Foto: Nadine Oliver

Brasília Vôlei se reergue e empata série melhor de três

Depois da derrota amarga de ontem, os brasilienses entraram na quadra do Sesi Taguatinga para um duelo de vida ou morte nas quartas de final da Superliga B – em caso de novo revés, os candangos dariam adeus à competição e às chances de participar da Superliga A na próxima temporada.

Mas o Brasília Vôlei não deu chance ao azar, dominou a partida e derrotou os paulistas do Vôlei Futuro por 3 sets a 1 – parciais de 30/28, 25/17, 20/25 e 25/19. As equipes voltarão a duelar amanhã (3), também às 16h, no Sesi Taguatinga, para definir quem se classificará para as semifinais do torneio.

Eleito o melhor em quadra, o ponteiro Lucaian recebeu o Trófeu Viva Vôlei após uma bela exibição nesta tarde, ele foi a grande aposta do treinador Marcelo Thiessen para a equipe titular nesta sexta-feira (3). Outros atletas que se destacaram do lado brasiliense foram o levantador Paulo L., o oposto Alex, o central Dutra e o ponteiro Kelvin. Pelos paulistas, o grande destaque foi o ponteiro João.

Foto: Nadine Oliver

O confronto começou muito equilibrado, e com um primeiro set intenso e recheado de trocas no comando do placar, os candangos conseguiram se impor no final e fechar a primeira parcial com vitória. O set seguinte foi vencido com facilidade pelo Brasília, que dominou o período do início ao fim.

Na terceira parcial, o Vôlei Futuro reagiu para ameaçar a vitória brasiliense, porém, no último quarto os candangos voltaram a comandar regidos por Lucaian, para forçar o terceiro jogo amanhã. O duelo, que vale vaga nas semifinais, promete muita emoção.

O jogo

Primeiro set

Com Lucaian no lugar de Cristiano, o Brasília Vôlei começou com outra postura a partida de hoje, que foi bastante equilibrada durante a primeira parcial. Lucas Henrique fez o primeiro ponto do duelo para o Vôlei Futuro, mas os brasilienses não se abalaram e trocaram pontos com os paulistas, com direito a vários erros para os dois lados.

Os primeiros a abrirem vantagem de dois foram os donos de casa, após erro de Bruno, marcando 8/6 no placar. Mas o time de Araçatuba não se intimidou, tirou a desvantagem e o confronto seguiu equilibrado, com várias trocas de liderança. Após um bloqueio, os paulistas marcaram 17/15, obrigando Marcelo Thiessen a pedir tempo.

A parada fez bem ao Brasília Vôlei, que, aos poucos retomou o equilíbrio e reassumiu a dianteira no placar após belo corte de Dutra: 22/21. Depois disso as equipes ficaram trocando pontos – um para lá, dois para cá – até que no sexto set point os brasilienses conseguiram fechar o período em 30/28 após um ataque paulista na rede.

Segundo set

Os paulistas sentiram a derrota na primeira parcial e os candangos aproveitaram o bom momento para colocar uma boa vantagem no início do período: 3/0 após bloqueio de Rubbo, 5/1 com um ace do Rubbo depois de erro na recepção do líbero William e 7/2 com uma bola cruzada de Alex.

Com uma folga no placar, o Brasília Vôlei ficou trocando pontos com o adversário, que chegou a ameaçar ao diminuir para 10/8 – após três erros seguidos dos brasilienses. Mas com dois bons ataques seguidos, voltaram a ficar confortáveis em bela cortada de Kelvin, 12/8, que fez o técnico Angelo Vercesi parar o jogo.

Aos poucos, os candangos foram ampliando ainda mais a vantagem, chegando a 17/10 – em um ataque de Lucaian – e 21/13 – depois de um belo ace de Dutra – até fechar a parcial em 25/17 com uma bomba de Rubbo que definiu o placar final em um período amplamente dominado pelo Brasília.

Foto: Nadine Oliver
Terceiro set

Os jogadores de Araçatuba se reergueram para a terceira parcial e conseguiram reequilibrar o duelo, mesmo assim os brasilienses seguiram liderando o placar, com direito a uma paralela magnífica de Lucaian, e marcaram 8/6 depois de um erro de ataque de Lucas.

Quando parecia que os candangos voltariam a dominar o duelo, a arbitragem atrapalhou. Alex colocou uma bola cruzada dentro da quadra paulista, porém, o juiz deu fora e acabou desestabilizando os jogadores da casa. Dessa forma, os times ficaram trocando pontos sem ninguém se desprender no placar.

Mas o Brasília Vôlei cometeu dois erros seguidos deixando o Vôlei Futuro abrir 15/13 e forçando Marcelo Thiessen a pedir tempo. Apesar de um bom retorno, os donos da casa voltaram a errar em sequência, o que motivou outra parada do seu treinador quando o placar ficou em 20/17 para os visitantes. Os brasilienses continuaram errando e os paulistas venceram o período por 25/20 com um bom ataque de Kaio “Timbó”.

Quarto set

O Brasília Vôlei voltou à quadra com sede de vitória, querendo acabar com a partida e não dar chance ao azar. Capitalizando com erros adversários e com Lucaian inspirado, a equipe abriu 7/3 e Angelo Vercesi pediu tempo técnico para recuperar a moral o time paulista. Funcionou, e os visitantes encostaram no placar – 7/6 – após erros dos candangos.

O duelo voltou a ficar equiparado e as equipes ficaram trocando pontos até os candangos aproveitarem um erro adversário para marcar 14/11. O Vôlei Futuro chegou a equilibrar novamente, mas o Brasília capitalizou bolas importantes para colocar 20/15 no placar. Depois disso foi só questão de tempo para os brasilienses ganharem o set e o jogo com um lindo ace de Lucaian: 25/19.

Ficha técnica

BRASÍLIA VÔLEI/UPIS 3×1 VÔLEI FUTURO ASSAÍ
30/28, 25/17, 20/25 e 25/19

Brasília Vôlei

Paulo L./Alex, Rubbo/Dutra, Kelvin/Lucaian. Líbero: Matheus S.
Entraram: Carlos Henrique, Lucena, Thiaguinho, Cristiano e Índio.
Técnico: Marcelo Thiessen.

Vôlei Futuro

Christiano/João Ricardo, Bruno/Lucas Henrique, Arthur/Kaio. Líbero: William.
Entraram: Léo Rocha, Alex, Renan, Mateus e JP.
Técnico: Angelo Vercesi.

Lucas Bohrer

Jornalista esportivo formado em Comunicação Organizacional pela UnB. Viciado em acompanhar esportes e fascinado pela ideia de poder dar mais visibilidade a modalidades geralmente esquecidas.

Lucas Bohrer tem 52 posts e contando. Ver todos os posts de Lucas Bohrer

Lucas Bohrer

Um comentário em “Brasília Vôlei se reergue e empata série melhor de três

  • Avatar
    2 de abril de 2021 em 21:53
    Permalink

    Vai dar tudo certo amanhã 😀Brasilia Volei

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *