Com chuva de cartões e seca de gols, Brasiliense dá adeus a Copa do Brasil

Na tarde desta quinta-feira (10), o Jacaré recebeu o tricolor gaúcho pelo duelo de volta da Terceira Fase da Copa do Brasil. Contudo, mesmo precisando de uma vitória por dois gols, os candangos não conseguiram ser efetivos ofensivamente e a partida terminou em um empate por 0x0. O Imortal também teve chances não aproveitadas e agora se junta aos já classificados Santos, Bahia, CRB, São Paulo, Fluminense, Criciúma, Athletico-PR, Atlético-GO, Juazeirense, ABC e Vasco nas oitavas de final.

O jogo começou devagar, com muita disputa no meio campo e o Grêmio administrando a vantagem feita na semana passada. O Brasiliense tentou correr atrás do prejuízo e criou algumas oportunidades de gols, a melhor dela nos acréscimos da etapa, em falta batida por Zé Love, onde a bola quase entrou após um desvio e uma confusão na área tricolor. Outro lance que marcou o tempo inicial foi a torção de tornozelo do Sucuri, que seguiu em campo após atendimento.

A volta do intervalo foi mais animada: com as substituições do técnico Tiago Nunes, o tricolor foi para cima e tentou o gol – sem sucesso. O Jacaré não se abateu e também teve suas tentativas de balançar a rede, porém o dia não estava propício para isso. Nenhuma finalização conseguiu entrar dentro da baliza e, mesmo com a expulsão de Zotti no meio da etapa final, os gaúchos seguiram jogando com a vantagem da ida, o que resultou em um empate justo após os 90 minutos.

O jogo

Primeiro tempo

O Brasiliense foi o primeiro a arriscar em gol, logo aos 3′, com Peninha em um chute que saiu ao lado da meta de Paulo Victor. A partida estava amarrada no meio campo, com marcações bem apertadas dos dois lados, o que dificultou a criação de jogadas nos primeiros minutos. Com 8′ no relógio, o Grêmio veio com Léo Chú, que criou boa oportunidade pela esquerda ao tabelar com Ricardinho, mas foi travado pelo Badhuga na hora de finalizar.

Os candangos responderam dois minutos depois, quando Luquinhas pedalou na ponta esquerda, arriscou de longe e viu Paulo Victor encaixar com tranquilidade. Aos 18′, Edmar Sucuri levou a pior em uma dividida, torceu o tornozelo e precisou de atendimento médico – a bola voltou a rolar após cinco minutos de paralisação. O duelo esfriou depois disso e foi apenas aos 35′ que outro chute ocorreu: Lídio mandou por cima do gol gremista.

Já nos acréscimos, Paulo Victor saiu jogando errado, Luquinhas ficou com a bola, partiu em velocidade e Geromel parou ele antes do chute. Cartão amarelo para o zagueiro e falta a favor do Jacaré. Zé Love foi para a cobrança com um chute cruzado, a bola foi desviada, tocou no Paulo Victor e ficou viva dentro da área até a zaga gaúcha afastar o perigo, naquele que foi o melhor e último lance de perigo da etapa inicial.

Foto: Júlio César Silva

Segundo tempo

O Imortal voltou do vestiário com Ferreira e Diego Souza – titulares absolutos da equipe. E o Diego Souza teve uma chance logo nos seus primeiros segundos em campo, Jhonata Robert cruzou para o atacante, mas ele não conseguiu finalizar. Os tricolores dominaram os cinco minutos iniciais da etapa complementar, só que não conseguiram transformar esta superioridade em gols. Aos 9′, o Jacaré atacou: Sandy tentou na entrada da área e viu Paulo Victor defender.

Apenas dois minutos depois, Zé Love desceu pela direita em um contra ataque e cruzou para o Luquinhas, que emendou de primeira – com muita força – por cima do gol do Grêmio. Em falta na sequência, os candangos reclamaram, acintosamente, de bola na mão do Kannemann, porém Wanderson Alves mandou o jogo seguir. A posse ficou com os gaúchos, Diego Souza desceu pela direita e cruzou para Ferreira cabecear para fora, rente à trave do Sucuri.

Com 19′ no relógio, o Brasiliense teve falta frontal, porém Peu bateu por cima do gol adversário. O time amarelo seguiu pressionando em busca do gol, só que sem a efetividade necessária para marcar. Aos 26′, Ferreira arriscou de dentro da área e quase abriu o placar para o tricolor, mas viu a bola saindo ao lado da meta defendida por Edmar Sucuri. Quatro minutos depois, Zotti reclamou, levou amarelo e, após 44 segundos, cometeu falta dura, recebeu outro amarelo e foi expulso.

Os gaúchos se lançaram no ataque e Ferreira acertou o travessão após boa jogada pela esquerda aos 33′. Dez minutos mais tarde, Tobinha fez um recuo muito ruim para o Sucuri, a bola sobrou para o Victor Bobsin – que havia acabado de entrar – e ele arriscou de primeira, obrigando Sucuri a fazer boa defesa. Nos acréscimos, 48′, o Grêmio ainda teve uma chance em uma falta da entrada da área, só que Diego Souza desperdiçou ao mandar na barreira e o placar ficou em 0x0 após o apito final.

Ficha técnica

BRASILIENSE 0 X 0 GRÊMIO

Copa do Brasil 2021 – Terceira Fase – Jogo de volta
Estádio Serejão, Taguatinga – DF, 10/06/2021, 15h30

Árbitro: Wanderson Alves de Sousa (MG).
Assistente 1: Felipe Alan Costa de Oliveira (MG).
Assistente 2: Ricardo Junio de Souza (MG).
Quarto Árbitro: Luiz Paulo da Silva Aniceto (DF).
Inspetor: Marrubson Melo Freitas (DF).

Brasiliense

Edmar Sucuri; Diogo, Badhuga, Keynan e Peu; Lídio (Tobinha), Sandy (Balotelli), Peninha (Carlos Eduardo) e Zotti; Luquinhas (Didira) e Zé Love (Victor Rangel).
Técnico: Vilson Taddei.

Gols: não houve.
Cartões amarelos: Peu, Lídio, Vilson Taddei (técnico), Diogo, Luquinhas, Zé Love e Zotti.
Cartão vermelho: Zotti.

Grêmio

Paulo Victor; Vanderson, Geromel, Kannemann e Cortez; Thiago Santos, Lucas Silva (Maicon) e Jean Pyerre (Luiz Fernando); Jhonata Robert (Victor Bobsin), Léo Chú (Ferreira) e Ricardinho (Diego Souza).
Técnico: Tiago Nunes.

Gols: não houve.
Cartões amarelos: Pedro Sotero (auxiliar), Geromel e Paulo Victor.
Cartões vermelhos: não houve.

Lucas Bohrer

Jornalista esportivo formado em Comunicação Organizacional pela UnB. Viciado em acompanhar esportes e fascinado pela ideia de poder dar mais visibilidade a modalidades geralmente esquecidas.

Lucas Bohrer tem 101 posts e contando. Ver todos os posts de Lucas Bohrer

Lucas Bohrer

Um comentário em “Com chuva de cartões e seca de gols, Brasiliense dá adeus a Copa do Brasil

  • Avatar
    11 de junho de 2021 em 08:52
    Permalink

    0x0, 😉, era difícil o 2×0 para o Brasiliense.
    Parabéns ao CRB, ABC, Juazeirense, Criciúma, Vasco é demais times classificados nas oitavas de final👍🏻

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *