Unaí abre vantagem, mas leva o empate do Capital

A tarde começou muito bem para o time mineiro, que recebeu o Capital no Urbano Adjuto. Com apenas 40 segundos de jogo, Akim abriu o placar, que foi ampliado ainda na primeira etapa.

Mas após diversas mudanças na equipe, Rogério Mancini conseguiu mostrar o porquê de o Capital estar invicto até então – 12 pontos em quatro jogos -, correu atrás do resultado e empatou a partida.

Primeiro tempo

Com menos de um minuto de jogo, o Unaí já mostrou o porquê de estar brigando pela liderança do grupo A do Candangão. Akim recebeu na entrada da área, a defesa não combateu, e a bola acabou no fundo das redes.

O Capital teve a chance de empatar aos 7′, mas a defesa bloqueou e a bola foi para escanteio. O jogo era lá e cá, com a Coruja tentando chegar com jogadas trabalhadas e o Unaí na velocidade.

Com 25 minutos de jogo, os donos da casa ampliaram o placar. Hiwry deixou a marcação para trás e soltou a bomba. Unaí 2×0 Capital.

Com grande desvantagem no placar, o Capital voltou ao ataque com Filipe Cirne. O atacante chegou perto da meta adversária, mas com muita marcação e sem ter para quem passar a bola, arriscou de fora, sem sucesso.

Pela esquerda, Cabralzinho também teve a chance de diminuir o placar, mas a finalização cruzada foi direta para fora. Em seguida, o camisa 7 deixou o braço no rosto de Gabriel e acabou amarelado.

Segundo tempo

O técnico Rogério Mancini promoveu uma série de mudanças em busca de um melhor resultado na segunda etapa. Aos 7′, Douglas Candango, que há pouco havia entrado, arrancou com a bola mas foi travado na finalização.

Com a marcação em cima, o Capital optou pela jogada aérea. Miguel conseguiu bom cruzamento, na cabeça de Romarinho, que finalizou para fora.

As mudanças surtiram efeito aos 18′. Filipe Cirne puxou pela esquerda até a linha de fundo e cruzou baixo, nos pés de Romarinho, para diminuir o placar.

Foto: Capital

O Capital conseguiu chegar novamente e foi parado com falta. Mykaell foi para a cobrança, e a bola passou perto do travessão. E, aos 26′, veio o empate. Douglas Candango chegou com velocidade, foi parado pelo goleiro Lucão e o pênalti foi marcado. O próprio Douglas foi para a cobrança e marcou.

Nesse momento, o Capital era superior no jogo, e chegou a ter a chance de virar a partida aos 33′ com Romarinho, que recebeu livre pela esquerda, mas o bandeira assinalou impedimento e invalidou a jogada.

Nos últimos minutos de jogo, foi a vez do Unaí voltar a pressionar em três oportunidades. Na primeira, Romário ficou cara a cara com o goleiro, que fez grande defesa. Em seguida, Gabriel cobrou uma falta perigosa que balançou as redes pelo lado de fora.

E no último lance de jogo, a polêmica da partida: Romário chegou na pequena área, e já com chance de finalizar, acabou escorregando. Conseguiu recuperar, mas nisso, chegou a marcação de Islan. Na hora de cortar para dentro e chutar, Islan acabou deixando o pé e derrubando o jogador da equipe mineira, que caiu pedindo pênalti. O árbitro Maguielson não deu a penalidade e mostrou o amarelo por simulação.

Fim de jogo

Com um tempo de destaque para cada time, o empate acabou sendo o resultado justo. Ambas as equipes seguem na segunda colocação de seus grupos, o Unaí com 10, e o Capital com 13.

Na próxima rodada – a última da primeira fase do Candangão -, os jogos serão todos no sábado (10), às 15h30. O Capital recebe o Taguatinga no Serra do Lago, enquanto o Unaí visita o Brasiliense no Serejão.

FICHA TÉCNICA

UNAÍ 2×2 CAPITAL

Campeonato Candango 2021 – Primeira Fase – Quinta rodada
Estádio Urbano Adjuto – Unaí, 07/04/2021, 15h30

Árbitro: Maguielson Lima Barbosa
A1: Daniel Henrique da Silva Andrade
A2: Josieliton Silva Dos Santos
Quarto Árbitro:​ Allysson de Souza Zilse

Unaí

Lucão; Gelsinho, Juninho, José Leandro e Ezio; Samuel, Akim, Gabriel e Hiwry (Brendon); Diego Clementino (Romário) e Tiaguinho
Técnico: Roberto Gaúcho

Gols: Akim (1′ 1T) e Hiwry (25′ 1T)

Cartões amarelos: Hiwry, Romário

Capital

Luan; Wester (Jair Júnior), Peixão, Islan e Fabrício; Miguel (David Souza), Maicom, Leozynho (Romarinho) e Mykaell; Filipe Cirne e Cabralzinho (Douglas Candango)
Técnico: Rogério Mancini

Gols: Romarinho (18′ 2T) e Douglas Candango (27′ 2T)

Cartões amarelos: Cabralzinho, Wester, Maicom, Filipe Cirne, Mykaell e Leozynho

Camila Bairros

Jornalista pós-graduanda em jornalismo digital. Trabalha com esportes e, nas horas vagas, assiste futebol e pratica mais esportes.

Camila Bairros tem 136 posts e contando. Ver todos os posts de Camila Bairros

Camila Bairros

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *