Torneio para surdos mostra a importância de eventos exclusivos para deficientes auditivos

Neste domingo (01), foi realizado, no Clube Caeso-Caesb Esportiva e Social, o Campeonato brasiliense de futebol Society para surdos através da Federação Brasiliense Desportiva dos Surdos (FBDS), com parceria da Secretaria Extraordinária da Pessoa com Deficiência do DF (SEPD), da Companhia de Saneamento Ambiental do Distrito Federal (CAESB, e também do Clube Caeso.

O evento em tela contou com a participação de 28 surdoatletas. Três equipes participaram do torneio. A ASB (Associação dos Surdos de Brasília) conquistou o título, vencendo os dois jogos. A ASDB (Associação Desportiva dos Surdos de Brasília) e a ASSURP ( Associação Socio Cultural dos Surdos de Planaltina) ficaram em 2º e 3º lugar, respectivamente.

A equipe campeã. Foto: FBDS

Destaque para Ederson Nascimento, surdoatleta da ASB, que além de ganhar o prêmio de artilheiro, foi escolhido como melhor jogador da competição. Brilhou também no campeonato Daniel Baima, arqueiro da ASSURP, que foi escolhido como melhor goleiro da competição.

A Federação Brasiliense foi fundada em 2007, e participa de eventos regionais, nacionais e internacionais representando o Distrito Federal. Todos os anos, a FBDS organiza um evento por modalidade, e são selecionados os melhores surdoatletas para compor a Seleção Brasiliense de cada modalidade.

A seleção de futebol society disputará o Campeonato Brasileiro de Futebol de Surdos nos dias 13, 14 e 15 de novembro de 2021, promovida pela Confederação Brasileira de Desportos de Surdos (CBDS). A seletiva para entrar nessa equipe será feita por um técnico, que está sendo procurado pela Federação.

A existência dos jogos exclusivamente dos surdos começou a partir de 1924 mundialmente, e a partir dos anos 1950 no Brasil. No DF, esses jogos são realizados desde os 2007.

Os problemas vivenciados pela comunidade surda são velhos conhecidos da sociedade brasileira. Mesmo assim, os obstáculos à inclusão social desse grupo ainda persistem, por maiores que sejam os avanços obtidos. Os ambientes especializados e adaptados para atender à essas necessidades são raros, e a comunicação muitas vezes se transforma em um verdadeiro sofrimento para quem tem essa deficiência, surdez e/ou deficiência auditiva.

A importância desses eventos é a troca de experiência vivida, a cultura da comunidade surda, entre outros. O evento exclusivo para pessoas surdas e com deficiência auditiva é importante para ganhar autoestima, livre da barreira de comunicação, e sentir união como uma família.

Gladison Rocha, presidente da FBDS

Filipe Fonseca

Técnico em Informática e Estudante de jornalismo. Falo e escrevo sobre esportes e músicas. Torcedor nas horas vagas.

Filipe Fonseca tem 41 posts e contando. Ver todos os posts de Filipe Fonseca

Filipe Fonseca

Um comentário em “Torneio para surdos mostra a importância de eventos exclusivos para deficientes auditivos

  • Avatar
    4 de agosto de 2021 em 08:41
    Permalink

    Olá!
    Valorização do atleta, em especial quando o mesmo tem duplicidade de superação é louvável, assim com o valor dado pela imprensa, ao divulgar, de forma a reconhecer sua importância, como se vê na presente publicação.
    Parabéns!

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *