Foto: Vinicius Schimidt/Metrópoles

Brasiliense empata com o Goianésia e garante vaga na 2ª fase da Série D

Jogando no estádio Valdeir de Oliveira, o Brasiliense empatou em 1×1 com o Goianésia, na tarde deste sábado (4), e garantiu a classificação à segunda fase da Série D do Campeonato Brasileiro. Com o resultado, o time do Distrito Federal terminou na 4ª posição do Grupo A5, e carimbou a vaga para enfrentar o líder do grupo A6, a Ferroviária-SP, na próxima etapa da competição.

Com um primeiro tempo apático, o Jacaré levou o gol nos primeiros minutos, e se viu dominado pelo Azulão do Vale. No segundo tempo, o esquadrão amarelo voltou determinado a reverter a situação, conseguiu marcar também nos minutos iniciais, e segurou o resultado para avançar de fase.

Primeiro tempo

Precisando da vitória, o Goianésia começou o jogo tentando atacar, e antes mesmo do primeiro giro do ponteiro, o volante Allef aproveitou a sobra de um cruzamento e efetuou uma bicicleta que levou perigo ao gol defendido por Sucuri. Já no lance seguinte, aos 3’, o atacante Rafael Soares atravessou o campo com a bola, tabelou com Marcos Paulo na entrada da grande área e finalizou forte, sem chances para o goleiro do Jacaré, para abrir o placar do jogo. 

Mesmo após marcar o primeiro gol, o azulão do vale não se acomodou e seguiu no ataque. Aos 15’, o lateral-direito Ygor foi à linha de fundo e cruzou para Renato, que subiu alto e cabeceou a bola no canto, exigindo grande defesa de Sucuri. Na sequência, aos 16’, o goleiro do Brasiliense precisou se esticar novamente para evitar que um cruzamento fechado de Rafael Soares balançasse as redes mais uma vez.

Depois de sofrer intensa pressão, o Brasiliense conseguiu encaixar a marcação e neutralizou as ações ofensivas dos anfitriões. No entanto, mesmo após melhorar a organização tática na partida, o esquadrão amarelo parou na boa marcação do Azulão e não conseguiu construir chances de gol.

O primeiro lance de perigo do Jacaré só ocorreu aos 40’. Após cobrança de falta de Peu, o goleiro Luan rebateu a bola na pequena área, mas, no rebote, Gustavo Henrique isolou a oportunidade de igualar o placar. Quatro minutos depois, o time do DF voltou a assustar o Goianésia em jogada individual de Tobinha, que driblou dois marcadores, entrou na grande área, chutou cruzado e tirou tinta da trave. 

Segundo tempo

No segundo tempo, o Brasiliense voltou melhor e seguiu crescendo na partida. Logo aos 3’, após falha do goleiro do azulino, Tobinha foi esperto e finalizou para o gol aberto, mas a bola passou rente a linha e não entrou. No lance seguinte, aos 6’, Luquinhas, que entrou no lugar de Maicon Assis, lançou a bola para Tobinha que, cara a cara com o arqueiro adversário, deu um toque sutil para empatar o jogo em 1×1.

Com o placar à seu favor, o time do Distrito Federal seguiu atacando e, por pouco não ampliou a vantagem com Zé Love, que cobrou falta na entrada da grande área e exigiu grande intervenção de Luan. Na maior parte da segunda etapa, os times protagonizaram disputa acirrada pela posse de bola e tentaram aproveitar os poucos espaços deixados pelas defesores para criarem chances de gol.

No entanto, com sistemas defensivos bem compactos, outra oportunidade clara para balançar as redes só surgiu aos 42’, quando em contra-ataque rápido, Luquinhas serviu Zé Love na grande área, mas o atacante do amor finalizou cruzado pra fora.

A resposta do Goianésia ocorreu no lance seguinte, aos 43’. Em jogada pela direita, João Celeri, que substituiu Marcos Paulo, recebeu um passe de Wellington, que entrou no lugar de Tibúrcio, e efetuou um fortíssimo chute, que foi milagrosamente defendido por Sucuri, que voou no canto para evitar o gol do Goianésia no último lance do jogo.

FICHA TÉCNICA

Goianésia 1×1 Brasiliense

Campeonato Brasileiro série D – Primeira fase – Décima quarta Rodada

Estádio Valdeir José de Oliveira, 04/08/2021, 16:00h

Árbitro central: Adriano de Assis Miranda – GO

A1: Cristhian Passos Sorence – GO

A2: Edson Antonio de Souza – GO

Quarto árbitro: Gabriel dos Santos Queiroz – GO

Escalação Brasiliense

Sucuri; Ferrugem (Sandy), Badhuga, Gustavo Henrique ePeu; Aldo, Zotti (Didira) e Balotelli; Tobinha (Jorge Henrique) Maicon Assis (Luquinhas) e Zé Love.

Gols: Tobinha (6’ 2ºT)

Cartão amarelo: Badhuga e Jorge Henrique.

Cartão vermelho: Não houve.

Escalação Goianésia

Luan; Ygor (Alemão), Tibúrcio (Wellington), Allef e Sobral(Brumati); Renato, Kallyl, Zizu e Rafael Soares; Thiago Rubim (João Lucas) e Marcos Paulo (João Celeri).

Gols: Rafael Soares (3’1ºT)

Cartão amarelo: Marcos Paulo, Luizão Silva, Renato e Alemão.

Cartão vermelho: Não houve.

Braian Bernardo

Estudante de jornalismo, apaixonado por futebol e torcedor do esporte candango.

Braian Bernardo tem 35 posts e contando. Ver todos os posts de Braian Bernardo

Avatar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *