Dirigentes da Federação e Clubes pedem apoio de Distrital pela liberação do futebol

Os doze clubes que disputam o Campeonato Candango estão cada dia mais preocupados com o futuro. Sem poderem realizar suas atividades graças aos reflexos da pandemia, paira a dúvida de quando terão sinal verde do Governo para voltarem à ativa.

Desde que o Campeonato foi paralisado na última sexta-feira (12), dirigentes de clubes e da Federação de Futebol do DF articulam formas de retomarem os treinos e viabilizarem os jogos. Uma das alternativas foi colocada em prática nesta segunda-feira (15). Os presidentes de Gama (Weber Magalhães), Ceilândia (Ari Almeida), Brasiliense (Luíza Estêvão) e Capital (Godofredo Gonçalves), juntamente com o presidente da Federação de Futebol do DF (Daniel Vasconcelos), tiveram uma reunião com o Presidente da Câmara Legislativa do DF, o Deputado Distrital Rafael Prudente (MDB), para intervir junto ao Governador Ibaneis Rocha por uma autorização para a retomada do esporte no DF.

O argumento dos Dirigentes é que a continuação do futebol não oferece risco à saúde publica, uma vez que os envolvidos na competição seguem um rígido protocolo sanitário de controle da doença. Após a reunião, o Deputado se comprometeu a conversar com o Governador, e se mostrou otimista quanto à liberação: “Estou acompanhando de perto a situação e também conversando com o Governador sobre o tema. Os clubes devem receber autorização para retomar os trabalhos no dia 22, quando vence o decreto do governo e algumas atividades devem ser liberadas” comentou Prudente em suas redes sociais.

O temor é por um “jejum” muito mais longo, à exemplo de que aconteceu em 2020, quando o Candangão ficou paralisado por quatro meses, gerando um grande prejuízo aos clubes na ocasião. Sem atividades, os clubes podem perder patrocínios e rendimentos, sendo obrigados a arcarem com todas as despesas relativas ao elenco como salários, alimentação e hospedagem.

Leia abaixo a nota da Federação de Futebol do DF sobre a reunião desta segunda-feira:

“Em reunião realizada na tarde desta segunda-feira (15), o presidente da Federação de Futebol do Distrito Federal (FFDF), Daniel Vasconcelos, juntamente de uma comissão formada por presidentes de clubes, estiveram com o deputado distrital Rafael Prudente, presidente da Câmara Legislativa do DF (CLDF). Em pauta estava um pedido de articulação junto ao governador Ibaneis Rocha e os órgãos competentes para o retorno das atividades esportivas na capital federal, mais especificamente o futebol. Após um diálogo bem conduzido, o parlamentar se comprometeu em tentar uma conversa com Ibaneis, para que num próximo decreto, fosse reconsiderada a suspensão do esporte. De acordo com Daniel, já é uma preocupação de ambos os lados. “Estamos todos preocupados com as vidas que podem estar em risco no âmbito da sociedade como um todo. Mas mostramos na reunião todos os cuidados sanitários, com o cumprimento dos protocolos e que o futebol também está trazendo um benefício para a população, pois os envolvidos trabalham devidamente testados em períodos que nos orienta os órgãos de saúde”, comentou o mandatário do futebol no DF.

Marcelo Gonçalo

Formado em Sistemas de Informação, optou pela carreira de Jornalismo a partir de 2008. Jornalista, comentarista e narrador esportivo, foi o principal repórter do site BloGama até 2018.

Marcelo Gonçalo tem 2999 posts e contando. Ver todos os posts de Marcelo Gonçalo

Avatar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *