Foto: Igo Estrela/Metropoles

Jacaré e Ferroviária empatam sem gols no Defelê

Pela segunda fase do Campeonato Brasileiro da Série D, Brasiliense e Ferroviária-SP empataram sem gols na tarde deste domingo (12) no estádio Ciro Machado (Defelê). As equipes tiveram algumas oportunidades, mas o jogo ficou bastante marcado e disputado, motivando o placar zerado.

Com o resultado, o jogo fica em aberto para ambas as equipes no jogo de volta marcado para o próximo sábado (18) em Araraquara-SP. Em caso de novo empate, a decisão da vaga se dará nos pênaltis.

O Jogo

No início do jogo, ambas as equipes trataram de se estudar e o jogo ficou carente de emoções. Jogando com maior preocupação defensiva, o Jacará anulou as principais jogadas da equipe paulista que teve apenas uma chance de marcar. Luan Dias recebeu passe pela esquerda, driblou a marcação e chutou da entrada da grande área. Sucuri espalmou e no rebote Jefinho chutou em cima da zaga e a bola foi para a linha de fundo.

O técnico Luan Carlos trocou o meia Alan Mineiro por Didira, e o time ganhou mais poder ofensivo. Mas foi a Ferroviária que voltou a assustar. Aos 14 após cobrança de escanteio, Bruno Leonardo cabeceou sozinho por cima do gol de Sucuri. Três minutos depois Tobinha acertou um chute despretensioso da quina da grande área. A bola iria entrar no cantinho se não fosse a ação imediata de Saulo que espalmou para fora.

Contando com a bola parada, O Brasiliense assustou a Locomotiva aos 22 minutos. Zé Love bateu falta colocada e Saulo fez a ponte para espalmar pela linha de fundo. Aos 44 a Ferroviária reclamou de um pênalti não marcado a seu favor quando Sandy tocou a mão na bola após cruzamento, mas o árbitro nada marcou.

Em mais uma cobrança de falta bem colocada, Zé Love obrigou Saulo a fazer uma grande defesa. E ficou nisso: Brasiliense zero, Ferroviária também zero.

Ficha técnica

Campeonato Brasileiro Série D 2021 – segunda fase – Jogo de ida
Estádio Ciro Machado (Defelê) – Vila Planalto – DF  – 12/09/2021, 15h

Árbitro: Irinaldo dos Santos Silva (BA)
A1: Marcos Welb Amorim (BA)
A2: José Carlos dos Santos (BA)
4º árbitro: Marcello Rudá (DF)
Analista de campo: Jamir Garcez (DF)

BRASILIENSE

Edmar Sucuri; Aldo, Badhuga, Gusttavo Henrique e Peu; Balotelli, Sandy e Alan Mineiro (Didira); Luquinhas (Carlos Eduardo), Tobinha (Maicon Assis) e Zé Love (Vitor Rangel).
Técnico: Luan Carlos

Gols: Não houve
Cartões Amarelos: Zé Love
Cartões Vermelhos: Não houve

FERROVIÁRIA-SP
Saulo; Léo Souza (Gustavo Medina), Léo Rigo e Bruno Leonardo; Bernardo, Marquinhos, Ian Lucas, Júlio Vitor (Victor Paraíba) e Bruno Santos; Jefinho (Gleyson) e Luan (Léo Castro).
Técnico: Elano

Gols: Não houve
Cartões Amarelos: Marquinhos, Guilherme e Samuel
Cartões Vermelhos: Não houve

Marcelo Gonçalo

Formado em Sistemas de Informação, optou pela carreira de Jornalismo a partir de 2008. Jornalista, comentarista e narrador esportivo, foi o principal repórter do site BloGama até 2018.

Marcelo Gonçalo tem 2815 posts e contando. Ver todos os posts de Marcelo Gonçalo

Avatar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *