manhã desta terça-feira (14), no CT do Brasiliense, os participantes do workshop puderam acompanhar o treino da Seleção Feminina Sub-20, além de absorver ensinamentos do treinador Jonas Urias, da auxiliar, Jessica de Lima, do fisiologista, Rodrigo Manda, e demais integrantes da comissão técnica.

“A nossa federação vem sendo uma grande incentivadora do futebol feminino, tanto que a modalidade tem o terceiro maior número de participantes em competições nacionais, perdendo apenas para grandes centros, tal como São Paulo. E nós ficamos gratos pela CBF escolher o DF para um evento desse porte”, celebrou o presidente Daniel Vasconcelos, ao DF Sports+.

O Distrito Federal abriga até o próximo dia 21, a Seleção no CT do Brasiliense, onde a equipe realizará treinamentos diários e disputará dois jogos-treinos, contra Real e Minas Brasília, nos dias 18 e 21, respectivamente.

Estaremos sempre de portas abertas para as ações da entidade mãe, que vem elevando o nível do feminino, com eventos e novas competições. De antemão já quero parabenizar a todos os envolvidos nesse processo, além de agradecer à CBF Social, que tem ajudado tantas comunidades Brasil afora

Daniel Vasconcelos, presidente da FFDF

Crias de Brasília

Entre as 23 atletas convocadas pelo técnico Jonas Urias, três são velhas conhecidas do futebol candango: as atacantes Mileninha, Layssa e Analuyza.

Atualmente com as cores do Internacional, Mileninha acumula passagens pelo projeto da escolinha G12 de Brasília, pela ADEF e pelo Minas Brasília. Depois, migrou rumo ao Rio Grande do Sul, no fim de 2019, onde foi destaque no elenco de base e acabou selecionada para integrar o elenco profissional.

Após defender as equipes da ADEF e do Ceilândia, Layssa se destacou e despertou o interesse do Internacional em 2017. Depois, seguiu com as boas atuações e, no início desta temporada, foi contratada pelo Red Bull Bragantino, onde ajudou a equipe sair campeã do Brasileirão Série A2 deste ano.

Outra atleta que surgiu no Distrito Federal é a também atacante Analuyza Oliveira, que defende o Santos. Natural de Cristalina (GO), Analuyza é uma promessa brasileira que surgiu no projeto social ADC/BSB – tanto no futsal, quanto no futebol de campo – que visa dar oportunidade para crianças do Entorno. Com 16 anos, ela já soma várias convocações para categorias de base da Seleção.

Layssa, Mileninha e Analuyza durante os treinos desta terça
Foto: Júlio César Silva

Marcus Rodrigues

Estudante de jornalismo da Universidade Paulista (Unip). Repórter do portal Metrópoles. Comentarista esportivo. Integra a equipe do DF Sports+ desde julho de 2019

Marcus Rodrigues tem 167 posts e contando. Ver todos os posts de Marcus Rodrigues

Marcus Rodrigues

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *