Foto: Igo Estrela/Metrópoles

Carlos Eduardo desencanta e Brasiliense goleia o Luziânia no Serra do Lago

Nesta quarta-feira (3), o Brasiliense foi até o Serra do Lago, em Luziânia, para estrear no Candangão 2021. O jogo foi válido pela primeira rodada, e havia sido adiado devido à final da Copa Verde, vencida pela equipe amarela.

Mesmo atuando com o time reserva, o Jacaré venceu por 4×0 e assumiu a vice-liderança do Grupo B. Já o Luziânia, que também fez sua estreia, amarga a lanterna do Grupo A.

Primeiro tempo

Em jogo que começou bastante truncado, Romarinho quebrou o gelo aos 9 minutos, puxando para o meio e acertando um belo chute colocado no ângulo após boa jogada de Bruno Nunes.

Aos 21′, Jefferson Maranhão arrancou bem na direita e deixou o centroavante Bruno Nunes tranquilo para só tirar do goleiro e marcar o segundo gol do Brasiliense na partida.

Com a vitória bem encaminhada ainda no começo da partida, o Jacaré fez sua primeira substituição cedo. Balotelli sentiu dores musculares e foi substituído por Radamés.

Mesmo com a vantagem no placar, o Brasiliense seguia atacando muito, Diego quase fez o dele, que seria o terceiro da equipe, mas o goleiro Matheus fez boa defesa. Na cobrança de escanteio, Matheus não conseguiu evitar o toque do seu companheiro Robinho, que ao tentar cortar, teve uma infelicidade e tocou contra o próprio gol.

Apenas nos escanteios o Luziânia conseguia ameaçar um pouco o gol do goleiro Fernandes, e foi assim que Rodrigo Menezes cabeceou com perigo, perto da trave. Em cobrança de falta, o Luziânia quase descontou novamente.

Foto: Igo Estrela/Metrópoles

Segundo tempo

O Brasiliense voltou para o segundo tempo também adotando uma postura ofensiva e, em contragolpes, o Luziânia tentava responder. Tatuí e Titico finalizaram com perigo.

A equipe mandante estava conseguindo neutralizar melhor as investidas do Jacaré, e apresentava uma postura mais ofensiva. E um dos ataques, Goduxo arriscou de fora e a bola passou raspando a trave. O próprio Goduxo fez belo cruzamento, que foi desperdiçado por Romário.

Titico aplicou um grande drible em Gustavo Henrique, mas na hora de finalizar, chutou meio sem direção e a bola acabou subindo demais. O lado direito da defesa do Brasiliense sofria com Titico e Goduxo.

Aos 38′, Diogo cruzou para Rodrigo Fumaça que emendou um belo voleio, mas o goleiro Matheus defendeu. Logo depois, Fumaça finalizou novamente com perigo e Matheus de novo apareceu para salvar o Luziânia.

E com o jogo chegando ao fim, aos 44′, o experiente Carlos Eduardo recebeu de Rodrigo Fumaça e, de canhota, acertou uma bomba no ângulo para fazer 4×0 para o Jacaré.

Fim de jogo

O Brasiliense imprimiu um ritmo forte na primeira etapa e conseguiu construir uma ótima vantagem de três gols. O Luziânia voltou melhor na segunda etapa, mas não conseguiu furar o gol de Fernandes. Já no final da partida, o experiente Carlos Eduardo marcou o seu primeiro gol após nove jogos vestindo a camisa amarela.

O Luziânia jogará a segunda rodada do Candangão neste sábado (6), quando entra em campo contra o Sobradinho, às 15h30, no estádio Diogão. E também pela segunda rodada, o Brasiliense enfrenta o Samambaia no domingo (7), novamente no Serra do Lago, às 15h30.

Os jogos estão sendo no Entorno do DF, já que o governador Ibaneis Rocha (MDB) assinou um decreto proibindo que eventos esportivos fossem realizados na capital federal.

Ficha técnica

LUZIÂNIA 0x4 BRASILIENSE

Campeonato Candango 2021 – Primeira Fase – Primeira Rodada
Estádio Serra do Lago, Luziânia-GO, 03/03/2021, 15h30

Árbitro 1: Adriano Luiz do Nascimento Neri
Assistente 1: Kleber Alves Ribeiro
Assistente 2: David Sousa Santana
4º Árbitro: Pedro Carlos Copatt Bueno Telles

Luziânia

Matheus Lorenzo; João, Perivaldo, Negueba, Weverton; Dadinho , Robinho, Menezes (Ramon) ; Dan (Ferrugem), Titico (Kelvin) e Romário (Gustavo)
Técnico: Ricardo Antônio

Brasiliense
Fernandes; Diogo, Gustavo Henrique, Preto Costa e Mário Henrique; Lídio, W. Balotelli (Radamés) e Rodrigo Andrade (Carlos Eduardo); Romarinho (Rodrigo Fumaça), Jefferson Maranhão (Tobinha) e Bruno Nunes (Michel Platini)
Técnico: Vilson Tadei

Gols: 1º tempo: Romarinho (9′), Bruno Nunes (21′), Robinho (Contra/39′); 2º tempo: Carlos Eduardo (44′)

João Paulo

Jornalista apaixonado em contar as histórias que o esporte proporciona. Boêmio e torcedor nas horas vagas.

João Paulo tem 92 posts e contando. Ver todos os posts de João Paulo

João Paulo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *